Farfetch que disparou 50% nos primeiros 2 dias! - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Farfetch que disparou 50% nos primeiros 2 dias!

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


A Farfetch entrou a vender as suas ações, na Oferta Pública Inicial (IPO), ao preço inicial de 20 dólares/ação. A procura foi de tal forma elevada que, logo na primeira sessão (na passada sexta-feira), o valor disparou mais de 42 por cento, para os 28,45 dólares, resultado de um volume de transações superior a 25 milhões de ações. O final do dia de  24 de setembro, ficou marcado por uma nova subida, com as ações a crescerem mais 13 por cento, atingindo os 32,39 dólares.

Foi um sucesso que deu muitos milhares de milhões a ganhar a quem apostou na empresa fundada por José Neves ao longo dos últimos anos. Um autêntico jackpot para investidores de todo o mundo, mas também de Portugal, como o fundo de capital de risco da Caixa Geral de Depósitos (CGD) que investiu 905.842 euros em 2015.

A empresa que nasceu em 2008 em Leça do Balio recebeu muita atenção por parte de business angels desde o início, pela forma como se posicionou no mercado de luxo. E ao longo de anos foi recebendo milhões de dólares em cada ronda de financiamento, até chegar àquela que a pôs no mapa a nível mundial. Foi em 2015 que com um investimento de 86 milhões passou a ter o estatuto de unicórnio. Foi nesta ronda liderada pela DST Global, a Condé Nast International e a Vitruvian Partners que superou a fasquia dos mil milhões de dólares.

A Caixa Capital viu, assim, o seu investimento multiplicar por quase seis vezes com o valor fixado para o IPO. É que a primeira sessão da Farfetch em bolsa fez lembrar a estreia de gigantes norte-americanas, como o Facebook, Twitter, entre outras. As ações dispararam.

Cerca de 935 mil pessoas utilizam a plataforma da empresa, segundo dados da mesmarelativos ao final do ano passado, um aumento acima de 40% em relação ao final de 2016. A faturação aumentou de 173 milhões para 268 milhões de dólares no primeiro semestre, embora o resultado líquido tenha sido mais negativo: o prejuízo antes de impostos mais que duplicou para 68 milhões de dólares entre janeiro e junho.

Fonte das imagens: Reuters e Wall Street Journal 

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments