O que é a Prestação? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

O que é a Prestação?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


o que é a prestaçao

Quem recorre a um crédito, seja ele para a compra de casa, carro, ou simples crédito pessoal, sabe que ao assinar o contrato com a instituição de crédito que lhe vai emprestar o dinheiro ficará com a obrigação de, periodicamente, pagar uma determinada quantia por forma a cumprir esse mesmo contrato e, assim, extinguir a sua dívida. 

Esse montante que paga periodicamente é aquilo a que vulgarmente se chama de – prestação! 

É o valor que tem de pagar ao banco todos os meses. Parte da prestação corresponde ao capital que está a ser amortizado e a outra parte serão os juros.

De que depende a prestação que vou pagar?

  • Do montante do capital emprestado;
  • Da taxa de juro;
  • Do prazo;
  • Do método de cálculo.

Qualquer prestação é devidamente negociada tendo em conta estes pressupostos junto da instituição de crédito a que decidir recorrer, devendo, para tal, fazer um apurado trabalho de prospeção por forma a identificar que instituição estará em melhores condições para lhe conceder um crédito de acordo com a sua situação financeira. Pode, inclusive, solicitar diferentes simulações de crédito junto de mais do que uma instituição para, assim, poder fazer uma primeira triagem e perceber quais lhe interessará ir mais além nas negociações.

Lembre-se que os encargos do crédito vão muito além do ‘simples’ pagamento da prestação. Há, invariavelmente, lugar à cobrança de comissões várias e seguros associados ao financiamento. Estes custos diferem entre instituições e nem sempre ficam suficientemente claros na hora de assinar o contrato, pelo que há que analisá-los bem antes de tomar uma decisão.

O que é la Taxa de esforço 

O primeiro passo, mesmo antes de decidir que modalidade de prestação vai mais ao encontro do seu perfil, é conhecer os seus limites. Ou seja, saber até que montante poderá ir com uma prestação sem que esta destrua o seu orçamento familiar.

É aqui que entra um conceito/ferramenta muito importante: a taxa de esforço.

Este indicador vai determinar se você, ou o seu agregado, terá condições para suportar mais uma prestação de um crédito. 

Para saber qual a sua taxa de esforço, e caso já tenha solicitado uma simulação de crédito à habitação, então some esse valor que lhe foi apresentado às restantes despesas fixas que tem mensalmente e divida o resultado pelo seu rendimento líquido mensal. Depois, basta multiplicar por 100 e terá a sua taxa de esforço. 

Uma taxa de esforço considerada aceitável andará entre os 30 e os 40%. Acima disto estará a colocar em sério risco a saúde financeira da sua família.

Taxa variável, fixa e mista 

As modalidades de uma prestação distribuem-se de acordo com a taxa de juro que lhe está associada. Estas podem ser variáveis, fixas ou mistas. A sua designação dá logo uma clara indicação daquilo que cada uma implica.

Assim, uma Taxa Variável será composta pela margem de lucro fixada pelo banco (spread) e um indexante (Euribor) somados entre si. Este valor vai variando ao longo do prazo de duração do crédito em função dos valores das taxas Euribor, que representa a componente variável da taxa de juro. 

Por sua vez, a Taxa Fixa, mantém-se inalterada ao longo de toda a duração do crédito, podendo, no entanto, ser mais elevada do que a Taxa Varável, sobretudo no início do contrato.

Com a Taxa Mista temos uma conjugação das duas modalidades anteriores: num primeiro período é aplicada uma taxa fixa, após o qual segue-se um período de taxa variável.

Artigos Relacionados

Está à procura do melhor crédito automóvel? Antes de pedir o empréstimo para comprar veiculo, faça bem as contas, esc...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments