Crédito com nome na "lista negra" do Banco de Portugal - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Crédito com nome na “lista negra” do Banco de Portugal

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Lista negra do Banco de Portugal

Crédito com nome na “lista negra” do Banco de Portugal? Há que saber, que é conhecida como “lista negra” do banco de Portugal, a Central de Responsabilidade de Crédito (CRC).

Ter o nome na “lista negra” do Banco de Portugal significa que se tem créditos contraídos junto de instituições financeiras, ficam registados na CRC. Isto quer dizer, que na CRC, consta a informação tanto negativa como positiva da situação de cada português que tenha um crédito.

Crédito com nome na “lista negra” do Banco de Portugal

Em primeiro lugar, se lhe disserem que tem o nome na “lista negra” do Banco de Portugal não se assuste, como já disse anteriormente, a Central de Responsabilidade de Crédito é como uma base de dados onde contém informação de todos os créditos que uma pessoa tem, estejam em incumprimento ou não.

Se a informação que consta na CRC é negativa, isto é, se uma pessoa esta numa situação de incumprimento do crédito, essa situação fica assinalada no seu mapa de responsabilidade e não será possível ter um novo crédito. Neste caso, para resolver este problema, a solução é regularizar as dívidas através do pagamento.  Uma vez regulada a sua situação, se necessita um pouco de “descanso” ou organizar a sua vida económica, pode optar pelo crédito consolidado que permite acumular varias prestações numa só.

No caso de que se atrase no pagamento de uma prestação constara na CRC, mas, deixará de figurar a partir do mês em que foi efetuado o pago.

Que é a central de responsabilidade de crédito?

A Central de Responsabilidade de Crédito é uma base de dados, gerida pelo Banco de Portugal, na qual consta a situação de crédito dos clientes, contraídos através das instituições bancárias. A informação que consta neste mapa de responsabilidade é da responsabilidade das instituições que concedem os créditos, que são obrigadas a comunicar ao Banco de Portugal.

Para as instituições financeiras, a CRC, é uma ferramenta para verificar o historial do cliente e estimar se essa pessoa tem capacidade ou não para contrair outro crédito.

Como consultar? Para obter-lo deve aceder à página da Central de Responsabilidade de Crédito, no site do Banco de Portugal.

Como pode sair da “lista negra” do Banco de Portugal?

Em caso de estar numa situação de incumprimento e quer sair da “lista negra”, existem três alternativas:

  • Pagamento do crédito em atraso: a primeira alternativa é regularizar as prestações em atraso, de essa forma deixar de constar como devedor e passa de uma situação de incumprimento a uma situação regularizada.
  • Renegociar o crédito: pode intentar renegociar a dívida com a instituição de crédito ou uma consolidação de crédito. Se o processo de renegociação da dívida seguir em frente, deixará de constar como incumpridor e o crédito aparecerá como crédito renegociado.
  • Pedir insolvência: como ultima alternativa pode solicitar um pedido de insolvência pessoal mas, deve saber que esta solução é a menos aconselhável já que lhe pode trazer muitas desvantagens, por exemplo, a pessoa insolvente fica registada na CRC.

 

Artigos Relacionados

Deixar uma Resposta

guest
2 Comentários
Mais recente
Mais antigo Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Edmundo Boavista
Convidado

Preciso de ajuda por favor.
Preciso de pedir um empréstimo e ñ consigo e preciso com urgência.
É preciso de reconciliar créditos .

927194751

Atentamente
Edmundo Boavista

Henrique Garcia
Editor
Responder  Edmundo Boavista

Veja com um banco essa situação