Como utilizar o calendário económico para o trading em Forex?

calendário económico para o trading

Uma das grandes vantagens do FOREX é que está aberto 24 horas por dia, cinco dias por semana. Os dados económicos tendem a ser um dos catalisadores mais importantes para movimentos de curto prazo em qualquer mercado, mas isso é particularmente verdadeiro no FOREX, que responde não apenas às notícias dos dados da económica dos EUA, mas também às notícias de todo o mundo. Estas noticias são visualizados no calendário económico.

Com pelo menos oito moedas principais disponíveis para negociação na maioria das corretoras de FOREX e mais de 17 ativos delas, há sempre alguns dados económicos que podem ser usados ​​pelos traders para informar as posições que eles tomam. Geralmente são sete dados são divulgados diariamente das oito principais moedas ou países que são seguidos mais de perto. Então, para aqueles que escolhem trocar notícias, há muitas oportunidades.

Neste artigo vamos falar de quais são notícias divulgadas, as mais relevantes para os traders de forex e como os traders podem agir com base nesses dados que movem o mercado.

Quais moedas devem ser o seu foco?

Estas são as oito principais moedas:

  1. Dólar dos EUA (USD)
  2. Euro (EUR)
  3. Libra esterlina (GBP)
  4. Iene japonês (JPY)
  5. Franco suíço (CHF)
  6. Dólar canadiano (CAD)
  7. Dólar australiano (AUD)
  8. Dólar da Nova Zelândia (NZD)

Principais pares cambiais do mundo:

  1. EUR/USD
  2. USD/JPY
  3. AUD/USD
  4. GBP/JPY
  5. EUR/CHF
  6. CHF / JPY

Como pode ver acima, as moedas em questão abrangem todo mundo. Isso significa que pode escolher as moedas e os lançamentos económicos aos quais presta especial atenção. Mas, como regra geral, uma vez que o dólar americano está no “outro lado” de 90% de todos as ordens com moedas, os lançamentos económicos dos EUA tendem a ter o impacto mais pronunciado no mercado.

A troca de notícias é mais difícil do que parece. Não apenas é importante o consenso relatado, mas também os números sussurrantes (previsões não oficiais e não publicadas) e as revisõesAlém disso, alguns lançamentos são mais importantes que outros; isso pode ser medido em termos tanto da significância do país em liberar os dados quanto da importância do lançamento em relação aos outros dados que estão sendo lançados ao mesmo tempo.

Quando os lançamentos de notícias são emitidos?

Em baixo mostramos os horários (hora de Lisboa) em que horas a saída de dados são mais importantes para cada um dos países. Estes são também os momentos em que deve estar prestando atenção extra aos mercados, se planeia negociar notícias.

País

Moeda

Horário

EUA USD 13:30 às 15 horas
Japão JPY 23h50 às 4h30
Canadá CAD 12 às 13:30
Reino Unido GBP 7 às 9:30
Itália EUR 8h45 às 10h
Alemanha EUR 7 às 11 da manhã
França EUR 7h45 às 9h
Suíça CHF 6h45 às 10h30
Nova Zelândia NZD 9:45 às 2:00
Austrália AUD 22:30 às 24:30

 

Horários em que vários países divulgam importantes dados económicos

O Calendário Económico mais usado é do Investing: https://pt.investing.com/economic-calendar/ 

Quais são os principais lançamentos?

Primeiro precisa saber quais são lançamentos realmente esperados naquela semana. Em segundo lugar, é importante que saiba quais dados são importantes. De um modo geral estas são as mais importantes:

  1. Decisão sobre a taxa de juros
  2. Vendas a retalho
  3. Inflação (IPC:preço ao consumidor ou IPP:preço ao produtor)
  4. Desemprego
  5. Produção industrial
  6. Pesquisas de sentimento empresarial
  7. Pesquisa sobre confiança do consumidor
  8. Balança comercial
  9. Pesquisas do setor industrial

Dependendo do estado atual da economia, a importância relativa desses lançamentos pode mudar. Por exemplo, o desemprego pode ser mais importante neste mês do que as decisões económicas tomadas ou das taxa de juros. Portanto, é importante manter-se atualizado sobre o que qual é o foco do mercado.

Quanto tempo dura o efeito?

De acordo com um estudo de Martin DD Evans e Richard K. Lyons publicado no Journal of International Money and Finance (2004), o mercado pode continuar a reagir aos dados dias após o lançamento. O estudo descobriu que o efeito nos retornos geralmente ocorre no primeiro ou no segundo dia, mas o impacto parece durar até o quarto dia. O impacto no fluxo de ordens, por outro lado, ainda é muito pronunciado no terceiro dia e é observável no quarto dia.

Como eu realmente faço trading com estas notícias?

A maneira mais comum de fazer trading com estas neticias notícias é procurar um período de consolidação à frente de um grande número e negociar apenas o breakout. Isso pode ser feito tanto a curto prazo no prazo de um dia (intradiário) como numa base diária. Vamos ver o gráfico na imagem em baixo como exemplo. Depois de um número fraco em setembro, o mercado estava numa consolidação outubro à espera do dado final, que seria divulgado ao público em novembro.

Nas 17 horas antes do lançamento, o EUR / USD estava numa consolidação de 30 pip. (A pip é a menor medida de mudança em um par de moedas no mercado cambial. Como a maioria dos principais pares de moedas tem preço de quatro casas decimais, a menor alteração é a do último ponto decimal).

Este gráfico ilustra a indecisão do mercado que antecedeu com os dados da criação de empreados, que foram divulgados no início de novembro. Dá para observar o aumento da volatilidade que ocorreu quando os dados ficaram abaixo do que o esperado.

Mencionamos anteriormente que as notícias de negociação são mais difíceis do que imagina. Por quê? O principal motivo é a volatilidade. Pode estar a seguir o movimento certo, mas acaba sendo interrompido ou o mercado pode simplesmente não ter o impulso para sustentar o movimento.

Vamos ver o gráfico em baixo como exemplo. Este gráfico mostra a atividade após o mesmo lançamento do dado que o exemplo acima, mas em um período de tempo diferente para mostrar o quão difícil pode ser o lançamento de notícias. Em 4 de novembro de 2005, o mercado esperava que um aumento 120 mil empregos à economia dos EUA, mas apenas 56 mil empregos foram adicionados. Essa grande decepção levou a uma queda de aproximadamente 60 pip no dólar contra o euro nos primeiros 25 minutos após o lançamento.

No entanto, o ímpeto positivo do dólar foi tão forte que os ganhos foram rapidamente revertidos, e uma hora depois, o EUR / USD havia quebrado a sua baixa anterior e na verdade atingiu uma baixa de 1,5 ano em relação ao dólar. Oportunidades eram abundantes para os traders de breakout, mas o momentum de alta no dólar era tão forte que um número tão mau de emprego não conseguiu colocar um efeito sustentável na valorização da moeda. Uma coisa que deve ter em mente é que, por trás de um bom número, um movimento forte também deve ter uma forte extensão.

Este gráfico intradiário mostra que, enquanto os dados de emprego mais fracos do que o esperado levaram a cotação do EUR / USD para cima por um curto período de tempo, o forte impulso do dólar americano foi capaz de controlar o dólar. Tenha em mente que quando a cotação do EUR / USD cai, o dólar americano está a subir e vice-versa.

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados