O que são investimentos alternativos? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

O que são investimentos alternativos?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Investimentos alternativos

O que são investimentos alternativos? O mercado financeiro está cheio de ferramentas e estratégias que permitem a que investidores de todo o mundo possam rentabilizar as suas poupanças. É um setor altamente democrático, que não faz distinções de classe, raça ou género, e que, por isso, é bastante apetecível e popular.

No entanto, também é verdade que o mercado financeiro está cada vez mais saturado, à medida que os potenciais investidores vão percebendo que este é um mercado aberto e muito fácil de participar. Durante muito tempo houve uma ideia errada, mas consolidada, de que o mercado financeiro era algo fechado e apenas acessível a quem tivesse formação especializada na área, mas isto não podia ser mais errado. E, especialmente desde o advento da internet, com a proliferação da informação, que esse lugar-comum tem vindo a ser desconstruído a pouco e pouco.

É neste sentido que se têm popularizado cada vez mais os investimentos alternativos. Não propriamente como alternativa aos instrumentos tradicionais, mas mais como forma de diversificação da carteira de ativos. E como um novo mercado a explorar, onde ainda muitas das suas potencialidades se apresentam virgens aos investidores.

O que são investimentos alternativos?

Os investimentos tradicionais do mercado financeiro são as ações, os ativos de renda fixa, as matérias-primas ou as moedas, por exemplo. Por sua vez, os investimentos alternativos são coisas como as criptomoedas, a arte, o vinho ou os diamantes, por exemplo.

Alguns destes ativos são novos no mercado, como as criptomoedas ou a criptoarte, duas tendências de grande peso no mundo financeiro da atualidade, mas muitos outros estão no mercado desde sempre. Isto significa que ninguém sabe muito bem como estes ativos se vão comportar numa perspetiva de médio/longo prazo. Além disso, outros ativos alternativos começam a sobressair, como é o caso dos royalties da música, adicionados a esta carteira no ano de 2019, pela Associação de Empresas de Investimento do Reino Unido.

O que levou à popularidade deste tipo de investimentos foi, portanto, a sua democratização, com cada vez mais investidores a debruçarem-se sobre eles de forma a diversificarem a sua carteira. Estes ativos não têm qualquer relação com o mercado financeiro habitual, garantindo assim menores riscos, mas consequentemente mais baixa liquidez.

Diferenças entre os investimentos tradicionais e os investimentos alternativos

Existem assim prós e contras em investimentos deste género, como é óbvio. Tal como o mercado financeiro tradicional, os ativos alternativos também não são uma ciência exata e, como tal, têm riscos associados, dos quais qualquer investidor deve estar ciente no momento da sua decisão.

A melhor forma para analisar essas vantagens e desvantagens é colocar então em comparação os investimentos alternativos com os tradicionais. Assim, analisando a tabela abaixo, percebemos que a liquidez dos investimentos tradicionais é muito mais elevada, o que se deve à sua forte correlação com os mercados. Por sua vez, os ativos alternativos, devido à sua baixa correlação com o mercado, tem uma liquidez baixa. Contudo, os seus riscos de investimento são bem mais baixos.

Investimentos Tradicionais Investimentos Alternativos
Ativos nos mercados públicos Ativos nos mercados privados e públicos
Forte correlação com os mercados Baixa correlação com os mercados
Acionistas passivos Acionistas ativos
Perfil de alta liquidez Menor liquidez ou possivel ilíquidez

Contudo, os investimentos alternativos têm uma grande vantagem, que se prende com o tipo de acionistas. Estes são ativos, gerindo o seu próprio portfolio, que na maior parte das vezes até é único, como acontece no caso da arte. Por sua vez, os acionistas dos investimentos tradicionais são passivos, já que são as corretoras que gerem os portfolios, não tendo grande margem de manobra.

Quais são os principais tipos de investimento alternativos?

São vários os tipos de investimento alternativos, mas uns são mais populares do que outros. Além disso, alguns necessitam de mais conhecimento de causa do que outros. É p caso, por exemplo, da Arte, do vinho, da música ou dos automóveis. Todos eles são altamente independentes e obedecem a lógicas de valorização próprias.

Um dos investimentos alternativos mais populares da atualidade são as criptomoedas. É impossível ainda não ter ouvido falar deste ativo. Com uma valorização extremamente alta, é um mercado muito apetecível, se bem que a falta de regulamentação leva a que os perigos inerentes sejam muitos.

O Forex é uma espécie de alternativa ao mercado da bolsa, só que descentralizado, dedicado em exclusivo ao mercado de moedas. Com o advento da internet ganhou grande popularidade entre os internautas, graças à sua enorme liquidez em curtos espaços de tempo. Contudo, é também, m um mercado de grande risco financeiro.

Como posso usar investimentos alternativos?

Os investimentos alternativos diferem entre si na forma como geram retorno por isso, podem ser utilizados de formas diferentes — para reduzir o risco da taxa de juros de uma carteira ou para atenuar os efeitos da volatilidade do mercado de ações, por exemplo. Faça escolhas específicas com base na forma como quer que estes investimentos contribuam para o desempenho global da carteira.

Os investimentos alternativos podem ser utilizados para otimizar uma carteira numa ampla variedade de formas. Por exemplo, as mercadorias podem ser utilizadas como uma cobertura contra a inflação, e o capital privado pode fazer sentido para os investidores que podem esperar para realizar retornos do seu potencial desempenho a longo prazo. Embora os investimentos alternativos tenham características diferentes uns dos outros, de modo geral, eles dependem menos dos mercados e mais da seleção do investimento para retornos, o que pode ajudá-lo a alcançar maior diversificação na sua carteira.

Os investidores têm hoje um acesso mais amplo do que nunca a opções alternativas de investimento. Os fundos de investimento alternativos e os fundos alternativos registados oferecem uma maior transparência e facilitam o acesso ao capital, em comparação com os tradicionais fundos privados não registados. No entanto, acreditamos que os tradicionais veículos alternativos ainda oferecem aos investidores a gama mais ampla de oportunidades de investimento e maior potencial de retorno.

Quais as vantagens de aplicar investimentos alternativos para o seu portfolio?

São vários os benefícios diretos dos investimentos alternativos e é por isso fácil perceber a sua grande popularidade nos últimos anos. A principal vantagem para os investidores é a diversificação da carteira de investimentos. Ao diversificar o seu portfolio, o investidor diminui os riscos de perder os seus fundos e aumenta as probabilidades de maximizar o seu investimento.

Além disso, outra grande vantagem é a não correlação destes ativos com o mercado tradicional, não estando dependente da crise económica, da prosperidade das moedas ou da inflação da especulação. Ou seja, mesmo tem tempos de crise e instabilidade, o mercado alternativo mantém-se inalterável, oferecendo boas oportunidades de investimento.

Finalmente, mas não menos importante, a outra grande vantagem dos investimentos alternativos em comparação com os investimentos tradicionais é a participação ativa na escola do investimento. Nos fundos tradicionais, é o gestor ou corretor que gere os ativos, tomando as decisões de compra ou venda de acordo com a sua especialização e experiência. Mas no mercado dos ativos alternativos, o investidor gere-os a seu bel-prazer. Ou seja, é a posição ideal para quem quer ter maior controlo sobre as suas finanças.

Se quiser aprender mais sobre Criptomoedas, pode fazer download do nosso manual gratuito

Manual de Criptomoedas


Qualquer investimento implica riscos, incluindo ausência de rentabilidade e/ou perda do capital investido.  Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor.

Artigos Relacionados

O que são Triple Tops e Bottoms ? É um tipo de padrão gráfico usado para a análise técnica, com o fim de prever a inversão do movimento dos preços de um ativo. Os Triple Tops têm 3 picos ou pontas. O que é u...
Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments