Os perigos de diversificar excessivamente o portfólio - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Os perigos de diversificar excessivamente o portfólio

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Os perigos de diversificar excessivamente o portfólio

Quais são os perigos de diversificar excessivamente o portfólio? O mercado financeiro tem várias estratégias e formas distintas de abordar os investimentos. Como não é uma ciência exata, não existe propriamente uma forma única e correta de investir. Aliás, a única estratégia certa é a que funciona. No entanto, se há algo em que há praticamente unanimidade entre os traders de todo o mundo é que não se deve nunca diversificar em demais o portfólio de ativos.

Por um lado, todos os investidores irão defender que se deve optar por uma carteira de ativos diversificada, em oposição à concentração. No entanto, as desvantagens e os perigos de uma diversificação em excesso são óbvios e claros, o que faz com que isso seja uma estratégia altamente não aconselhada.

Para os investidores e traders que já estão acostumados ao assunto, este pode parecer um tema óbvio e de fácil explicação. Mas para quem dá os primeiros passos no mundo do mercado financeiro, estas questões podem revelar-se demasiado complexas. Para o ajudar nesta tarefa, compilámos de seguida tudo o que precisa saber sobre as desvantagens e os riscos de diversificar em demasia o seu portfolio de ativos.

Os perigos de diversificar excessivamente o portfólio

O que é diversificar o portfólio?

Um investidor de sucesso constrói uma carteira de investimentos que lhe garantam uma rentabilidade acima da média no final do mês. Um investidor de sucesso é aquele que consegue ter mais ativos rentáveis do que aqueles que apresentam perdas. Por isso, a maioria dos traders internacionais optam por diversificar a sua carteira de investimentos, ao invés de concentrarem um grande número do mesmo tipo de ativos.

Para isso, utilizam duas estratégias. Primeiro recorrem a ferramentas digitais que os ajudam a analisar os vários ativos, de forma a perceber e a classificar quais são os mais apelativos. E depois procuram combina-los com base em alocação de recursos, de forma a formar um portfolio de sucesso. Tudo isto exige muito trabalho prévio e conhecimento adquirido.

A grande vantagem de optar pela diversificação do portfólio é que, assim, não necessita de compreender por completo todos os fatores externos que influenciam um determinado ativo. Ou seja, um investidor que opta por um portfólio concentrado tem que ser um ótimo analista de mercado, que domine por completo esse sector. E, tendo em conta que a maioria dos traders não são propriamente especialistas de mercado, a diversificação surge como uma excelente estratégia.

Além disso, diversificar o portfolio de ativos significa também reduzir os riscos e mitigar possíveis perdas. Como é sabido, as perdas fazem parte do jogo financeiro e é necessário estar mentalizado para ter algumas derrotas. Não existem estratégias infalíveis e se alguém lhe garantir que nunca perde é porque estará certamente a mentir. Assim, com uma carteira de investimentos diversificada, o risco baixa consideravelmente, permitindo controlar as suas perdas mais facilmente.

Assim, a diversificação da sua carteira de investimentos passa por apostar em diferentes tipos de ativos. O mercado financeiro é constituído por títulos, ações ou matérias-primas, que pode explorar e combinar de forma a garantir o melhor retorno possível no final.

Diversificar excessivamente o portfólio:  vantagens e perigos da diversificação

Posto isto, é então simples perceber quais são as vantagens de seguir uma estratégia de diversificação do portfolio de investimentos. No entanto, é muito fácil o trader mais inexperiente cair no erro comum de o diversificar em excesso. E aí entra toda uma nova panóplia de desvantagens.

Mais importante do que ter muitos ativos, é ter uma carteira personalizada. Ou seja, não são precisos muitos ativos para diversificar, já que a partir de certo ponto, adicionar mais investimentos não diminui mais o risco. Os especialistas explicam que não necessita de ter mais dos 5 a 10 ativos em carteira e que o fundamental é saber seleciona-los.

Ao diversificar em demais o seu portfolio, este perde robustez e fica mais exposto às oscilações do mercado financeiro. E, como sabemos, este é propenso a mudanças bruscas das tendências. Assim, procure adotar uma postura sensata e responsável e fazer o trabalho de casa prévio, percebendo quais as suas reais necessidades, definindo os seus objetivos e escolhendo os seus investimentos com base nisso.

 

Artigos Relacionados

O que são Triple Tops e Bottoms ? É um tipo de padrão gráfico usado para a análise técnica, com o fim de prever a inversão do movimento dos preços de um ativo. Os Triple Tops têm 3 picos ou pontas. O que é u...
Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments