H&M – Hennes & Mauritz AB (Ticker: HMB SS) – free-falling knife - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

H&M – Hennes & Mauritz AB (Ticker: HMB SS) – free-falling knife

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


A Hennes & Mauritz é uma empresa multinacional sueca que opera na indústria de vestuário. Os produtos desenhados, produzidos e vendidos a retalho pela H&M abrangem todo o tipo de público, acompanhando as tendências clássicas, desportivas e de luxo. Para além de vestuário, a H&M também comercializa joalharia, acessórios e cosméticos, estabelecendo-se assim como one-stop shop no que diz respeito a aparência exterior e moda. O portefólio da H&M é composto por oito marcas, 4.739 lojas físicas próprias em 69 países e 43 lojas online. Em 2017, as receitas totais da H&M ascenderam a SEK 200 mil milhões, cerca de 40% oriundas da Zona Euro (excepto Finlândia), 11% de países escandinavos, 2% dos franchises no Médio Oriente e 47% do resto do mundo.

Evolução Operacional e Financeira

À excepção de uma tendência ininterruptamente crescente nas vendas anuais (mas com um significativo abrandamento nos últimos anos), as restantes métricas relevantes espelham as dificuldades operacionais que a empresa tem atravessado. O EBITDA e o resultado líquido têm contraído desde 2015, tendo caído uns expressivos 13% e 22,5%, respectivamente – em apenas dois anos – desde então até 2017. A margem EBITDA e a margem bruta apresentam uma tendência inequivocamente descendente, reflectindo um desafio que as empresas de retalho de vestuário enfrentam actualmente: acumulação de inventários, em virtude de um desajuste entre as condições atmosféricas e as colecções disponíveis nas lojas. A maior duração e rigor das estações do ano podem conduzir a um substancial abrandamento das vendas no lançamento das novas colecções, levando as empresas de retalho a encetar políticas agressivas de saldos, de modo a conseguirem escoar o excesso de stocks. Esta realidade é especialmente penalizadora para empresas com um supply chain pouco flexível, dificilmente adaptável e com uma eficiência aquém do desejado, como é o caso da H&M, quando comparada, por exemplo, com uma das suas principais rivais, a Inditex.

Podes acessar ao documento completo elaborado por Banco BiG no seguinte link

Este documento foi preparado exclusivamente para fins informativos, baseando-se em informação disponível para o público em geral, recolhida de fontes consideradas de confiança. O BIG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, nem deve entender-se nada do aqui constante como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Salienta-se a possibilidade dos resultados previstos serem susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação agora disponibilizadas. Adverte-se igualmente que o comportamento anterior de qualquer valor mobiliário não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro. Alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor poderão gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. O BIG, ou seus colaboradores, poderão deter, a qualquer momento, uma posição sujeita a alterações, em qualquer título referenciado neste documento. O BIG poderá disponibilizar informação adicional, caso tal lhe seja expressamente solicitado. Este documento não consubstancia uma proposta de venda, nem uma solicitação de compra para a subscrição de quaisquer valores mobiliários.

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments