O que são Cisnes Negros

cisnes negros

Os Cisnes Negros é um evento improvável, imprevisível e com grandes consequências imprevisíveis caso ocorra. Uma vez que este fato tenha acontecido, os Cisnes Negros tentam encontrar algum tipo de explicação, real ou inventada. Um dos exemplos que observei para explicar mais facilmente esse fato do Cisne Negro é o das Torres Gémeas de Nova York, em 11/09/2001.

As 3 principais características do cisne negro:

  • Improvável: uma vez que surpreendeu a todos, quase não havia chance de que isso acontecesse.
  • Imprevisível: Um segundo antes de o ataque ocorrer, ninguém poderia imaginar e explicar por que esse ataque aconteceu.
  • Grandes consequências: Claro que foi um dos dias mais tristes da história dos Estados Unidos e da humanidade. Se não tiver consequências importantes, não importa se ocorre ou não.

Outros exemplos onde poderíamos aplicar este conceito, mas da esfera económica e mais em referência à Bolsa de Valores:

Gráfico 1: Distribuição de frequência dos retornos diários da Dow Jones Industrial Average

O gráfico anterior mostra os retornos diários no eixo das abscissas (em%) e no eixo das ordenadas os dias em que os retornos diários são repetidos.

Por exemplo, os retornos entre 0 e + 0,6% são os mais repetidos, mais de 1.000 dias durante os anos escolhidos (maior número de dias). O que está mostra que essa tabela é agrupar por intervalos (de -3% para -2,4%, de -2,4% para -1,8%, de -1,8% para -1,2%, de -1,2% a -0,6%, de -0,6% a 0 e de 0 a + 0,6% de + 0,6% a 1,2% … etc) os retornos diários escolhidos entre os anos estabelecidos.

Desta forma, vemos que a maior parte dos retornos diários estão concentrados entre -4% e + 4%. Eventualmente, as sessões são produzidas como vemos no gráfico que estão longe do desempenho médio, ou o que mais se repete, afastando-se dos valores normais:

  • Segunda-feira Negra (Black Monday): Em 19 de outubro de 1987 o DJIA caiu 22,61%, já que naquele dia houve um cisne negro
  • Grande Depressão: Vemos que durante os anos da Grande Recessão houve várias quedas superiores a 9%, considerando-se o Cisne Negro.
  • Crise financeira: Após a falência do Lehman Brothers em 15 de setembro de 2008, um mês depois (outubro de 2008), o DJIA caiu 7,87%, também produzindo um Black Swan.
  • Crise Financeira e Grande Depressão: Os Cisnes Negros também podem ser dias de grandes aumentos, como vemos no gráfico, houve aumentos de mais 10%, também considerados Cisnes Negros.

E o que isso tem a ver com os investidores?

Bem, de acordo com escritores como Nassim Taleb, os Cisnes Negros são mais prováveis do que os investidores pensam, que por esses fatos, retornos mais altos do que o normal podem ser alcançados investindo em favor dos Cisnes Negros.

O problema para captá-los é que este tipo de investimento é muito complicada, seja do ponto de vista técnico ou psicológico. Assim como pode dar muito certo, há também a opção de dar muito errado, já que tem alguma percepção desse facto errado.

A teoria de Estada

O professor Estada investigou as consequências dos cisnes negros, perguntando se os retornos obtidos pelos investidores são estáveis ao longo do tempo ou o resultado de alguns valores extremos. Depois de pesquisar mais de 160.000 retornos diários em 15 bolsas, ele descobriu que esses “cisnes negros” são responsáveis pela maior parte da rentabilidade. Especificamente, perder os 10 melhores dias resulta em resultados médios nos 15 mercados, 50,8% mais baixos  do que as estratégias passivas. Pelo contrário, evitar os 10 piores dias gera lucros 150,4% mais altos do que as estratégias passivas.

Se quiser aprender mais sobre Bolsa, pode fazer download do nosso manual de gratuitamentemanual bolsa
0

Sobre o autor

Henrique Garcia

Analista de Mercados

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *