Principais indicadores económicos - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Principais indicadores económicos

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Principais indicadores económicos

Os indicadores económicos mostram-nos o estado atual da economia do país e dão-nos a informação de que precisamos para prever tendências futuras. Estudando a economia, podemos descobrir se está a expandir-se ou a contrair-se. É uma das partes mais importantes da economia, especialmente para os países e os seus governos, que tentam compreender, relacionar e interpretar estes indicadores económicos e agir em antecipação das mudanças vindouras. Obviamente, são também amplamente utilizados por empresários ou cidadãos.

O que são indicadores económicos?

Os indicadores económicos referem-se a dados estatísticos concebidos com base em demonstrações financeiras que, quando analisados por especialistas, reflectem o comportamento e a situação da organização em estudo, medindo aspetos relacionados com investimentos, receitas e despesas, entre outros. Os indicadores económicos servem para refletir a realidade económica e permitem fazer comparações no que diz respeito às competências ou ideais a alcançar, e mesmo permitir que se projectem tendências para comportamentos futuros.

Principais indicadores económicos

Os principais indicadores económicos são os seguintes.

 Produto Interno Bruto (PIB)

O produto interno bruto é uma medida da produção de bens e serviços de um país ao longo de um determinado tempo. Os períodos de análise do produto interno bruto (PIB) são geralmente baseados em trimestres, semestres ou anualmente. Como o PIB é mais elevado, significa que há mais atividade económica no país e, evidentemente, o desemprego diminui, o que é altamente benéfico para todos os habitantes de um país.

O Produto Interno Bruto (PIB) é o indicador mais importante para avaliar a economia de um país, dado que mede todos os bens e serviços produzidos dentro das suas fronteiras num determinado período. É medido como uma percentagem e pode ser dividido por sector para ver como cada sector está a evoluir.

Inflação

A inflação é um processo económico em que existe um desequilíbrio entre o preço dos bens em geral e a capacidade de os adquirir devido à perda do valor do dinheiro. A inflação, tal como o produto interno bruto (PIB), está também relacionada com os bens e serviços de um país, e mede o aumento geral dos preços dos bens e serviços num país.

A inflação, tal como o produto interno bruto (PIB) está também relacionada com os bens e serviços de um país, e mede o aumento generalizado dos preços dos bens e serviços num país. Como é medida a inflação? Vários índices são utilizados para reflectir a percentagem de crescimento de um cabaz ponderado de bens. O índice mais importante para medir a inflação é o Índice de Preços no Consumidor (IPC).

Índice Nacional de Preços no Consumidor (NCPI)

O Índice Nacional de Preços no Consumidor (NCPI) é um indicador económico que mede a inflação da economia, tal como discutimos na secção anterior. Portanto, neste índice podemos observar a evolução dos diferentes preços dos inputs económicos. Graças a este indicador, podemos ver a tendência dos preços e a forma como o nosso poder de compra está a evoluir.

Taxas de juro

As taxas de juro são, em suma, o preço do dinheiro. Medem as alterações nos preços das moedas nos mercados cambiais internacionais. Se qualquer pessoa, empresa ou instituição quiser crédito, terá de pagar uma taxa de juros. Se o risco de não pagar o dinheiro for elevado, a taxa irá subir e vice-versa.

Taxa de desemprego

A taxa de desemprego de um país é medida pelo número de pessoas que procuram emprego (ativo), mas que não conseguem encontrá-lo. Falamos de uma situação grave a este respeito quando a taxa de desemprego é superior a 10%, e obviamente o ideal seria 0%. No entanto, se olharmos mais profundamente para esta área, devemos avaliar o tipo e qualidades das pessoas contratadas, uma vez que um contrato permanente não é o mesmo que um contrato temporário.

Balança de Pagamentos

A Balança de Pagamentos, como o seu nome sugere, dá informações sobre o montante de pagamentos que o país recebe de outros estrangeiros e o montante de pagamentos que o país faz no estrangeiro. O fluxo e a entrada de divisas no comércio internacional, e, portanto, o quanto o país está endividado.

A Balança de Pagamentos, por outras palavras, refere-se ao montante de dinheiro que o país recebe do comércio internacional em relação aos pagamentos que tem de fazer a outros países para o mesmo fim. Obviamente, o ideal é pagar menos do que recebe.

Risco do país

O risco país, também conhecido como prémio de risco, é a diferença nas taxas de juro entre países quando se trata de financiamento. Se as hipóteses de um país faltar ao pagamento da sua dívida for mais elevadas (instabilidade, problemas de dívida), o risco do país e, portanto, as taxas de juro aumentarão.

Índice de Preços e Cotações (IPC)

O Índice de Preços e Cotações (IPC) é um índice que reflecte a evolução da bolsa de valores.

Outros indicadores / índices económicos

Indicador económico ISM

Este índice mostra a força do setor industrial nos EUA. É calculado através de uma pesquisa com mais de 300 empresas de 20 setores diferentes relacionados à produção industrial. As perguntas visam conhecer os seguintes dados: pedidos, produção, emprego, estoques, prazo de entrega, preços, pedidos de exportação e importação.

É um dado mensal que é publicada pelo Institute for Supply Management no primeiro dia útil do mês.

Interpretam-se os resultados de acordo às seguintes categorias:

  • < 40%: Recessão
  • 45%-50%: Queda do ritmo de atividade
  • 50%-60%: Crescimento da atividade
  • >60%: Sobreaquecimento

Indicador Purchasing Manager´s Index (PMI)

Indica a confiança nos negócios por países e regiões do mundo. É preparado pela NTC Research através de uma pesquisa de gerentes de compras entre 300 – 400 empresas. As seções sobre as quais as informações são coletadas são: novos pedidos, níveis de stocks, produção, emprego e entregas de fornecedores. Os índices tem níveis compreendidos entre 0-100:

  • > 50: expansão da atividade da correspondente variável
  • 50: estabilidade da situação
  • < 50: contração

O PMI de Chicago é uma variante regional do indicador mencionado anteriormente. É um inquérito a mais de 200 empresários a respeito das circunstâncias do sector industrial na área de Chicago. A sua interpretação é igual ao PMI europeu.

Tem uma frequência mensal e é publicado no último dia útil do mês. Os seus dados não estão sujeitos a revisão e são calculados pela Kingsbury International.

Indicador IFO

É uma pesquisa realizada na Alemanha sobre as expectativas dos empresários alemães sobre os seguintes sectores: industrial, retalho e construção.

A pesquisa é realizada pelo instituto IFO para mais de 6000 – 7000 empresas alemãs. A periodicidade do mesmo é mensal, a última semana do mês.

Índice de Fabricação Fed Philadelphia

É um índice feito para 250 empresas industriais na Pensilvânia, Delaware e no sul de Nova Jersey; com mais de 100 funcionários ou 5 milhões de dólares. Eles são questionados sobre as condições atuais e as perspetivas em 6 meses. É considerado um indicador de tendências no setor industrial.

É publicado pelo Banco da Reserva Federal da Filadélfia na terceira quinta-feira de cada mês, e o seu resultado é revisado no mês seguinte.

Se o resultado for maior que 0, significa que o setor está se expandindo, enquanto se for menor que 0, significa que há uma lentidão.

Índice económico ZEW

Este indicador determina a expectativa dos investidores institucionais alemães. É uma pesquisa mensal realizada pelo Centro de Pesquisas Económicas Europeias. Esta pesquisa é elaborada por 350 analistas e investidores institucionais sobre: expectativas económicas, inflação, taxas de juros, evolução do mercado de ações, taxas de câmbio e preço do petróleo.

É publicada na primeira quinzena do mês.

Índice Tankan do Japão

O índice Fabricação Tankan determina as condições gerais de negócios de grandes fabricantes e é um indicador-chave da economia japonesa. É uma pesquisa das expectativas dos empresários industriais japoneses. Representa a evolução do PIB e é elaborado mensalmente pelo Banco Central do Japão.

São publicados quatro vezes por ano em abril, julho, outubro e dezembro.

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments