Investir em Microchips: oportunidade atraente de investimento - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Investir em Microchips: oportunidade atraente de investimento

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


investir em microchips

Investir em Microchips? Após vários anos de sólido crescimento de receita e forte procura de chips, a indústria de semicondutores está a refletir agora a sua natureza cíclica. A desaceleração no crescimento da economia global, as tensões comerciais e a maturidade do mercado de smartphones estão a contribuir para as fracas perspectivas de curto prazo apresentadas pelos designers e fabricantes de chips.

A desaceleração do setor, que ficou evidente no segundo semestre de 2018, era inteiramente previsível. Ele veio depois de dois anos de rápido crescimento, impulsionado pela crescente procura por chips de gigantes da tecnologia, como Amazon, Google, Facebook e Microsoft. No entanto, e na minha opinião, esta desaceleração não deve ser motivo de alarme.

Semicondutores são a base da inovação tecnológica, o que me leva a ser muito otimista em relação às perspectivas de longo prazo do setor. Na minha opinião, a desaceleração atual será menos grave do que muitos dos observadores do setor prevêem, e é provável que nos próximos anos haverá novamente níveis moderados de crescimento, em torno de 5%.

As empresas de semicondutores registraram um forte aumento

Já estamos a começar a ver certos sinais de uma mudança na tendência, já que as empresas de semicondutores aumentaram após registar um quarto trimestre bastante difícil. Na semana passada, a Micron Technology anunciou um possível aumento nos preços de chips de memória devido ao aumento da procura de data centers, que mostram uma forte tendência para a computação em nuvem.

Aqui estão quatro razões pelas quais achamos que a indústria de semicondutores continua oferecendo oportunidades de investimento atraentes , apesar da volatilidade registrada nos últimos meses:

1. A ‘Internet of Things' continua indo

Embora seja verdade que a procura de fabricantes de smartphones como a Apple e a Samsung parece estar a desacelarar, outras empresas do setor continuam a aumentar a capacidade tecnológica dos seus próprios produtos. Por exemplo, hoje podemos encontrar mais de 30 chips num carro normal e, às vezes, mais de 100 quando se trata de veículos de luxo. No setor de dispositivos médicos, a progressão tem sido mais lenta devido a fatores regulatórios, mas o potencial de crescimento é importante, especialmente no campo da cirurgia robótica.

O uso de produtos de consumo conectados à internet também se tornou generalizado. Com o toque de um botão, podemos controlar tudo, desde um dispositivo Android ou iPhone, desde sistemas de segurança até sprinklers de jardim. Os refrigeradores podem fazer pedidos online antes mesmo de percebermos que precisamos de leite. Todos esses produtos requerem chips menores e mais especializados. A ‘Internet of Things' é uma tendência que pode acelerar nos próximos anos.

2. A revolução 5G está a aproximar-se

Pode parecer que a transição para a quinta geração (5G) da conectividade móvel, que já está a ocorrer, nada mais é do que uma mudança evolutiva. No entanto, na minha opinião, isso levará a avanços tecnológicos revolucionários. A maioria dos limites impostos pela tecnologia 4G será eliminada, principalmente a latência causada pela menor velocidade. Os dispositivos poderão “conversar” uns com os outros quase instantaneamente.

Quando o uso da tecnologia 5G se generalizar nos próximos anos, aparecerão novos modelos de negócios que não existiam antes devido a limitações tecnológicas, e os atuais gigantes tecnológicos como mecanismos de busca na Internet, redes sociais e comércio electrónico ganharão uma maior presença nossa vida diária. Aplicativos de inteligência artificial e dispositivos de realidade virtual se proliferarão em tal ambiente, e precisarão de chips avançados para impulsionar a inovação.

Importante consolidação de fabricantes de semicondutores

À medida que o tamanho dos chips diminui, o mesmo acontece com o número de grandes empresas do setor

Fonte: Grupo Capital, Intel. As empresas de semicondutores que podem fabricar os chips menores em cada período são mostradas. Informações em 31 de dezembro de 2018.

3. A consolidação do setor favorece o surgimento de empresas dominantes

A indústria de semicondutores, que inclui fabricantes de chips, designers, produtores e fabricantes de equipamentos de chip, é um setor de referência no processo de globalização e, como tal, foi recentemente submetido às mesmas pressões de consolidação muitos outros setores globais e altamente competitivos. Os processos de fusões e aquisições redefiniram o setor, como mostra a mega fusão entre a Avago e a Broadcom, no valor de 37 biliões de dólares.

Por exemplo, em 2003, havia 25 empresas dedicadas à fabricação de chips lógicos. Atualmente, após a onda de fusões e aquisições e algumas saídas, o negócio é dominado por três empresas: a gigante norte-americana Intel , a sul-coreana Samsung e a Taiwan Semiconductor . Em certas áreas do setor, encontramos um único fornecedor, como o fabricante holandês de equipamentos de chip ASML. A sua maquinaria de luz ultravioleta para aplicações de litografia é usada para produzir os chips mais avançados do mundo e custa mais de 100 milhões de dólares.

Essa tendência de consolidação contribuiu para melhorar a rentabilidade e posicionar o restante das empresas para um ambiente competitivo mais favorável nos próximos anos.

4. Os fabricantes de chips continuam a mostrar grande dinamismo

Sim, a indústria de semicondutores está em processo de maturidade. Os dias de crescimento exagerado estão dando lugar a um crescimento moderado e às vezes até lentos. Mas o impacto financeiro e tecnológico do setor continua sendo de grande magnitude. De acordo com a Associação do Setor de Semicondutores, em 2018 as empresas do setor geraram vendas globais no valor de 468,8 biliões de dólares, um aumento de 13,7% em relação ao ano anterior. Durante o segundo semestre do ano o mercado registou uma desaceleração notável, mas mesmo assim foi um ano recorde de vendas.

Os semicondutores continuam a impulsionar o ressurgimento tecnológico que caracterizou o período da crise pós-financeira. Na minha opinião, existem vários fatores que podem impulsionar o setor, especialmente a chegada da tecnologia 5G e o crescente número de dispositivos conectados ao redor do mundo, o que poderia favorecer esses investidores com uma perspectiva de longo prazo.

Isaac Sudit, Analista da Capital Group

Se quiser aprender mais sobre Bolsa, pode fazer download do nosso manual de gratuitamente

manual bolsa

Artigos Relacionados

Os futuros sobem com a força da tecnologia e a Tesla aumenta as percas  (Reuters) – Os futuros do índice de ações dos...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments