XTB – Análise Diária – (01/06/2019)

xtb market update

Por Carla Maia Santos, Sales Team Leader

As bolsas abrem o primeiro de julho em alta, com a reunião do G20 a trazer novidades positivas em relação à guerra comercial entre os EUA e a China.

O presidente dos EUA, Donald Trump e o presidente da China, Xi Jinping ‘acenaram a bandeira banca’ em sinal de ‘cessar fogo’.
Trump diz que vai colocar ‘na prateleira’ indefinidamente, a possibilidade de aumentar os impostos para os 300 000 M USD sobre importação de bens chineses. Neste momento, os impostos ascendem aos 25% sobre 250 000 M USD.
Mas a grande surpresa foi que Trump vai retirar a Huawei da lista negra, podendo as empresas norte-americanas vender tecnologia sem reservas. O setor dos semi-condutores norte-americano, foi muito pressionado com esta guerra e poderá agora reagir em alta. Também o setor farmacêutico poderá reagir em alta, pois a China comprometeu-se a aumentar as compras aos EUA.
Depois destas notícias é normal que as bolsas reajam impulsivamente em alta e que os ativos de refúgio corrijam em baixa.
Agora resta saber se depois duma primeira reação positiva, se os investidores vão refazer as expectativas em relação à possibilidade de os EUA já não precisarem de cortar as taxas de juro, uma vez que o abrandamento global tem sido justificado pela guerra comercial.
Os investidores transferem a sua atenção para os dados macroeconómicos, em especial, para os dados do mercado laboral – NFP – a ser divulgado esta sexta-feira.
PSI20
 
Em Portugal, as empresas que mais valorizam são as empresas mais dependentes do sentimento económico, que poderá ser medido pelo beta.
Vemos assim a Mota-Engil, a Navigator, a Altri e o BCP a dominarem os ganhos dentro do PSI20.
O sector do papel tem sido muito pressionado, este ano, uma vez que um dos principais consumidores é a China. A China que se vê de ‘braços dados’ com o abrandamento económico, face à guerra comercial. O acalmar das negociações com os EUA pressupõe uma possível recuperação económica da China e dos países e empresas mais expostas ao comércio global.
Vemos assim, hoje, o cobre, que é considerado o barómetro do sentimento económico, a abrir em gap de alta. Também empresas como a Boeing poderão abrir em alta.
O produto CFDs não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil, apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor.
Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A. Sucursal Portugal está inscrita na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM) com o número 341. Este e-mail foi enviado de acordo com os termos e condições de utilização do site www.xtb.com/pt. Esta informação foi preparada apenas para informação e não constitui uma oferta ou compromisso nem constitui aconselhamento de investimento.
Por favor, note que a empresa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à precisão ou integridade das informações e opiniões aqui. X-Trade Brokers DM S.A. Praça Duque de Saldanha Edifício Atrium Saldanha 9ºB Lisboa, Lisboa 1050-094 Portugal Esta mensagem constitui uma comunicação comercial de acordo com o artigo 24(3) da Directiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Concelho de 15 de Maio de 2014 sobre Mercados e Instrumentos Financeiros e da Directiva revista 2002/22/EC e da Directiva 2011/61/UE.

    Sobre o autor

    XTB Portugal

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *