Como se tornar um corretor da bolsa

Quando pessoas ou empresas querem comprar ações, elas o fazem através de uma corretora ou banco com ajuda de um gestor, analista ou corretor de bolsa. Os corretores estão familiarizados com os mercados financeiros e com os vários tipos de produtos de investimento disponíveis para os clientes. Eles comunicam com seus clientes para determinar os tipos de investimentos e produtos que melhor se ajustam aos seus objetivos financeiros e à carteira de investimentos atual. Em seguida fazem a gestão da documentação envolvida na transação.

Embora os corretores devam ter conhecimento em finanças e investimentos, eles também devem ter habilidades de vendas muito fortes. Uma grande parte do trabalho do corretor é chegar aos clientes com potencial. A maioria dos corretores é obrigada a cumprir certas quotas de vendas para permanecerem empregados, e eles são responsáveis por trazer novos clientes e vender ações ou outros produtos de investimento.

Que tipo de formação é necessária para se tornar um corretor da bolsa?

Muitas corretoras preferem empregar corretores que tenham pelo menos um diploma de licenciatura, de preferência nas áreas de economia. Muitas faculdades oferecem licenciaturas nas áreas económicas. Procurar esse grau com ênfase em finanças pode ser uma boa preparação para uma carreira como corretor.

Estudantes em programas de finanças fazem cadeiras que envolvem matemática e ciências, além de cursos básicos de administração como economia, contabilidade, direito em negócios, marketing, administração, comportamento organizacional e sistemas de informação. Esses cursos podem abranger tópicos como gestão de capital de negócios, investimentos e gestão de portfólio, modelagem financeira, gestão de risco, mercados e instituições financeiras e finanças corporativas.

Inicio de carreira

Alguns alunos realizam estágios com corretoras enquanto completam o curso. A conclusão de um estágio pode proporcionar aos alunos uma experiência valiosa que os ajudará a determinar sua carreira e torná-los candidatos mais atraentes para empregos após a graduação.

Graduados em programas que envolvem as áreas económicas podem procurar emprego em corretoras. A maioria das corretoras fornece aos novos funcionários formação no trabalho que pode durar vários meses. Durante a formação, novos corretores de valores aprendem sobre os mercados financeiros e os produtos que sua corretora vende. Eles também aprendem estratégias de vendas e se preparam para obter as licenças necessárias para trabalhar legalmente como corretor (DMIF 2). Quando o período de formação termina, espera-se que os corretores criem sua própria base de clientes e passem a cumprir os objetivos de vendas.

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    O Plano O economista de Jair Bolsonaro é Paulo Guedes, um conhecido liberal e ex-banqueiro que desenhou o plano de governação focado em reformas e privatizações. O "Tripé" O programa...