Análise Técnica Eurostoxx50, S&P500, EUR/USD e GBP/USD

Eurostoxx50 @ 3614

A rejeição, com divergências negativas, da zona dos 3682, define o nosso bias.

O Eurostoxx50 voltou a tentar quebrar em alta a zona dos 3630 sem sucesso e confirmou o sinal de venda no MACD horário.

O comportamento do índice reforçou as nossas expectativas e o sinal de venda apoiou o plano definido na última nota. Sugerimos um stop loss nos 3639 (entrada @ 3613) e mantemos o objectivo nos 3532.

S&P500 @ 2788

O índice continua a sua caminhada sem correcções. Sobre comprado em todos os períodos temporais de análise mas sem mostrar sinais de fraqueza. Por outro lado o volume, momentum e o sentimento dos intervenientes, deitam por terra qualquer possibilidade de entrada (longa) no curto prazo.

Assistimos ontem a um forte inversão, depois de mais um gap de abertura. É o primeiro sinal de alguma fraqueza em várias sessões.

Continuamos a manter um bias neutro. Referências para o curto prazo no intervalo 2798/2809 (resistência) e depois os 2768 e os 2732 como suportes de curto prazo. Numa óptica de trading, apenas podemos defender como zona negociável, o intervalo 2674/96.

EUR/USD @ 1.2219

O par quebrou os máximos de 2017 e pode ter adiado o teste à anterior referência na zona dos 1.15.

A referência como suporte é agora o intervalo definido entre os anteriores máximos (1.2093) e a exponencial de curto prazo no gráfico horário que destacamos (hoje nos 1.2118).

Mantemos algumas reservas sobre a capacidade de continuar este movimento de alta sem um recuo, ou pelo menos uma consolidação. A quebra dos 1.2188 sugeriria um recuo até ao suporte referido e pode então permitir a elaboração de um plano. Faremos novo update com um fecho diário acima dos 1.2325 ou abaixo dos 1.2188.

GBP.USD @ 1.3793

O par quebrou em alta a grande referência no gráfico semanal, que continua a ser a janela deixada a 1.3669. Mantemos um bias negativo abaixo deste nível e neutro se se mantiver acima.

Olhando para o gráfico diário, constatamos que a libra ganhou novo alento no final da semana passada, deixando aberta a possibilidade de testar valores acima dos 1.40.

Numa óptica de trading temos alguma dificuldade no curto prazo em encontrar um bom rácio retorno/risco, pelo que vamos manter um bias neutro. Como suportes de curto prazo, os 1.3728 e em seguida os 1.3590. Faremos novo update com um fecho diário acima dos 1.385 ou abaixo dos 1.3590.

Sobre o autor

btrader@bancoinvest.pt

    Melhores corretoras de Bolsa em Portugal

    Melhores corretoras de Bolsa em Portugal

    Estas são as comissões que nos cobraram em 2017 as principais corretoras de bolsa do mercado português.  A melhor corretora para um investidor não tem que ser a melhor “broker” para outro. O...