Rentabilidade vs liquidez: qual é a diferença? Nós explicamos - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Rentabilidade vs liquidez: qual é a diferença? Nós explicamos

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Rentabilidade vs liquidez: qual é a diferença?

Qual é a diferença entre rentabilidade e liquidez? No mundo do investimento financeiro existem vários termos técnicos e muito jargão especializado, mas são duas simples palavras que fazem toda a diferença: liquidez e rentabilidade. Afinal de contas, são elas que estão directamente relacionadas com os possíveis lucros de determinado investimento e determinam o dinheiro e as mais-valia que podemos obter em cada activo ou operação.

Rentabilidade vs liquidez: qual é a diferença?

Liquidez e rentabilidade, apesar de serem conceitos semelhantes, não são propriamente a mesma coisa. O que pode causar alguma confusão no momento de análise ao mercado financeiro ou a determinados activos. Um investidor deve ter sempre em conta ambos e, para isso, é preciso perceber o que cada um significa. Por isso, para o auxiliar nessa demanda, preparámos nas linhas seguintes tudo o que necessita saber sobre liquidez e rentabilidade no sector financeiro.

O que é a liquidez?

Primeiro que tudo há que entender o que significa cada um dos conceitos. Comecemos pela liquidez. Afinal de contas, o que significa este palavrão?

A liquidez refere-se ao tempo que determinado investimento demora até ser convertido em dinheiro. Normalmente, os investimentos têm dois tipos de liquidez: aqueles que permitem retirar o investimento com uma periodicidade diária, mas com um prazo de vencimento; e os que só podem ser resgatados quando o activo vencer.

De uma forma mais resumida, podemos dizer que a liquidez é a forma de transformar um investimento ou um activo em lucro, através da sua venda. O prazo acompanhará essa função de forma exponencial, podendo assim ser a curto, médio ou longo prazo, correspondendo a um investimento de alta, média e baixa liquidez respectivamente.

Podemos associar agora estas ideias a exemplos práticos para se tornar mais fácil a sua compreensão. Um bom exemplo de um investimento de alta liquidez são os Planos Poupança e Reforma, que permitem rentabilizar o seu investimento a longo prazo, com claros prejuízos se o resgatar antes do tempo. Por sua vez, um exemplo de baixa liquidez passa pela aquisição de um imóvel ou de uma obra de arte, já que nenhum destes tem uma data específica de venda.

O que é a rentabilidade?

Entendido o que é a liquidez, é altura agora de perceber o que é a rentabilidade. Já vimos acima que o tempo é um parâmetro fundamental na análise de um investimento e é fundamental tanto na liquidez quanto na rentabilidade. É que esta última tem a ver com o lucro que determinado investimento vai render no final do período de aplicação.

Ou seja, a rentabilidade é a quantidade gerada pelos juros de um determinado investimento, seja um activo de renda fixa ou variável. Quer isto dizer que, quanto maior for a rentabilidade de um determinado activo, maiores são os riscos associados; em contrapartida, o oposto também acontece, ou seja, quanto menos os riscos, menos é a rentabilidade exponencialmente associada.

Um exemplo muito prático de um investimento com rentabilidade alta é a Bolsa de Valores, onde os riscos são muito elevados, mas também a possibilidade de ganhar muito dinheiro. O segredo do sucesso dos investidores prende-se assim na análise desta relação, entre risco e rentabilidade. Claro que depois existem várias condicionantes e variáveis, que influenciam esta análise. Mas para já estamos apenas a focar-nos nestes dois conceitos da rentabilidade e da liquidez.

Qual é a diferença entre rentabilidade e liquidez?

Depois de perceber o que significa cada um destes conceitos torna-se mais simples entender qual a relação entre rentabilidade e liquidez e qual a diferença entre eles. É que, apesar de serem coisas distintas, uma e outra complementam-se e estão directamente relacionadas. E todos os investimentos têm, pelo menos, um deles, podendo inclusive ter ambos.

Contudo, no momento de analisar o mercado financeiro e decidir qual o activo em que investir, há que entender bem a diferença entre ambos. Resumindo, de forma muito directa, a liquidez está relacionado com a capacidade de um investimento em gerar lucro, enquanto que a rentabilidade se refere ao percentual de lucro que receberá no final.

Por isso, eles até têm tendências opostas. Ou seja, normalmente um activo com grande liquidez tem baixa rentabilidade e um com alta rentabilidade tem baixa liquidez. Isso deve-se ao facto de estarem directamente associados ao risco, como falámos acima, e ao tempo. Por isso, quem procura de dinheiro rápido, procura um investimento de alta liquidez; enquanto que, quem procura solução mais rentáveis, um investimento de maior rentabilidade é o aconselhável.

Porque são importantes no mercado financeiro?

Assim, surge necessariamente a pergunta: quais são os melhores investimentos? Os que têm uma rentabilidade baixa, mas uma alta liquidez, ou o oposto? Infelizmente não existe uma resposta correcta, porque não estamos a falar de uma ciência exacta. Tudo depende dos seus objectivos e das reais necessidades do investidor.

O fundamental é estar ciente de todos os riscos e do que significam estes conceitos. Antes de tomar as suas decisões e de fazer o seu investimento no mercado financeiro, deve adoptar uma postura sensata, responsável e séria, para que não se endivide acima das suas possibilidades e para que não corra riscos desnecessários.

Assim, faça um diagnóstico da sua situação, procurando perceber qual a estabilidade do seu emprego, quanto consegue poupar todos os meses para poder investir, quais os seus gastos fixos mensais e que compromissos financeiros futuros terá em breve. Com toda esta informação está pronto para analisar os diferentes activos e todo o sector financeiro, procurando tirar todas as vantagens das suas rentabilidades e liquidez.

Artigos Relacionados

O que são Triple Tops e Bottoms ? É um tipo de padrão gráfico usado para a análise técnica, com o fim de prever a inversão do movimento dos preços de um ativo. Os Triple Tops têm 3 picos ou pontas. O que é u...
Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments