Como poupar todos os meses? 6 truques que vão facilitar

Temos boas notícias: já existem 60% dos portugueses que estão a poupar dinheiro, embora para muitos ainda seja difícil obter esse dinheiro extra no final do mês e usá-lo para poupar e investir.

Neste artigo vamos falar de algumas rotinas irão ajudá-lo a passar da vida para o dia, a ser poupado e até mesmo começar a investir.

  1. Orçamentar o seu mês:  este primeiro passo é essencial para ter sucesso no restante das etapas. Calcule a média das suas despesas fixas mensais e retire o resto que sobra para uma conta poupança. Não precisa ser um número exato, e é melhor não pegar os dedos com a quantia que acha que pode poupar todo mês. Além disso, estamos sempre na hora de aumentá-lo, por isso é melhor começar a ser conservador.
  2. Transferir para outra conta: uma  vez definido esse valor, poderá poupar cada mês automaticamente para outra conta. Não tem que ser uma conta especial, simplesmente que não é com o resto de suas despesas mensais, vamos tentar não ter essa quantia de dinheiro disponível para gastá-lo. Mas, não se preocupe, em caso de imprevistos pode sempre recuperá-lo.
  3. Acumular:  quando tiver acumulado um valor mínimo de 1.000 euros, será hora de começar a pensar em como aproveitar esse esforço de poupança.
  4. Peça ajuda:  Agora é hora de dar o último passo de poupador para investidor. Se precisar de ajuda para tomar essa decisão, recomendamos que escolha um consultor para ajudá-lo a fazer isso de maneira profissional e com risco às suas necessidades, desenhando um plano de investimento personalizado que leve em conta a sua situação pessoal e poupança pode gerar um mês e quando vai precisar do dinheiro.
  5. Escolha o seu investimento:  deve escolher investimentos líquidos, que pode desfazer se precisar do dinheiro, e diversificar os fundos de diferentes países para minimizar os riscos e aumentar a sua rentabilidade a longo prazo. Pode confiar nessa tarefa no seu orientador ou procurar diretamente os produtos mais adequados par.
  6. Automatize o processo:  Depois de ter escolhido o seu plano de investimento, no seu banco pode planear contribuições periódicas, da mesma forma que fez com as poupanças. Desta forma, mantém os seus hábitos de poupança e contribui para aumentar a rentabilidade da sua carteira de investimento. Se conseguir alcançar o passo 6, a poupança e o investimento tornarão um processo rápido e simples e isso irá gerar uma grande capacidade de economia, sem esforço.

A quantia que poupamos não é tão importante quanto  o facto de que conseguimos poupar algo todo mês, por menor que seja, tem que criar um hábito

Se além de obter essa rotina de poupança, só se precisa de preocupar em encontrar uma maneira de obter um pé de meia, sem dúvida o sucesso está garantido.

Sobre o autor

António Fernandes