Bitcoin + Ouro vs “Equity Market”?

Após as enormes quedas do mercado de criptomoedas no final do ano, parece que a Bitcoin fez fundos perto dos € 3200. A capitalização do mercado das criptos acompanhou o preço da Bitcoin, afundando e a criar um enorme pessimismo entre os investidores, a Bitcoin mantém nesta posição uma posição de 54% sobre o mercado total de criptps.

Junto com a queda do preçoa rentabilidade das mineradoras tem caindo, com a qual podemos observar uma queda muito grande no problema de mineração de bitcoins desde outubro do ano passado. Isso porque, se houver menos pessoas a tentar resolver o bloqueio, levará mais tempo para validar as transações . A bitcoin é programada para adaptar a dificuldade de mineração à resolução do problema do bloco a cada 10 minutos, se o tempo médio subir, a dificuldade diminui e vice-versa.

Isso significa que, se a baixa dificuldade é porque não é rentável para o mim, ou seja, o custo da mineração, dada a relação dificuldade / preço (para isso, devemos adicionar outros custos fixos, como hardware, variáveis ​​como eletricidade …) compensa. Nesse sentido, seria lógico pensar numa diminuição da oferta, não uma diminuição na produção de Bitcoins, já que não é mais rentável extraí-las, no entanto, a diminuição da dificuldade devido à saída dos mineradores diminui o custo da mineração.

Dificuldade com a mineração

O número de transações nas criptomoedas não para de aumentar desde o toque mínimo em maio deste ano. Nesse sentido, podemos pensar num crescimento constante, mas limitado, da procura. Independentemente das considerações sobre a utilidade a longo prazo da Bitcoin, a curto prazo, há um aumento nas transações que agora é acompanhado por um aumento de preço.

Número de transações diárias

Nos últimos dias, vimos uma recuperação da Bitcoin, coincidindo com as contínuas desacelerações nos mercados acionistas mundiais . Nesse sentido, é possível que a Bitcoin tenha tocado no fundo? Nos níveis atuais, os mineiros podem ter cortado a oferta e a procura pode ser aumentada pela saída de dinheiro dos mercados acionistas mundiais. É possível que o aumento do preço da Bitcoin se deva a esses fatores, veremos aumentos prolongados no preço enquanto o mercado de ações continua a cair?

Por outro lado , o ouro , que geralmente é comparado à Bitcoin, também mostrou aumentos coincidentes com as quedas do mercado de ações. O Ouro e a Bitcoin têm sido a aposta de alguns investidores contra a política monetária ultra-expansiva, a queda das bolsas de valores coincidindo com o aumento do valor desses ativos parece começar a dar-lhes o motivo. Mesmo assim, a Bitcoin perdeu cerca de 80% do seu valor desde os máximos, mas acumula uma tremenda reavaliação se olhar um pouco para trás, o ouro, por outro lado, ultrapassou a barreira de 1250 $ / onça. O aumento da taxa do Fed de 2,2 para 2,5% reforçou essa tendência de queda nas ações e alta no ouro e no Bitcoin.

Essa entrada de dinheiro para outros ativos é natural , desde janeiro do ano passado a capitalização global do “mercado accionista” caiu 20%. Entre os setores mais radicais , no campo financeiro, a bitcoin e o ouro levam tempo a valorizar no mercado dinanceiro como um “golpe de pirâmide” apoiado pelos bancos centrais . Um colapso do mercado de ações muito mais sério do que o atual e aumentos acentuados nos preços do ouro e da Bitcoin poderiam criar uma situação na qual seria difícil, em termos empíricos, tirar a sua razão.

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados