Criptomoeda Kin - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Criptomoeda Kin

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


criptomoeda kin

Kin é a criptomoeda do serviço de mensagens Kik. Tem usos especiais dentro da plataforma de mensageiro Kik. Os utilizadores podem ganhar Kin por fazer contribuições para a comunidade Kik mais ampla e, em seguida, gastar Kin em vários bens e serviços dentro da plataforma Kik. O ICO da Kin arrecadou cerca de $ 100 milhões. A Kik tinha uma vantagem importante sobre certos concorrentes de criptomoedas, pois já tinha milhões de utilizadores ativos por meio da sua plataforma de mensagens.

Criptomoeda Kin

Kin logoA Kin foi lançado pela primeira vez em setembro de 2017 por meio de uma initial coin offer (ICO), levantando cerca de $ 100 milhões em fundos de investidores em um período de cerca de duas semanas. No seu lançamento, os fundadores da Kin descreveram o ecossistema Kin como “projetado especificamente para reunir as pessoas em uma nova economia compartilhada”, com a própria criptomoeda atuando como uma “base para um ecossistema descentralizado de serviços digitais”.

Embora a maioria das empresas que lançam a sua própria criptomoeda não tenha necessariamente uma base de utilizadores pronta, a Kik tinha uma vantagem importante aqui com milhões de utilizadores ativos por meio da sua plataforma de mensagens. Como tal, a plataforma ajudou a impulsionar a adoção do consumidor da criptomoeda Kin. A aplicação Kik pode hospedar muitos dos serviços e recursos tradicionalmente de terceiros para a moeda, incluindo a carteira Kin.

Embora a Kin tenha sido lançado oficialmente no final de 2017, ele veio na sequência de uma grande campanha experimental feita pela Kik. Por um período de quase três anos, Kik dirigiu um projeto chamado Kik Points. Isso era muito semelhante à Kin, pois oferecia aos utilizadores do Kik a hipotese de ganhar e gastar pontos dentro da própria aplicação. Nos seus níveis mais altos, os Kik Points alcançaram volumes de transações iguais a três vezes mais do que a Bitcoin. 

Kin Rewards Engine 

Talvez ainda mais notável sobre o lançamento da Kin seja a sua Kin Rewards Engine. Com isso, Kik lançou a Kin como uma recompensa diária distribuída entre as partes interessadas por um algoritmo baseado na contribuição da comunidade para o ecossistema.

Ted Livingston – CEO e fundador da Kik – sugeriu que o token Kin é uma oportunidade de distribuir valor entre os desenvolvedores. A ideia é que a Kik distribuirá valor, incentivando os desenvolvedores a “construir um ecossistema aberto e descentralizado de aplicações” na plataforma Kik.

The Kin Foundation

A Kin Foundation se concentra na governança da Kin e concentra-se no “crescimento de um ecossistema aberto de serviços digitais”. O ecossistema não se baseia em publicidade, como muitas plataformas de mídia social, mas na capacidade dos utilizadores de fornecer valor a si mesmos e uns aos outros, e que esses utilizadores sejam recompensados ​​por essa contribuição.

Além de ser uma moeda digital, o site Kin descreve o token como “diferente de outras moedas digitais porque é uma criptomoeda”. Kin é semelhante ao Bitcoin no sentido de que faz uso da blockchain pública e tem valor monetário. O fato de a Kin fazer parte de um blockchain permite que os seus desenvolvedores controlem a criação e o fluxo de tokens para evitar um aumento repentino. O suporte do blockchain também permite que um token seja garantido a longo prazo.

Futuro da Kin

Em 2019, a Kik anunciou que encerraria o seu serviço de mensagens para se concentrar na Kin. No entanto, logo após o anúncio, a empresa foi comprada pela MediaLab. O serviço de mensagens permaneceu intacto, mas isso ocorreu logo depois que a Securities and Exchange Commission (SEC) processou Kik por levantar dinheiro no seu Kin ICO sem registrar a oferta. 

Em 2020, a SEC determinou que Kik violou a lei federal de valores mobiliários ao vender Kin em 2017 e foi condenado a pagar uma multa de $ 5 milhões. No entanto, o serviço de mensagens não precisava desligar a rede Kin, nem registrar a Kin na SEC. Assim, as vendas de Kin ainda podem ocorrer.

Artigos Relacionados

O mundo das criptomoedas está ganhando cada vez mais importância na economia das pessoas graças às suas vantagens no comércio digital. Isso levou a um aumento no uso de diferentes plataformas de câmbio eletr...
O Proof-of-Work é o algoritmo baseado em blockchain que protege muitas criptomoedas, incluindo Bitcoin e Ethereum. Pr...
Proof-of-Stake (PoS) é outro mecanismo de consenso, o método pelo qual o blockchain confirma as transações e evita o ...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments