Destaques da manhã XTB (15/01/20)

xtb market update

Por André Neto Pires, Analista na XTB Portugal

Espera-se a assinatura do acordo comercial sino-americano de Fase Um para hoje (16:30). Este acordo deverá reduzir as tarifas e impulsionar as compras chinesas de produtos agrícolas, energéticos e de manufatura dos EUA. No entanto, o efeito deste acordo deverá ser apenas parcial, uma vez que não existe data para uma segunda fase do acordo nem os EUA estão dispostos a cortar em mais tarifas antes das eleições de novembro.
Os índices americanos tiveram muito próximos de novos recordes, mas o sentimento de apreensão acabou por trazer os índices perto do valor de abertura. Este sentimento também se fez, e faz, sentir na Ásia e na Europa, onde as principais bolsas continuam sem tendência definida, em clima de expectativa.
O parlamento europeu vai pronunciar-se sobre o acordo de saída do Reino Único da União Europeia no próximo dia 29 de janeiro, dois dias antes da data prevista para a concretização do Brexit. O projeto de lei que saiu do parlamento britânico está agora a ser analisado pela Câmara dos Lordes, podendo ainda ser alvo de emendas antes da promulgação esperada pela rainha Isabel II. A incerteza em torno deste acordo está a pressionar a libra esta manhã, a depreciar face aos seus principais pares.
Hoje, a Goldman Sachs publica resultados trimestrais desta “Earning Season”.  Espera-se um ganho de $ 5,46 por ação, comparado com os $ 4,83 no mesmo trimestre do ano passado. A receita deve chegar a US $ 8,5 mil milhões, contra US $ 8,1 mil milhões no ano anterior.
Em Portugal,
O índice português inicia a sessão no verde, impulsionado pela  Jerónimo Martins, que apresentou resultados de fecho do ano 7,5% melhores do que os do ano anterior. Este crescimento deve-se sobretudo, ao crescimento das vendas da sua cadeia retalhista polaca, a Biedronka.


O produto CFDs não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil, apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor.
Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A. Sucursal Portugal está inscrita na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM) com o número 341. Este e-mail foi enviado de acordo com os termos e condições de utilização do site www.xtb.com/pt. Esta informação foi preparada apenas para informação e não constitui uma oferta ou compromisso nem constitui aconselhamento de investimento.
Por favor, note que a empresa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à precisão ou integridade das informações e opiniões aqui. X-Trade Brokers DM S.A. Praça Duque de Saldanha Edifício Atrium Saldanha 9ºB Lisboa, Lisboa 1050-094 Portugal Esta mensagem constitui uma comunicação comercial de acordo com o artigo 24(3) da Directiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Concelho de 15 de Maio de 2014 sobre Mercados e Instrumentos Financeiros e da Directiva revista 2002/22/EC e da Directiva 2011/61/UE.

    Sobre o autor

    XTB Portugal

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *