Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Como funcionam as exchanges centralizadas de criptomoedas?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Como funcionam as exchanges centralizadas de criptomoedas? Uma exchange é uma plataforma digital que permite o trading online de diferentes criptomoedas. Dentro desta plataforma, podemos realizar operações de compra e venda de criptomoedas, e a troca entre criptomoedas, dinheiro ou tokens.

Neste artigo aprenderá o que são as exchanges centralizadas de criptomoedas.

O que são as exchanges centralizadas de criptomoedas?

As exchanges podem ser centralizadas (controladas por uma empresa que detém os ativos dos utilizadores) ou podem ser descentralizadas, ou seja, não são controladas por ninguém e cada utilizador pode possuir as suas próprias criptomoedas a qualquer momento.

Uma exchange centralizada é uma plataforma online que permite o trading de criptomoedas. Isto significa que pode comprar ou vender com dinheiro fiduciário (moeda de câmbio) ou cripto. Também pode ser visto como um mercado online para a rede de criptomoedas.

As trocas de criptomoedas são muito semelhantes à forma como as trocas de divisas funcionam, nas quais é possível trocar euros em dólares, por exemplo.

Mas por que são centralizadas?

Ser centralizado significa que pode confiar em outra pessoa para gerir o seu dinheiro. Neste caso, centralizado significa que existe um intermediário de confiança para gerir os bens que podem estar no mercado.

Nas exchanges centralizadas de criptomoedas, o utilizador pode conservar o seu dinheiro. Assim a moeda estará nas mãos da exchange, mas a confiança do intermediário facilita a recuperação de uma palavra-passe perdida.

Volatilidade de uma operação numa bolsa centralizada

Quanto maior for o volume de negócios, menor será a volatilidade e a manipulação do mercado que podem ocorrer nessa bolsa. Neste caso, devido ao tempo que demora a concluir as transações, o preço de uma determinada moeda pode alterar-se entre o momento em que a transação é iniciada e o tempo de conclusão. Por isso, quanto maior for o volume de trading e mais rápido for processado a transação, menor é a probabilidade de a flutuação ser um problema.

Comissões por operações

As mesmas pessoas que gerem a troca fixam as taxas que devem ser pagas na plataforma para poder negociar. Uma parte destas taxas é usada para pagar a taxa pelas transações na rede e outra parte para pagar a manutenção da plataforma, o resto é lucro.

Além disso, as exchanges geralmente estabelecem um mínimo para comprar ou trocar criptomoedas, bem como mínimos para a retirada de criptomoedas.

Benefícios das exchanges centralizadas

  • A plataforma é muito fácil de usar.
  • Permite a compra de criptomoedas com dinheiro.
  • Oferecem opções avançadas que permitem uma grande variedade de ações.
  • Alta liquidez

Exchanges centralizadas (CEX) vs descentralizadas: diferenças (DEX)

Uma exchange descentralizada é um mercado peer-to-peer que liga compradores e vendedores de criptomoedas. Ao contrário das exchanges centralizadas, as plataformas descentralizadas não são de custódia, o que significa que um utilizador tem o controlo das suas chaves privadas quando faz transações numa plataforma descentralizada.

Na ausência de uma autoridade central, as trocas descentralizadas utilizam contratos inteligentes que funcionam automaticamente em condições fixas e registam todas as transações na blockchain. Estas transações seguras e sem confiança representam um segmento em aceleração no mercado de assets digitais e estão a abrir caminho para novos produtos financeiros.

Em conclusão, podemos dizer-lhe que as exchanges centralizadas e descentralizadas diferem, porque as exchanges descentralizada de criptomoedas (DEX) eliminam o intermediário e criam um ambiente sem confiança. Neste caso, as ofertas são feitas por contratos inteligentes.

Esperamos ter compreendido o que são as exchanges centralizadas de criptomoedas e a sua importância no mercado atual.

 

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

TRON (TRX) é uma criptomoeda que visa oferecer uma plataforma rentável e altamente escalável para contratos inteligentes, DApps e armazenamento descentralizado. Neste artigo, aprenderá mais sobre esta cripto...
Genericamente, uma criptomoeda é um tipo de dinheiro – como outras moedas com as quais convivemos – com a diferença d...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments