Banco BiG: Analise Semanal (27/02/2018) - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Banco BiG: Analise Semanal (27/02/2018)

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


ÍNDICE
Wheat: Aproximação de resistência pressiona preços do trigo
Este documento foi preparado exclusivamente para fins informativos, baseando-se em informações disponíveis para o público em geral e recolhida de fontes consideradas de confiança. O BiG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, nem deve entender-se nada do aqui é constante como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Chama-se particularmente a atenção para o facto de que os resultados previstos são susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação agora disponibilizada. Adverte-se igualmente que o comportamento anterior de qualquer valor mobiliário não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro, bem como que o preço de quaisquer valores pode ser alterado sem qualquer aviso prévio. Alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor poderão gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. Este documento não foi preparado com nenhum objectivo específico de investimento. Na sua elaboração, não foram consideradas necessidades específicas de nenhuma pessoa ou entidade. O BiG, ou seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição, sujeita a alterações, em quaisquer dos títulos referenciados nesta nota. O BiG poderá disponibilizar informação adicional, caso tal lhe seja expressamente solicitado. Este documento não consubstancia uma proposta de venda, nem uma solicitação de compra para a subscrição de quaisquer valores mobiliários.
big

EURUSD: Par lateraliza em zona técnica-chave, expectante em relação a desenvolvimentos na esfera macroeconómica

 

  • Duarante uma semana em que a yield das obrigações norte-americanas a 10 anos atingiu os 2,95%, pela primeira vez desde Janeiro de 2014, o USD acompanhou o movimento, valorizando contra um cabaz das principais divisas mundiais. Esta semana, o par tem lateralizado, mas a preenchida agenda de indicadores macroeconómicos e, principalmente, o primeiro discurso oficial do novo chairman da Reserva Federal poderão constituir os catalisadores necessários para uma nova definição de tendência a curto prazo.
  • Esta terça-feira, Jerome Powell apresenta o relatório semestral de política monetária da Fed perante o Congresso norte-americano. Este documento abrange a política monetária dos últimos seis meses e providencia uma perspectiva futura acerca da evolução da economia norte-americana.
  • Referência técnica: Os investidores deverão estar particularmente atentos ao tom de Powell, procurando pistas sobre possíveis alterações na política monetária. Um tom mais optimista em relação à economia norte-americana poderá levar o par a perder os suportes horizontais traçados no gráfico (preto e cor-de-laranja), abrindo caminho a um teste ao suporte que assinala a formação de um possível duplo topo, em torno dos 1,2210.

EURRUB: Melhoria do rating pela agência S&P reforça interesse na Rússia como destino de investimento

  • A agência S&P Global Ratings melhorou o rating de crédito da Rússia de BB+ (investimento especulativo) para BBB- (investment grade) na sexta-feira à noite, juntando-se à Fitch. A Moody’s atribui ainda nível especulativo. Com um mínimo de duas agências a atribuir investment grade, espera-se a entrada de mais investidores institucionais internacionais nos activos russos. O índice accionista russo está também a beneficiar deste upgrade.
  • Note-se que a Rússia é um dos top calls do BiG Research para 2018 dentro dos mercados emergentes, a par da Turquia e da Arábia Saudita.
  • Referência técnica: Privilegiamos posicionamentos curtos, não só devido ao espaço que o banco central russo tem para apoiar a reforma económica como também pelo facto de o euro estar a ter dificuldade em fixar novos máximos relativos contra várias divisas (USD, AUD, NZD, JPY). Do ponto de vista técnico, o par está a ressaltar na média móvel de longo prazo (200 dias), embora tenha iniciado a quebra em baixa de um triângulo. Uma posição curta em EURRUB constitui um carry trade, dado que o investidor beneficia das taxas de depósito na Rússia serem muito superiores às da Zona Euro, recebendo financiamento diariamente.

Nikkei 225: Apostar na recuperação das acções nipónicas

  • Após uma queda de cerca de 13%, acompanhando as suas congéneres americanas e europeias, o índice accionista de referência para o Japão tem estado a recuperar de forma exemplar oferecendo uma possível oportunidade de compra nos níveis actuais.
  • Várias casas de investimento internacionais sublinham a importância do país do sol nascente na hora de escolher zonas geográficas para comporem as suas carteiras em 2018, por ser um mercado menos caro que os outros blocos desenvolvidos, mas também por ser alvo de estímulos económicos apetecíveis por parte do Banco do Japão.
  • A reversão das quedas surgiu precisamente na intersecção de um suporte importante, uma linha de tendência ascendente de longa data e a média móvel de 200 dias.

Wheat: Aproximação de resistência pressiona preços do trigo

  • O excesso de produção de trigo a nível mundial, nomeadamento pelos EUA, Rússia e Canadá tem levado a que o preço do cereal tenha vindo a cair nos últimos anos, fazendo com que os produtores cortem as respectivas produções. Ainda assim o preço tem conhecido apenas o caminho descendente.
  • As subidas das últimas semanas verificaram-se devido a más colheitas nos EUA, bem como más previsões atmosféricas que podem vir a prejudicar as colheitas de inverno, ainda assim não se prevê um futuro risonho para o trigo que tem tudo para reagir em baixa na resistência assinalada no gráfico.
  • A resistência assinalada a vermelho já impediu várias vezes o trigo de progredir para valores mais elevados pelo que este tipo de setup oferece frequentemente oportunidade para possíveis entradas curtas.
Este documento foi preparado exclusivamente para fins informativos, baseando-se em informações disponíveis para o público em geral e recolhida de fontes consideradas de confiança. O BiG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, nem deve entender-se nada do aqui é constante como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Chama-se particularmente a atenção para o facto de que os resultados previstos são susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação agora disponibilizada. Adverte-se igualmente que o comportamento anterior de qualquer valor mobiliário não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro, bem como que o preço de quaisquer valores pode ser alterado sem qualquer aviso prévio. Alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor poderão gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. Este documento não foi preparado com nenhum objectivo específico de investimento. Na sua elaboração, não foram consideradas necessidades específicas de nenhuma pessoa ou entidade. O BiG, ou seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição, sujeita a alterações, em quaisquer dos títulos referenciados nesta nota. O BiG poderá disponibilizar informação adicional, caso tal lhe seja expressamente solicitado. Este documento não consubstancia uma proposta de venda, nem uma solicitação de compra para a subscrição de quaisquer valores mobiliários.

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments