Análise Técnica Dólar/Iene, Ouro e S&P500 - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Análise Técnica Dólar/Iene, Ouro e S&P500

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


USD/JPY @ 110.14

O USD/JPY continua a lateralizar junto a uma importante resistência. Mantemos um bias negativo abaixo dos 112.5.

A sustentação abaixo dos 110.2 reforçaria o bias negativo e permitiria defender um teste aos 108.83 ou mesmo 107.72.

Numa óptica de trading, vamos esperar pela inversão do MACD horário. Para mantermos o rácio retorno/risco mínimo, a venda deverá ser feita acima dos 110.05. O stop deverá ser colocado “meia figura” acima da entrada (0.05) e o objectivo serão “duas figuras” (2.00). Neste caso sugerimos apenas 1/16 do risco habitual.

USD/JPY – Gráfico 1 hora 

USD/JPY – Gráfico diário

Ouro @ 1276

Continuamos a destacar o bullish cross entre as exponenciais dos 50 e dos 200 dias. Mantemos um bias positivo se o preço não voltar para baixo dos 1230/54.

O Ouro continua a sua consolidação apoiada na retracção de 38.2% e na exponencial dos 200 dias. O comportamento para já é positivo.

Encontramos alguns sinais contraditórios nos indicadores que utilizamos, mas podemos ver confirmada duas divergências positivas no gráfico diário e no horário. Uma inversão do MACD horário e a quebra dos 1279 permitiriam esperar novo teste acima dos 1300, pelo que sugerimos um trigger de compra a 1279.5 (desde que não faça novo mínimo relativo). Como stop utilizaríamos os 1272.5 e como objectivo os1307.5. Voltamos a defender apenas 1/16 do risco habitual.

Ouro – Gráfico 1 hora

Ouro – Gráfico diário

S&P500 @ 2851

Com o teste aos 2814 feito é importante perceber se esta referência serve de suporte ou passa a servir novamente de resistência. Identificamos um potencial cabeça e ombros, figura de inversão, que só será válida abaixo dos 2800.

A nossa referência para definição de bias continua a ser os 2900. Abaixo desta referência o quadro técnico do S&P500 é muito semelhante ao do último trimestre de 2018, com a agravante de neste último rally o volume e o momentum mostrarem sinais mais bearish que no período anterior.

Com o índice a “meio caminho” entre as duas referências, mantemos alguma neutralidade no curto prazo. A sustentação acima dos 2860 deve implicar novo teste aos 2890/5 ou mesmo a quebra em alta dos 2900. No sentido inverso, os 2830/5 são o suporte a monitorizar. A quebra desta referência deverá trazer novo teste aos 2800/14.

S&P 500 – Gráfico 1 hora

S&P 500 – Gráfico diário

Disclaimer: O presente documento é privado e confidencial, tendo sido preparado pelo Banco Invest, S.A. (“Banco Invest”). A informação contida neste documento tem carácter meramente informativo, sendo divulgada como mera ferramenta de apoio, não podendo desencadear, ou justificar, qualquer acção ou omissão, sustentar qualquer operação, nem substituir qualquer aferição ou julgamento próprios dos destinatários, sendo estes inteiramente responsáveis pelos actos e omissões que adoptem, bem como por toda e qualquer operação efectivada e relacionada, ainda que indirecta e remotamente, com o conteúdo do presente documento. Adverte-se, igualmente, os destinatários para o facto de este documento ter sido elaborado utilizando informação económica e financeira disponível ao público, e considerada fidedigna, não garantindo o Banco Invest a sua total precisão, sendo o seu conteúdo e as respectivas fontes susceptíveis de alteração em função de um qualquer factor que modifique os pressupostos que serviram de base à apresentação dos mesmos. O Banco Invest não assume, assim, qualquer responsabilidade por quaisquer eventuais danos ou prejuízos resultantes, directa ou indirectamente da utilização da informação referida neste documento, independentemente da forma ou natureza que possam vir a revestir. Mais se adverte que a presente informação não foi elaborada com nenhum objectivo específico e concreto de investimento, não assumindo o Banco Invest qualquer obrigação de resultado. Ademais, declara-se não existirem quaisquer situações de conflitos de interesses tendo por objecto, por um lado, o título e/ou emitente a que se reporta o presente documento e, por outro lado, o autor do presente documento ou o Banco Invest. O Banco Invest, ou os seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referido neste documento. Não é permitida a reprodução total ou parcial deste documento, sem autorização prévia do Banco Invest

Artigos Relacionados

Os futuros sobem com a força da tecnologia e a Tesla aumenta as percas  (Reuters) – Os futuros do índice de ações dos...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments