Banco BiG: Análise Semanal de Mercados (02/12/2018) - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Banco BiG: Análise Semanal de Mercados (02/12/2018)

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


ÍNDICE
Café (Coffee NY): Eventual coordenação dos produtores e redução da oferta abrem possibilidade de subida no café
Este documento foi preparado exclusivamente para fins informativos, baseando-se em informações disponíveis para o público em geral e recolhida de fontes consideradas de confiança. O BiG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, nem deve entender-se nada do aqui é constante como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Chama-se particularmente a atenção para o facto de que os resultados previstos são susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação agora disponibilizada. Adverte-se igualmente que o comportamento anterior de qualquer valor mobiliário não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro, bem como que o preço de quaisquer valores pode ser alterado sem qualquer aviso prévio. Alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor poderão gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. Este documento não foi preparado com nenhum objectivo específico de investimento. Na sua elaboração, não foram consideradas necessidades específicas de nenhuma pessoa ou entidade. O BiG, ou seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição, sujeita a alterações, em quaisquer dos títulos referenciados nesta nota. O BiG poderá disponibilizar informação adicional, caso tal lhe seja expressamente solicitado. Este documento não consubstancia uma proposta de venda, nem uma solicitação de compra para a subscrição de quaisquer valores mobiliários.
banco big analise semanal de mercados

EURUSD: Situação política de Itália quebra mais de um mês de optimismo para o euro

  • Na passada semana, a divulgação de um orçamento de estado preliminar em Itália desencadeou o inadiável risco político que o governo populista da terceira maior economia da Zona Euro representa para a estabilidade do bloco. O orçamento apresentado pressupõe que o défice se cifre em 2,4% do PIB, 0,1 pontos percentuais acima do verificado no ano transacto, cuja previsão do governo então em funções apontava para um défice de 1,6%. Naturalmente, a Comissão Europeia (CE) expressou desagrado perante esta estimativa que, apesar de inferior à referência europeia de 3%, antevê uma expansão da dívida soberana de Itália, cujo rácio dívida pública face ao PIB ascende a 132%, o segundo maior da Zona Euro, após a Grécia.
  • Perante esta divulgação, o EURUSD caiu abruptamente incorporando já expectativas materialmente negativas em relação a um confronto político e ideológico entre Itália e Bruxelas. O nosso cenário-base é que, por imposição da CE ou mesmo por um anterior veto do presidente italiano, o actual draft de orçamento não avance. Todavia, antecipamos que até esse desfecho, o EUR atravesse um período de maior volatilidade.
  • Referência técnica: Após a quebra do importante nível dos 1,1580, o par testou e respeitou a região de suporte entre 1,1540 e 1,1510. Os próximos movimentos mais expressivos deverão ser despoletados pelas divulgações dos indicadores de actividade económica PMI na Europa e EUA, assim como o relatório mensal de emprego nos EUA. Esta semana, não temos uma visão convicta quanto à direcção do EURUSD a curto prazo.

USDCAD: Dólar canadiano valoriza no rescaldo do acordo comercial com EUA

  • No passado domingo à noite, o acordo comercial entre Canadá e EUA foi oficializado, terminando com 24 anos de Nafta, acordo este que foi classificado por Trump como o pior acordo comercial na história. Nesta sequência, o dólar canadiano atingiu o valor mais alto dos últimos quatro meses, depois do Canadá ter aceite o pacto trilateral com os EUA e o México para reformular o Nafta.
  • Os investidores estavam cépticos quanto ao Canadá e os EUA encontrarem um caminho através das negociações difícies até ao prazo estabelecido. As negociações haviam passado por vários momentos problemáticos, principalmente devido à posição agressiva de Trump.
  • Referência técnica: O par encontra-se num canal ascendente de longo prazo estando a corrigir para a banda inferior do mesmo onde também se encontra um suporte com alguma relevância ($1,2750). O dólar canadiano teve um comportamento bastante positvo devido ao acordo Nafta e também devido às recentes valorizações do crude, ainda assim o dólar americano continua com bastante força contra a maioria das moedas, pelo que é provável que recupere algum valor.

Café (Coffee NY): Eventual coordenação dos produtores e redução da oferta abrem possibilidade de subida no café

  • O responsável da Associação Brasileira da Indústria de Café afirmou ontem que os produtores poderão tomar acção conjunta para combater os baixos preços do café. Esta decisão, que deverá incluir a redução da oferta, poderá ser tomada logo a seguir às eleições no Brasil. O enfraquecimento do real brasileiro e as fortes vendas de futuros do café conduziram o café em Nova Iorque para mínimos de 12 anos. A desvalorização cambial do real aumenta o custo de importar fertilizantes e outros equipamentos agrícolas. Recorde-se que o Brasil é o maior produtor mundial de café.
  • Ainda no plano fundamental, alguns pequenos produtores estão a substituir as plantações de café por cacau, devido à baixa rentabilidade do café, embora o impacto desta medida não deva ser imediato. Note-se que alguns produtores estão actualmente a vender café com prejuízo.
  • Referência técnica: Na passada semana, o café rompeu momentaneamente o suporte horizontal dos $98,90, tendo sido rapidamente recuperado. Num contexto de valorização dos activos emergentes, incluindo o real brasileiro, e de coordenação dos produtores, o café poderá surpreender positivamente. Tecnicamente, destacam-se os mínimos registados ao mesmo nível e a possibilidade de activar um duplo fundo.
Este documento foi preparado exclusivamente para fins informativos, baseando-se em informações disponíveis para o público em geral e recolhida de fontes consideradas de confiança. O BiG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, nem deve entender-se nada do aqui é constante como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Chama-se particularmente a atenção para o facto de que os resultados previstos são susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação agora disponibilizada. Adverte-se igualmente que o comportamento anterior de qualquer valor mobiliário não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro, bem como que o preço de quaisquer valores pode ser alterado sem qualquer aviso prévio. Alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor poderão gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. Este documento não foi preparado com nenhum objectivo específico de investimento. Na sua elaboração, não foram consideradas necessidades específicas de nenhuma pessoa ou entidade. O BiG, ou seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição, sujeita a alterações, em quaisquer dos títulos referenciados nesta nota. O BiG poderá disponibilizar informação adicional, caso tal lhe seja expressamente solicitado. Este documento não consubstancia uma proposta de venda, nem uma solicitação de compra para a subscrição de quaisquer valores mobiliários.

Artigos Relacionados

Os futuros sobem com a força da tecnologia e a Tesla aumenta as percas  (Reuters) – Os futuros do índice de ações dos...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments