O que são os cartãoes virtuais?

o que são os cartãoes virtuais

Os cartões virtuais estão a tornar-se cada vez mais populares, especialmente quando se trata de gerir pagamentos e despesas comerciais. Certamente já se perguntou qual é a melhor opção: um cartão físico ou um cartão virtual? Neste artigo vamos dizer-lhe as diferenças entre um cartão virtual e um cartão físico e qual é o melhor para os pagamentos e gestão da sua empresa.

Neste artigo vamos explicar-lhe o que é, afinal, um cartão virtual, como se pode obter e para que serve.

Quem costuma fazer compras online ou quem está agora a tentar tirar partido desta possibilidade, facilmente se apercebe que em grande parte dos sites de vendas pela internet só é possível proceder à compra se tiver um cartão de crédito, seja ela Visa, Mastercard, American Express ou outro.

Este facto é, muitas vezes, dissuasor do negócio uma vez que nem todos os compradores se sentem à vontade para disponibilizar os dados do seu cartão na rede, ou porque desconhecem os protolocos de segurança ou porque já tiveram uma má experiência ou, simplesmente, porque, de facto, é uma questão que convém ter sempre em conta num mundo em que os prevaricadores parecem andar sempre um passo à frente de quem cria as soluções para aumentar a segurança do meio digital.  

Mas, então, o que é um cartão virtual?

Um cartão de crédito virtual, ao contrário do cartão de crédito físico tradicional, consiste num cartão temporário que pode ser criado online com o propósito de ser utilizado exclusivamente através da internet para efetuar transações comerciais, nacionais ou internacionais, com total segurança.

Apesar deste cartão ficar associado à conta bancária do utilizador, ao realizar uma compra com o cartão de crédito virtual, nunca se chega a dar os dados do cartão físico, e mesmo aqueles dados que tem de fornecer para realizar a operação – número de cartão atribuído, valor de verificação de cartão (CVV) e uma data de validade, diferentes dos dados originais do cartão de crédito físico – estes desaparecem após a data de validade expirar, pelo que esta é, sem dúvida, uma ótima forma de se proteger de fraude e, simultaneamente, controlar as suas compras online.

Esta funcionalidade está disponível para qualquer utilizador da internet que, desta forma, pode colocar de lado o cartão de crédito físico que costuma usar para as suas compras e aceder a este tipo de cartões sempre que deseje adquirir algum produto ou serviço via net, com toda a segurança e comodidade, a partir do seu computador, tablet ou smartphone.

Como criar um cartão de crédito virtual?

Antes de mais, convém referir que os cartões MB Net estão agora na app MB Way e que para poder criar um cartão virtual tem de ter um cartão de crédito físico, de uma qualquer entidade bancária portuguesa, ao qual deverá associar o seu cartão de crédito virtual e o seu número de telemóvel. Este processo é simples e pode ser realizado facilmente numa caixa Multibanco, selecionando a opção que existe especificamente com o nome MB Way e insira o número de telemóvel que pretende associar ao cartão bancário e defina o seu PIN.

De seguida, descarregue a aplicação MB Way no dispositivo móvel (smartphone ou tablet) que estiver a utilizar e aceda com os seus dados e palavra passe escolhida.

Ao aderir à aplicação MB WAY, para além das vantagens do serviço MB NET, também poderá fazer compras nos comerciantes aderentes (lojas físicas e online) ou transferências imediatas de forma simples, rápida e segura através do seu smartphone ou tablet.

Já na aplicação MB Way, procure a opção ‘Cartões MB Net’ que depois de selecionada lhe dará possibilidade de escolher entre três opções: 

  • “compra única”, válida por dois meses e para uma única compra;
  • “várias compras”, válida até um ano e que permite efetuar várias transações, mas apenas a um único comerciante;
  • “pagamento recorrente”, ideal para pagamentos frequentes num só comerciante em que pode estipular um valor fixo mensal, sendo válido até 12 meses.

Escolhida a finalidade que mais lhe convém terá depois de indicar o montante máximo que precisa de ter no cartão (e note que este valor terá sempre de ser igual ou superior a 5 euros) e, no caso de ter optado por um cartão para “várias compras” ou pela opção “pagamento recorrente”, terá de definir qual a validade que pretende para o mesmo.

Posto isto, está a um clique de poder efetuar a sua compra. Basta digitar o seu PIN MB Way para aparecerem os dados do cartão virtual MB Net que deve então disponibilizar ao fornecedor com toda a segurança. 

Saliente-se ainda que, muito embora a generalidade das instituições bancárias já optarem por se associar a este método, há algumas entidades que, elas próprias, facilitam o processo de criação e utilização de cartões de crédito virtuais sem que seja preciso a intermediação de terceiros. 

Sobre o autor

Lucía Sánchez

Responder a este tópico

Bem-vindo(a) à comunidade!

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Ao continuar, aceita a política de privacidade