EURUSD atinge novo máximo de 18 meses ajudado pela incerteza nos Estados Unidos - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

EURUSD atinge novo máximo de 18 meses ajudado pela incerteza nos Estados Unidos

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


O euro negoceia-se estável no dia de hoje logo de atingir um novo máximo anual nos 1.1840, nível que não víamos desde 11 de janeiro de 2015, quando o EURUSD caiu fortemente e perdeu os 1,20 psicológicos. Neste momento o euro esta no máximo de 18 meses e a lutar por conseguir atingir a sua resistência mais próxima dos 1,1880 a qual mencionei como R principal a bater se queremos ver subidas mais amplas neste verão europeu. Devemos ter em conta que o alvo principal são os 1,1880 depois de não ter conseguido em 2 dias consecutivos furar em alta os 1,1840/50 o qual continua a testar hoje logo de 3 tentativas falhadas em 24 horas, o qual pode gerar pressão se não conseguimos os 1,1880 hoje, mas sem comprometer muito a estrutura gráfica se mantiver os 1,18 como suporte psicológico.

Nesta terça-feira tivemos dados do PIB da zona euro o qual aumentou 2,1% interanula no segundo trimestre do ano 2017, por debaixo dos 2,4% previsto pelos analistas e investidores, o qual pode ter gerado as vendas no euro, levando a perder essa forca que tinha justo no nível de novo máximo anual, ate os 1,1810, mas recuperando posteriormente com a apertura de Wall Street desta terça-feira na qual tivemos um novo máximo histórico no Dow Jones 21.960, muito perto dos 22.000 pontos, com destaque especial nesta hora em sessão americana a forte queda das ações da Under Armour de 7%, com o Ouro a atingir também máximos de quase 2 meses nos 1.275$, graças a perder de valor do Dólar Americano dos últimos dias e semanas.

No aspeto fundamental, esta desvalorização do Dólar Americano tem contribuído a novos máximos nas bolsas americanas e também a subida no valor do preço do Ouro como valor refugio tendo em conta que a maior pressão do mercado esta sobre a moeda americana pela incerteza politica que esta a viver os Estados Unidos com Trump e também pelos conflitos diplomáticos com a Rússia e os problemas bélicos com a Coreia do Norte, o qual faz que a moeda única europeia ganhe valor e se mantenha em alta por cima dos 1,18, desde janeiro de 2015 como tenho comentando nos meus últimos analises de EURUSD e do Índice Dólar.

No aspeto técnico do gráfico, podemos ver como o EURUSD continua com a sua figura em alta desde que conseguiu furar o teto dos 1,1580 e assim deixar intacta essa figura de máximos maiores e fazer um novo máximo anual esta semana nos 1,1840 e procurar esses 1,1880 importantes.

Tendo em conta que o euro se encontra no seu máximo anual, devemos vigiar com atenção os níveis de 1,1840 e 1,1880 pela parte alta, e não perder os 1,18 ou no pior caso os 1,1780

Para finalizar a minha analise técnica e fundamental do EURUSD, quero lhes deixar os novos níveis de suportes e resistências a ter em conta esta semana. Pela parte alta devemos estar muito atentos aos 1,1840 como R1 e resistência pronta a atingir e furar obrigatoriamente se queremos ver o par subir novamente e atingir os 1,1880 R2 para aumentar pressão rumo aos 1,1930 níveis de onda bollinger de suporte importante de 2012 e 2015 furado em baixo, e que neste caso seria nível importante de teto ou resistência que devemos ver antes dos 1,20 obrigatoriamente. Um nível e valor chave no EURUSD, os 1,1930 R3. Pela parte baixa, devemos vigiar de perto os 1,18 S1, tendo em conta que a perda do valor psicológico do 1,18 faria cair ao euro ate os 1,1780 S2 muito facilmente. Uma perda ampla e fundamentada deste valor S2, pode levar ao par mais transacionado do mundo a testar novamente os níveis de 1,1740/10 S3 novamente e comprometer o poder de subida do euro.

Artigos Relacionados

Os futuros sobem com a força da tecnologia e a Tesla aumenta as percas  (Reuters) – Os futuros do índice de ações dos...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments