Bankinter: Informação Diária de Mercados (30/10) - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Bankinter: Informação Diária de Mercados (30/10)

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


bankinter

BCE e Catalunha animam os mercados

Os comentários de Draghi, em conjunto com as notícias provenientes de Espanha fizeram com que a maioria dos ativos tivessem um bom desempenho na sessão de ontem. (i) Mercado acionista: EuroStoxx +1,3%, sendo de realçar, pela positiva, Espanha (Ibex +1,9%). Por cá, o PSI-20 foi penalizado pela queda da Jerónimo Martins (-2,1%), em reação aos resultados do 3T. (ii) Mercado obrigacionista: forte queda do spread espanhol (110,9pb; -4,4pb) e italiano (152,0pb; – 2,6pb) apesar da queda dos juros do Bund alemão (0,412%; -6,7pb.). (iii) Divisas: debilidade do euro face à generalidade das moedas. Em relação ao dólar, rompeu o nível de 1,17 e fechou nos 1,1651 (- 1,37%).

PIB 3T dos EUA será o catalisador

Esperamos uma abertura em alta dos mercados, impulsionada pelo fecho positivo da bolsa americana (S&P500 +0,13%), pelo bom desempenho das praças asiáticas esta madrugada (Nikkei +1,12%; CSI +0,39%) e pelos resultados publicados ontem ao fecho por parte de algumas empresas americanas. É de destacar os resultados da Amazon (subiu +7% no after market) e da Microsoft (+3%), que surpreenderam pela positiva. Por outro lado, o euro deverá manter esta tendência negativa, estando já a cotar nos 1,1636 face ao dólar, níveis de julho.

No entanto, o que irá determinar o rumo da sessão de hoje será a publicação do PIB americano do 3T (1ª estimativa). Este dado irá certamente refletir o impacto negativo dos furacões que assolaram a costa sudeste do país no final de agosto e primeiros dias de setembro, pelo que não se deverão tirar conclusões precipitadas acerca deste registo.

A nível microeconómico, ficaremos a conhecer mais uma série de resultados: 14 empresas do S&P500 e 4 do EuroStoxx-50 apresentam hoje as suas contas. É de destacar: Colgate-Palmolive (0,733$e); Exxon Mobil (0,87$e) e Chevron (0,988$e), nos EUA. Na Europa, ENI (0,103€); Total (0,886€); Volkswagen (7,27€) e BBVA (0,16€).

Artigos Relacionados

Os futuros sobem com a força da tecnologia e a Tesla aumenta as percas  (Reuters) – Os futuros do índice de ações dos...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments