BiG: Análise Semanal de Mercados (21/05/2019) - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

BiG: Análise Semanal de Mercados (21/05/2019)

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


ÍNDICE
Crude WTI: Aproximação à zona de resistência motiva posicionamento vendedor no petróleo norte-americano
Este documento foi preparado exclusivamente para fins informativos, baseando-se em informações disponíveis para o público em geral e recolhida de fontes consideradas de confiança. O BiG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, nem deve entender-se nada do aqui é constante como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Chama-se particularmente a atenção para o facto de que os resultados previstos são susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação agora disponibilizada. Adverte-se igualmente que o comportamento anterior de qualquer valor mobiliário não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro, bem como que o preço de quaisquer valores pode ser alterado sem qualquer aviso prévio. Alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor poderão gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. Este documento não foi preparado com nenhum objectivo específico de investimento. Na sua elaboração, não foram consideradas necessidades específicas de nenhuma pessoa ou entidade. O BiG, ou seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição, sujeita a alterações, em quaisquer dos títulos referenciados nesta nota. O BiG poderá disponibilizar informação adicional, caso tal lhe seja expressamente solicitado. Este documento não consubstancia uma proposta de venda, nem uma solicitação de compra para a subscrição de quaisquer valores mobiliários
banco big analise semanal de mercados

GBPUSD: Antes de uma potencial capitulação, Theresa May abre subtilmente a porta à reversão do Brexit

  • Ao contrário das afirmações categóricas da própria durante os últimos dois anos, temos defendido que Theresa May poderá não ter como intenção última que o Reino Unido abandone a União Europeia. No entanto, como figura política exímia para a actualidade, May tem tentado insistentemente aprovar, na presentemente caótica Casa dos Comuns, o seu acordo com a UE para Brexit. Na nossa opinião, esta abordagem poderá constituir uma impressionante manobra política de May para tornar inevitável a realização de um segundo referendo. Após ter sido fortemente pressionada pelo comité 1922 do seu Partido Conservador, May concordou que após uma quarta votação parlamentar do seu Brexit deal delinearia um plano para a sua sucessão na liderança do partido. Perante a crescente probabilidade do seu sucessor ser Boris Johnson, a libra foi pesadamente castigada.
  • Após conversações com o Partido Trabalhista, que duraram seis semanas, May anunciou a realização de uma quarta votação parlamentar na semana com início a 3 de Junho. Esta tarde, May apresentou a sua nova proposta para Brexit, que inclui dez pontos, sendo dois deles a possibilidade de os membros do parlamento votarem na realização de um segundo referendo e outro uma relação comercial mais próxima da União Europeia.
  • Referência técnica: Em clara sobrevenda técnica, o par cambial testa agora a região de suporte assinalada a cor-de-laranja no gráfico. Com a vela
    de hoje, existe uma tentativa de recuperação do canal descendente. Acreditamos que até à apresentação integral da nova proposta e a sua respectiva votação, a libra tem algum espaço para aliviar as quedas. Se tal se materializar podemos estar perante a formação de um head & shoulders bottom a longo prazo.

USD/JPY: Valorização do dólar impulsiona o par

  • Apesar das tensões comerciais se terem intensificadp nos últimos dias, nomeadamente com a decisão do governo norte-americano de colocar a
    fabricante de smarphones Huawei na sua lista negra, o dólar continuou em tendência ascendente. Algumas horas após esta decisão, o Departamento do Comércio aliviou ligeiramente a pressão sobre a China concedendo um prazo de 90 dias para empresas de rede móvel e serviços de internet dos EUA continuem a trabalhar com a Huawei de forma a manter as redes online e os utilizadores em segurança. Esta decisão acabou por impulsionar uma vez mais o dólar.
  • Referência técnica: O par tem-se mantido em tendência ascendente desde inícios de 2018, reagindo positivamente à linha de tendência ascendente presente no gráfico. Nos últimos dias o par seguiu uma vez mais uma trajectória de subida após o toque nesta linha de suporte oblíqua. Neste sentido priveligiam-se posicionamentos longos com o objectivo nos 112 JPY por USD.

Crude WTI: Aproximação à zona de resistência motiva posicionamento vendedor no petróleo norte-americano

  • As empresas de trading Vitol e Unipec estão a enviar cerca de 5,1 milhões de barris de petróleo russo contaminado para a Ásia, para escoar a oferta rejeitada pelos compradores europeus, segundo a Reuters. Além disso, a Arábia Saudita anunciou hoje um aumento das exportações em Março.
    Ambas as notícias têm um impacto negativo para o preço do crude.
  • No sentido oposto – positivo para o preço –, o pipeline nigeriano de Trans Forcados, cujo terminal é gerido pela Shell, continua fechado depois de um incêndio, segundo uma porta-voz da Shell. No entanto, este pipeline representa apenas 240 mil barris de produção por dia.
  • Referência técnica: Consideramos interessante o actual rácio risco/retorno para posições curtas no crude WTI. A perda máxima poderá ser colocada acima da resistência horizontal nos $64,20. Quanto ao objectivo, consideramos os $61,30. O estocástico lento aproxima-se da zona de sobrecompra técnica e as linhas estão prestes a cruzar.
Este documento foi preparado exclusivamente para fins informativos, baseando-se em informações disponíveis para o público em geral e recolhida de fontes consideradas de confiança. O BiG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, nem deve entender-se nada do aqui é constante como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Chama-se particularmente a atenção para o facto de que os resultados previstos são susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação agora disponibilizada. Adverte-se igualmente que o comportamento anterior de qualquer valor mobiliário não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro, bem como que o preço de quaisquer valores pode ser alterado sem qualquer aviso prévio. Alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor poderão gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. Este documento não foi preparado com nenhum objectivo específico de investimento. Na sua elaboração, não foram consideradas necessidades específicas de nenhuma pessoa ou entidade. O BiG, ou seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição, sujeita a alterações, em quaisquer dos títulos referenciados nesta nota. O BiG poderá disponibilizar informação adicional, caso tal lhe seja expressamente solicitado. Este documento não consubstancia uma proposta de venda, nem uma solicitação de compra para a subscrição de quaisquer valores mobiliários

Artigos Relacionados

Os futuros sobem com a força da tecnologia e a Tesla aumenta as percas  (Reuters) – Os futuros do índice de ações dos...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments