Devo de fugir da ESMA? É fiável um Broker estrangeiro com alavancagem?

A ESMA veio este ano mudar as regras. Todos os traders, excepto os profissionais, ficaram limitados a alavancagem até 1:30 em toda a Europa. Houve muita fuga de clientes, agora resta saber, é fiável procurar um broker no estrangeiro com alavancagens superiores?

A resposta é depende. Neste artigo vamos aprofundar este tema.

Quem é a ESMA?

A Autoridade Europeia dos Valores Mobiliários e dos Mercados (European ​Securities and Markets Authority​ ou ESMA) foi criada a 1 de janeiro de 2011 ao abrigo dos Regulamentos da UE. 

A ESMA tem como missão proteger o interesse público contribuindo para a estabilidade e a eficácia do sistema financeiro a curto, médio e longo prazos, em benefício da economia europeia e dos respetivos cidadãos e empresas, designadamente através da preparação de normas regulatórias e contribuir para práticas comuns de supervisão, podendo nomeadamente emitir pareceres às instituições da União Europeia e desenvolver orientações, recomendações e projetos de normas técnicas de regulamentação e de execução.

Quais foram os efeitos da ESMA nos derivados?

As medidas foram publicadas no Jornal Oficial da União Europeia. Eles começarama ser aplicáveis ​​a partir de 2 de julho de 2018 para opções binárias e a partir de 1º de agosto de 2018 para CFDs e serão aplicados da seguinte forma:

  1. Opções Binárias (desdejulho de 2018) – uma proibição da comercialização, distribuição ou venda de opções binárias a investidores de retalho;
  2. Contratos por diferenças (desde  agosto de 2018) – uma restrição à comercialização, distribuição ou venda de CFDs a investidores de retalho. Essa restrição consiste em: alavancar limites em posições de abertura; uma regra de encerramento de margem por conta; uma proteção de saldo negativo por conta; impedir o uso de incentivos por um provedor de CFD; e um alerta de risco específico firme entregue de forma padronizada.

CFDs 

As medidas de intervenção do produto adoptadas pela ESMA ao abrigo do artigo 40.º da regulamentação relativa aos mercados de instrumentos financeiros incluem alavancar limites na abertura de uma posição por um cliente de retalho de 30: 1 a 2: 1, que variam de acordo com a volatilidade do subjacente:

  • 30: ​​1 para os principais pares de moedas;
  • 20: 1 para pares de moedas não principais, ouro e índices principais;
  • 10: 1 para mercadorias que não sejam ouro e índices de ações não principais;
  • 5: 1 para ações individuais e outros valores de referência;
  • 2: 1 para criptomoedas;

Efeitos da ESMA

Para quem gostava de operar em curto prazo foi o mais prejudicado e foram à procura de brokers que oferecem a hipótese de estarem num mercado não regulado. A ideia foi procurar brokers fora dos regulamentos da União Europeia, mas será que é fiável?

Próximos passos

O MiFIR confere à ESMA o poder de introduzir medidas temporárias de intervenção numa base trimestral. Antes do final dos três meses, a ESMA analisará as medidas de intervenção do produto e considerará a necessidade de as prolongar por mais três meses.

Sugestão do Rankia

O Rankia sugere que antes de abrir-mos conta num broker fora da regulação europeia, fazer uma pequena pesquisa na net para saber opiniões sobre o seu serviço. Procurar se existiu algum caso de “fraude” generalizado ou apenas algum caso particular.

A oferta é grande, basta fazer uma pequena pesquisa.

0

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *