XTB Market Update 09 de outubro de 2018

xtb market update

Despertar dos Mercados

Por Carla Maia Santos, Senior Broker

A Europa negoceia em alta depois de Itália prometer rever as metas do défice orçamental.

Depois de uma guerra de palavras entre Itália e a Comissão Europeia, Itália pondera rever os tetos de défice para os próximos anos. Os mercados europeus respiram de alívio na perspetiva de um ‘acalmar das hostes’. Mas falta de consenso dentro do governo italiano pode fazer despoletar novas quedas dos mercados.

Nos EUA as yields mantêm uma tendência de subida, levando à transferência de investimentos de ativos de risco, ou seja, do mercado acionista para obrigações, obrigando os índices acionistas a fugirem dos seus máximos históricos.

As condições climatéricas colocam em questão a produção de petróleo no Golfo do México, levando o petróleo a reagir em alta e a preparar-se para tocar nos máximos da semana passada.

Com as eleições no Brasil, no passado domingo e real ganha força, levando as produções nacionais como o café e açúcar a dispararem em alta.

Em Portugal, a Galp reage em alta seguindo a cotação internacional do petróleo.

A Sonae SGPS passa a ser das empresas com uma maior valorização do dia, com os investidores a crerem que a entrada em bolsa da Sonae MC irá ser um catalizador para a cotação da marca Sonae num todo.

Ações

Por José Correia, Senior Broker 
Aviva (AV.UK) – o diretor executivo da seguradora britânica irá deixar o cargo, depois de o conselho de administração ter decidido que é requerida uma nova liderança no grupo. Depois de 6 anos na chefia da Aviva, Mark Wilson não conseguiu imprimir a força operacional suficiente para convencer os investidores sobre o potencial de investimento da empresa. A cotação segue uma trajetória descendente de forma acentuada há vários meses, e a mudança no cargo de maior responsabilidade veio trazer uma pequena recuperação, mas o movimento principal mantém-se e apresenta novos pontos de entrada favoráveis aos short-sellers, tornando interessantes entradas vendedoras no ativo com target nas 4.667 libras esterlinas.

Análise Técnica: Matérias-Primas

Por Tiago da Costa Cardoso, Team leader & Senior Broker
COTTON D1 – The perfect setup

Com um setup de trading perfeito, o COTTON está agora a negociar perto do suporte do seu canal ascendente. Está também a aguentar acima da linha de suporte que coincide com esse suporte ascendente. Este cluster de compras deverá captar interesse comprador suficiente para veremos o preço subir nos próximos dias.

Assim, a ideia será comprar COTTON com stop nos 74.80 e take profit nos 85.80.

 cotton1

Matérias-Primas

Por Eduardo Silva, Head of Sales
OIL.WTI – Ultima onda antes da correção?

Refinarias a arder (como ontem no Canadá), tempestades como as que se esperam continuar a fustigar os EUA, conflitos geopolíticos ( sanções ao IRÃO) e tudo mais, ganham uma nova dimensão quando a OPEC restringe a oferta. Mesmo que a estes valores do Petróleo a Rússia e Arábia Saudita estejam a admitir aumentos de produção para compensar qualquer interrupção na oferta causada pelo Irão. Ontem saíram os valores das exportações no Irão e continuam a cair  (as oficiais pois continuam a vender no mercado negro) e isso voltou a impulsionar o ouro negro.

Em termos técnicos temos a quebra de uma cunha em alta e temos uma formação de uma quinta onda de Elliot que determina o possível fim do momentum altista para o ativo no curto e médio prazo. Mas para isso acontecer teria que fazer um novo máximo , como se espera. Stops abaixo da LTA e TP em novo máximo são a sugestão nesta zona.

chart (22)-3
Declaração de Risco
A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nesta newsletter. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.
0

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *