Como se calculam as margens de uma empresa

margens de uma empresa

Em seguida, explicaremos brevemente o que são as margens de uma empresa como se calculam. Também veremos o que a margem nos diz sobre a situação da empresa e que tipos de margem podem ser obtidos.

Margens de uma empresa:  Margem, Margem Operacional e Margem Bruta

A margem de negócios é a parte que a empresa mantém da receita total obtida. A margem é obtida subtraindo a receita total, as despesas que a empresa teve, os juros que pagou pela dívida e os impostos divididos pela renda. É um rácio de rentabilidade.

Margem = (Receitas – Gastos – Juros – Impostos) / Receitas

A margem diz nos várias coisas sobre a empresa, se tem uma margem acima do setor é algo positivo, por exemplo, se  tem uma boa gestão de despesas ou se tem a capacidade de aumentar o preço das vendas, obtendo maiores margens.

Margem Bruta

Não é um indicador claro da estratégia de preços, mas pode dizer-nos sobre a solidez financeira da empresa. Com margem bruta suficiente, a empresa poderá enfrentar despesas operacionais no futuro, razão pela qual é considerada uma importante métrica a ser levada em conta.

Margem Bruta = (Receitas – Custos das vendas) / Receitas

Ao resultado da divisão do Rendimento menos o custo das vendas entre o rendimento, multiplicaremos por 100, obtendo um percentual, que será o que será recebido por cada euro que tenha sido entrado. Se o resultado é de 40%, para cada euro recebido, a empresa fica com 40 centimos.

Margem Operacional

A margem operacional é calculada dividindo-se a receita operacional pelas vendas líquidas.

A margem operacional também é conhecida como a rentabilidade das vendas, e dá aos analistas uma ideia de como a rentabilidade é obtida antes dos juros e impostos para cada euro que ela vende. Uma boa margem operacional significa que a empresa pode cuidar dos custos fixos, juros sobre a dívida … implicando um menor risco financeiro para a empresa.

Margem Operacional = Receitas Operacionais / Vendas 

  • A Recita operacional é calculada subtraindo as despesas operacionais, depreciação e amortização do Lucro Bruto.

Margem Operacional é o que resta da renda depois de pagar os custos variáveis de produção, como salários, matérias-primas, etc. Essa relação informa quanto dinheiro a empresa gera antes de juros e impostos com relação a cada euro vendido.

A margem operacional de uma empresa geralmente indica a capacidade que ela tem de satisfazer os credores e criar valor para os acionistas, gerando fluxo de caixa operacional.

Por exemplo, se uma empresa tiver uma margem operacional de 5% acima de 10 milhões em vendas líquidas e outra empresa tiver uma margem operacional de 15% sobre 20 milhões em vendas líquidas, a primeira empresa poderá ter dificuldades para cobrir os seus custos fixos se o volume de negócios é reduzido. A segunda empresa tem uma almofada maior para enfrentar tempos difíceis.

Ao determinar a margem operacional, é importante levar em conta a natureza das despesas que estamos levando em conta. As despesas operacionais são consideradas “fixas” ou “variáveis”.

  • Os gastos fixos de exploração são gastos que permanecem estáveis ao longo do tempo, mesmo que o negócio ou a renda mude: aluguer para instalações, juros sobre a dívida … desde que sejam pré-determinados.
  • Os gastos variáveis mudam com as mudanças no negócio, por exemplo, o custo dos materiais …

Ao calcular a margem operacional, as despesas podem ser em dinheiro ou não monetárias, uma vez que algumas despesas podem ser amortizadas ao longo de vários anos, esta é uma das principais diferenças entre o resultado operacional e o fluxo de caixa operacional.

Algumas limitações da margem operacional

É importante levar em conta as limitações da margem operacional

  • Não leva em conta o investimento que foi inicialmente feito na empresa, particularmente assume uma importância especial sobre as pequenas empresas, porque elas poderiam estar usando essa receita para cobrir as despesas iniciais.
  • Além disso, se tentar calcular mais especificamente a margem de cada projeto, será difícil determinar quais custos são alocados para cada projeto, pois há custos compartilhados, e os métodos de avaliação dessa maneira não são fáceis.
  • É preciso ter cuidado ao comparar as margens operacionais entre as empresas, porque precisa escolher empresas com negócios semelhantes e números semelhantes.
Se quiser aprender mais sobre Bolsa, pode fazer download do nosso manual de gratuitamente

manual bolsa

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados