XTB – Análise Diária (03/09/2019)

xtb market update

Por Carla Maia Santos, Sales Team Leader

No dia de hoje a libra destaca-se ao tocar em mínimos de 2017, face ao dólar.
Hoje o parlamento do Reino Unido vai debater a possibilidade de um novo adiamento do Brexit, se o primeiro-ministro Boris Johnson, não chegar a um acordo.
Nesta instabilidade, a libra face ao dólar tocam no suporte criado pelos mínimos de janeiro de 2017, pressupondo a possibilidade de criar um duplo fundo, a nível técnico.
Johnson tornou claro, que se o parlamento o desafiar vai entrar  em eleições antecipadas, a 14 de outubro, podendo levar o par cambial GBPUSD a fazer um novo mínimo.
Hoje serão divulgados os dados do PMI dos EUA, dados macroeconómicos de alto impacto, o que sugere volatilidade nos mercados aquando a sua divulgação, às 15h.
Portugal
Em Portugal, a Pharol continua a dominar as perdas no PSI20, acompanhando a desvalorização da brasileira OI, uma vez que tem uma participação de 5% na empresa de telecomunicações brasileira e fica dependente da sua evolução.
Jerónimo Martins, quebrou ontem em alta, a forte resistência dos 15 Eur mostrando agora potêncial para continuar a sua escalada. No entanto, o investidor deve estar atento às notícias do efeito dos novos impostos sobre o setor do retalho na Polónia.
BCP negoceia na ‘linha de água’, depois de uma queda vertiginosa que começou em julho, altura em que cotava nos 0.28 Eur. O BCP testa agora mínimos de setembro de 2017, entre os 0.18/0.19 Eur.
A reunião do BCE, a 13 de setembro, poderá determinar a evolução do banco português e dos europeus. Tenta-se perceber se o BCE vai avançar com mais medidas de estímulo, se vai baixar as taxas de juro para taxas negativas pela primeira vez na história europeiaferindo a rentabilidade bancária e colocando em cheque a cotação do BCP e com que medidas de quantitative easing poderá avançar, para estímular a economia europeia.
O produto CFDs não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil, apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor.
Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A. Sucursal Portugal está inscrita na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM) com o número 341. Este e-mail foi enviado de acordo com os termos e condições de utilização do site www.xtb.com/pt. Esta informação foi preparada apenas para informação e não constitui uma oferta ou compromisso nem constitui aconselhamento de investimento.
Por favor, note que a empresa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à precisão ou integridade das informações e opiniões aqui. X-Trade Brokers DM S.A. Praça Duque de Saldanha Edifício Atrium Saldanha 9ºB Lisboa, Lisboa 1050-094 Portugal Esta mensagem constitui uma comunicação comercial de acordo com o artigo 24(3) da Directiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Concelho de 15 de Maio de 2014 sobre Mercados e Instrumentos Financeiros e da Directiva revista 2002/22/EC e da Directiva 2011/61/UE.

    Sobre o autor

    XTB Portugal

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *