XTB: Market update de 13 de Março de 2018

xtb market update

Por Carla Santos, gestora da corretora XTB

Outlook

Ontem o Nasdaq100 volta a fazer um novo máximo histórico com as cinco tecnológicas FAANG  na mira dos investidores, sendo consideradas empresas capazes de gerar mais valor. Por outro lado, os outros índices norte-americanos recuaram, uma vez que têm um peso maior de empresas industriais e os receios quanto à criação de impostos à importação de aço e alumínio continuam a condicionar o comportamento de empresas dependentes destas matérias-primas. 

Hoje, o mercado está atento à divulgação do IPC dos EUA, uma vez que este dado tem grande relevância na politica monetária. Na sexta passada, o aumento dos salários ficou aquém do esperado, os investidores fizeram uma leitura positiva destes números, porque assim não se espera aumento da inflação e por consequência não deverá haver aumento das taxas de juro. No dia de hoje, se o IPC sair acima do esperado poderemos ter uma reação negativa dos mercados, tanto norte-americanos, como europeus por contágio.

O BCP é o título que puxa pelo PSI20 nesta terça-feira, mostrando o maior volume negociado e a maior valorização do dia, sendo um ativo interessante para negociação ‘intraday’ e mantém a tendência positiva de longo prazo, desde que continue a cotar acima dos 0,28 euros.

Ações

EON/ RWE(RWE.DE) – o grupo de ‘utilities’ alemão RWE volta a convencer o mercado com resultados favoráveis e está em conversações com a Eon para proceder a um ‘swap’ de ativos, que irá trazer consolidação ao setor através da compra da Innogy. Tanto a EON como a RWE são empresas que foram afetadas nos últimos anos, devido à alteração das diretivas da chanceler alemã, neste setor, desde 2011, altura em que o executivo foi dando prioridade às renováveis. O ativo abriu em alta esta semana e corrigiu até uma zona de suporte, proporcionando bons pontos de entrada para compras no ativo. 

Análise Técnica
Forex

EURUSD H1 – curto abaixo do nível 38.2% de fibo 

Depois dos dados de emprego da semana passada, o dólar está finalmente a ganhar mais força, o que fez o EURUSD cair. Desde então, o par tem vindo a consolidar, mantendo a negociação abaixo dos 38.2% de fibonacci da queda de sexta-feira. Com os dados de hoje de inflação, poderemos ver uma nova valorização do dólar. Assim, a ideia será vender EURUSD com stop nos 1.2350 e take profit nos 1.2275.

eurusd3.jpg

Matérias-primas

Copper longo no suporte

A cotação do cobre segue com uma tendência ascendente de médio prazo, tendo verificado máximos e mínimos sucessivamente mais elevados. Neste momento, assistimos ao teste ao suporte ascendente, zona onde podemos esperar o regresso da força compradora que leve a cotação para a continuidade da sua tendência. Entramos longos com TP na resistência e SL abaixo do suporte. À SL adicionamos uma orem de sell-stop, cobrindo assim o risco da quebra em baixa do suporte.

COPPER_09_17 13_03.png

Índices

CHN Comp prepara ataque aos máximos

Temos acompanhado o CHN Comp com grande interesse. A tendência de longo prazo continua a ser de forte alta e depois de um período corretivo, que permitiu aliviar alguma sobrecompra, procuramos novamente novos pontos de entrada altistas. Destacamos o reteste da zona dos 61.8 e a entrada de compradores nesse nível de preço. O ‘price action’ de curto prazo segue igualmente interessante para encontrar entradas, mas é o ‘trade’ de entrada ao mercado com stop abaixo dos 61.8 e TP na zona de máximos que desperta o maior interesse por garantir um rácio de risco\retorno convidativo.

CHNComp.Weekly (1).png

CHNComp.Monthly.png

Departamento de Research XTB

Declaração de Risco
A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nesta newsletter. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados
0

    Sobre o autor

    Rankia

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *