GAP: o que é um GAP na Bolsa de Valores? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

GAP: o que é um GAP na Bolsa de Valores?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


GAP: o que é um GAP na Bolsa de Valores?

Gap é uma palavra inglesa que, traduzida diretamente para o português, significa fenda, lacuna ou intervalo. E é utilizada recorrentemente no mercado financeiro para se referir a uma diferença de valor de um determinado ativo durante o fecho da sessão e a abertura seguinte.

O mercado financeiro está cheio de jargão técnico que, para ao cidadão comum leigo na matéria, não significam grande coisa. Mas todos nós já ouvimos notícias que anunciam algo como “as ações X abriram a sessão da bolsa em queda” ou “as ações Y fecharam a sessão da bolsa em alta”. É precisamente isso um gap na bolsa de valores.

O que é um GAP?

Assim, podemos definir um gap como uma discrepância de preço de determinado ativo do mercado financeiro que acontece entre o fecho da bolsa e o preço do mesmo ativo na abertura do dia seguinte. Essa mudança de preço pode-se dar por vários motivos, mas todos eles exteriores ao próprio mercado.

A forma mais simples de entender isto é recorrendo a um exemplo prático. Vamos tomar como exemplo um caso hipotético de umas ações de determinada empresa que, no encerramento da bolsa no dia de hoje, valiam 10 euros. No entanto, durante a noite, era tornado público que a empresa enfrentava uma situação de falência e iria entrar em lay-off. Quer isso dizer que, à abertura da bolsa no dia seguinte, essas ações iriam ter certamente uma desvalorização. Essa alteração de preço durante o período em que a bolsa esteve encerrada é precisamente o gap.

Porque os GAPS acontecem?

Os gaps podem assim acontecer por diversos motivos, todos eles exteriores e indiretos, que ocorrem durante o período em que a bolsa de valores está encerrada e que acabam por influenciar decisivamente o preço de determinado ativo. É certo que também existem gaps intradiários, ou seja, que acontecem durante o período de funcionamento da bolsa de valores, que acontecem exatamente pelas mesmas razões, mas são bem mais raros e incomuns.

Por mais preparado que o mercado procure estar, com várias ferramentas como indicadores económicos, balanços ou os resultados financeiros das empresas, a verdade é que é impossível prever ou prevenir os gaps. É mais uma das mil e uma razões que fazem com que o mercado financeiro seja extremamente imprevisível e volátil. Afinal de contas, não falamos de uma ciência exata.

Quais são as funções dos gaps?

No mercado de investimento existe um conceito chamado de “Teoria do Gap”, que tem tantos defensores quanto detratores. De uma forma sucinta, esta teoria defende que os gaps são ou podem ser um indicador técnico de suporte e resistência acerca das tendências do mercado.

Ou seja, a teoria do gap defende que, quando este acontece, o intervalo de preço acaba por ser preenchido pelo preço do ativo e que o preço do mercado testa o nível do gap antes de regressar à tendência mais próxima do normal. Quem defende esta estratégia utiliza os gaps para tomarem as suas decisões de execução de compra ou de venda.

Mas estarão estes investidores certos ou errados? Como qualquer outra estratégia do mercado de investimento, não existe uma resposta correta a esta questão. Como não falamos de uma ciência exata, todas as possibilidades são válidas, desde que funcionem. O mais importante é o investidor adotar uma postura sensata, responsável e inteligente, que lhe permita mitigar o risco e rentabilizar ao máximo os seus lucros.

Vantagens e desvantagens

Desta forma, podemos então concluir que os gaps da bolsa de valores, quando utilizados como ferramenta e indicador técnico para o investimento, tem vantagens e desvantagens. Comecemos pela primeira.

Assim, a principal vantagem do gap é que este oferece um indicador bastante fiável, com uma margem de erro reduzida, que permite baixar o risco e garantir os lucros obtidos. É ainda uma estratégia muito simples, fácil e intuitiva de usar, até por investidores menos experientes ou que estejam a dar os primeiros passos no mercado financeiro.

Como desvantagem, o gap tem o facto de ser uma estratégia falível, como outra qualquer. Mais importante do que a estratégia a usar está a forma como cada investidor atual. É necessário fazê-lo com ponderação e muito trabalho de casa prévio. E, o mais importante de tudo, é fundamental mentalizar-se para ter também perdas, porque é impossível um investidor ganhar sempre. E quem lhe garantir o contrário é porque estará certamente a mentir.

 

Se quer aprender mais sobre a Análise Técnica, pode descarregar o nosso manual de forma gratuita

Manual de Análise Técnica

Artigos Relacionados

O que são Triple Tops e Bottoms ? É um tipo de padrão gráfico usado para a análise técnica, com o fim de prever a inversão do movimento dos preços de um ativo. Os Triple Tops têm 3 picos ou pontas. O que é u...
Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments