Como funciona o sistema de amortização americano?

Ao reembolsar um empréstimo, é importante levar em conta o sistema de amortização que vamos usar para pagá-lo, uma vez que as taxas de juros que serão pagas no total podem diferir muito. No artigo de hoje, vamos analisar como pagaria-mos um empréstimo pelo o sistema de amortização americano.

sistema de amortização americano caracteriza-se como uma forma de amortizar o capital que nos foi emprestado através do pagamento periódico de juros e do retorno do principal no final do mesmo.

Em suma, trata-se de um sistema de depreciação em que os juros são pagos mensalmente e somente o capital é amortizado no final do empréstimo. 

Principais características do sistema de amortização americano

  • Mensalidade : juros constantes sobre o empréstimo

          C = I = V * i 

C = taxa mensal

V = capital emprestado

i = taxa de juros do período

  • Taxa final: juros sobre o empréstimo + amortização do principal

           Cf = V + (V * i)

Cf = taxa final

V = capital emprestado

i = taxa de juros do período

Caso pretendamos solicitar um empréstimo hipotecário cujo valor seja de 10000 euros a ser pago por 3 anos (36 prestações) e a taxa de juros mensal a ser paga ao banco seja constante de 3%, vamos pagar:

  • Total de juros a pagar : 108 euros
  • Total a pagar pelo empréstimo:  10108 euros

Sobre o autor

António Fernandes