Destaques da manhã XTB (16/01/20)

xtb

Por André Neto Pires, Analista na XTB Portugal

Os EUA e a China assinaram ontem o acordo comercial de Fase Um e, embora haja muito ceticismo nos comentários, os mercados norte-americanos mostram-se muito otimistas, com o US500, inclusive, a bater novos recordes históricos. Os investidores aguardam, para hoje, o relatório trimestral dos dados do Morgan Stanley, um relatório dos EUA sobre as vendas no retalho, e os dados da inflação na Alemanha, que poderão sinalizar uma correção ou impulsionar a tendência altista.
O Presidente Trump soma assim mais uma vitória para o seu currículo de recandidatura deste ano. Apesar de Trump ainda não considerar oportuno iniciar o processo de um acordo de Fase Dois antes das eleições, referiu que, em tal acordo, provavelmente mais tarifas seriam levantadas.
Os pontos essenciais da fase um do acordo comercial entre os EUA e a China foram:
  • A atenuação de tarifas, reduzindo para metade a tarifa de 15% que incide sobre bens chineses avaliados em 110 mil milhões de dólares;
  • As compras da China aos EUA, no sentido de “equilibrar a balança comercial”, num total de 200 mil milhões de dólares este ano e no próximo, da seguinte forma:
    • – Bens transformados: 32,9 mil milhões de dólares em 2020 e 44,8 mil milhões de dólares em 2021;
    • – Bens alimentares: 12,5 mil milhões de dólares em 2020 e 19,5 mil milhões de dólares em 2021;
    • – Bens energéticos: 18,5 mil milhões de dólares em 2020 e 33,9 mil milhões de dólares em 2021;
    • – Serviços: 12,8 mil milhões de dólares em 2020 e 25,1 mil milhões de dólares em 2021.
  • Acordo de proteção de propriedade intelectual
  • Permissão da China à entrada de instituições financeiras norte-americanas;
  • Entre outros pontos.
À “boleia” do otimismo comercial, os índices europeus iniciaram a sessão de hoje em alta. A bolsa portuguesa não é exceção, impulsionada pelo setor energético.
No mercado de matérias-primas, o petróleo desfruta de uma subida significativa, após a assinatura do acordo comercial. Pelo contrário, podemos ver uma retração no mercado de metais industriais e metais preciosos (assim como noutros ativos de refúgio). O preço da soja caiu com as declarações da China em como as compras desta mercadoria serão baseadas na procura, e não numa quota pré-acordada.


O produto CFDs não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil, apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor.
Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A. Sucursal Portugal está inscrita na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM) com o número 341. Este e-mail foi enviado de acordo com os termos e condições de utilização do site www.xtb.com/pt. Esta informação foi preparada apenas para informação e não constitui uma oferta ou compromisso nem constitui aconselhamento de investimento.
Por favor, note que a empresa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à precisão ou integridade das informações e opiniões aqui. X-Trade Brokers DM S.A. Praça Duque de Saldanha Edifício Atrium Saldanha 9ºB Lisboa, Lisboa 1050-094 Portugal Esta mensagem constitui uma comunicação comercial de acordo com o artigo 24(3) da Directiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Concelho de 15 de Maio de 2014 sobre Mercados e Instrumentos Financeiros e da Directiva revista 2002/22/EC e da Directiva 2011/61/UE.
0

    Sobre o autor

    André Pires
    Analista na XTB Portugal

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *