Quais produtos são cobertos pelo fundo de garantia de depósitos

quais produtos são cobertos pelo fundo de garantia de depósitos

Os depósitos são os únicos produtos segurados pelo Fundo de Garantia de Depósitos (DGF)? Devido ao seu nome é fácil pensar assim, mas a verdade é que há mais produtos financeiros que são garantidos pelo FGD, embora lhe chamemos isso porque é nos depósitos que temos uma boa parte das nossas poupanças. Quer saber que outros produtos são cobertos pelo FGD?

O Fundo de Garantia de Depósitos, o que é e qual a sua missão.

O Fundo de Garantia de Depósitos é uma pessoa jurídica de direito público, dotada de autonomia administrativa e financeira e património próprio. Os serviços administrativos e tecnológicos requeridos pela FGD são prestados pelo Banco de Portugal.

A principal missão do FGD é garantir o reembolso dos depósitos efetuados nas instituições de crédito participantes, caso não existam depósitos em nenhuma dessas entidades. O FGD pode também intervir no âmbito das medidas de resolução aplicadas às instituições de crédito nele participantes.

Quais entidades participam do FGD

As instituições que participam do FGD são:

  • Instituições de crédito sediadas em Portugal autorizadas a receber depósitos.
  • Instituições de crédito localizadas em países não membros da União Europeia, relativamente aos depósitos efectuados pelas suas sucursais em Portugal.

Atualmente, bancos, caixas econômicas e fundos mútuos agrícolas estão incluídos na lista de participantes do FGD:

 “Estas instituições de crédito podem ser dispensadas da participação no FGD se os referidos depósitos forem garantidos por sistema de garantia de depósitos no país de origem em termos que o Banco de Portugal considere equivalentes aos previstos pelo FGD, ou seja, no que diz respeito ao escopo. Cobertura e o limite da garantia, e sem prejuízo dos acordos bilaterais existentes sobre “

“Não pertencente ao Sistema Integrado de Crédito Mútuo Agropecuário.”

Como saber se nossos depósitos são garantidos pelo FGD

O FGD cobre todas as contas de depósito mantidas em instituições de crédito participantes, com algumas exceções.

As entidades participantes são obrigadas a fornecer ao público toda a informação relevante sobre o FGD, nomeadamente o âmbito da garantia prestada, suas exclusões e condições de devolução dos depósitos. Essas informações devem ser fornecidas antes da celebração do contrato de depósito e devem ser publicadas em sites estratégicos e visíveis da instituição de crédito, incluindo a publicação em suas páginas na Internet, caso o serviço seja oferecido.

É obrigação das entidades participantes informarem aos seus depositantes se os depósitos contratados são elegíveis para garantia do FGD.

  • A indicação de que seu depósito é coberto pelo FGD deve ser apresentada na “Folha de Informações Padronizadas” de seu depósito. Em caso de dúvidas, solicite ao representante de sua instituição financeira.
  • Quando um depósito é comercializado, as entidades participantes devem fornecer a ele um “Formulário de Informações do Depositante” (FID). Com todas as informações sobre a cobertura do FGD e se o seu produto contratado está coberto ou não.

São exceções à garantia de depósitos prestada pelo FGD; Contas de depósito estabelecidas em nome e por conta de:

  • Instituições de crédito,
  • Empresas de investimento,
  • Instituições financeiras,
  • Companhias de seguros e resseguros,
  • Instituições de investimento coletivo,
  • Fundos de pensões, exceto contas de depósito de fundos de pensões de médias e pequenas empresas.
  • Entidades administrativas do setor público nacional e estrangeiro (exceto contas de depósito do governo local com um orçamento anual de € 500.000 ou menos).
  • Organizações supranacionais ou internacionais.
  • Contas de depósito decorrentes de operações para as quais foi emitida uma sentença criminal.
  • Contas de depósito cujo titular não tenha sido identificado nos termos do artigo 8.º da Lei 25/2008, de 5 de Junho, mediante apresentação dos elementos previstos no artigo 7.º da referida lei, na data em que os depósitos não se encontram disponíveis.
  • Contas de depósito de pessoas físicas e jurídicas que, nos dois anos anteriores à data em que os depósitos não se encontram disponíveis, ou em que tenha sido adotada medida de resolução, tenham participado, direta ou indiretamente, igual ou superior a 2% do capital. da instituição de crédito ou tenham sido membros dos órgãos de administração da instituição de crédito, a menos que se prove que não foram, por ação ou omissão, a origem das dificuldades financeiras.

Quais valores o FGD garante?

O Fundo de Garantia de Depósitos garante o reembolso total dos saldos de caixa de cada depósito até ao máximo de 100.000 euros, por instituição de crédito participante.

Os seguintes depósitos serão garantidos na totalidade, e possivelmente além do limite de EUR 100.000, por um período de um ano a partir da data em que o valor foi creditado na conta de depósito relevante:

  • Depósitos derivados de transações imobiliárias relacionadas com residências urbanas privadas;
  • Depósitos para fins sociais, que podem ser determinados em diploma próprio;
  • Depósitos cujo valor resulte do pagamento de taxas de seguro ou de indemnização por danos resultantes da prática de crime ou condenação ilícita.

Reembolso em dinheiro, como funciona

Assim que o caso for necessário, o FGD disponibilizará o reembolso ou devolução o mais rápido possível. Sem a necessidade de qualquer depositante apresentar um pedido, e pelos meios que na situação atual sejam mais convenientes (com especial destaque para o reembolso por transferência bancária).

O FGD tem o prazo máximo de 15 dias úteis, contados da data da indisponibilidade dos depósitos, para reembolsar os depositantes cobertos pela garantia. Porém, com o intuito de otimizar seus métodos de retorno e torná-los mais ágeis, o FGD tem sucessivamente encurtado os prazos máximos de retorno dos depósitos, conforme segue:

  • 15 dias úteis (a partir da data de indisponibilidade dos depósitos), até 31 de dezembro de 2020;
  • 10 dias úteis (a partir da data em que os depósitos não estiverem disponíveis), de 1º de janeiro de 2021 a 31 de dezembro de 2023;
  • 7 dias úteis (a partir da data em que os depósitos não estiverem disponíveis), a partir de 1 de janeiro de 2024.

Sistema de reclamação de reembolso online

Para aumentar a capacidade operacional do FGD, no caso de enfrentar possíveis eventos de devolução de depósitos, desde o início de 2018, o FGD possui um sistema de informações projetado especificamente para essas operações – RED.

Caso o FGD seja acionado, os depositantes terão um aplicativo acessível pela Internet onde, após o credenciamento, poderão consultar informações sobre seus depósitos e interagir com o FGD, inclusive para indicar uma conta em banco caso desejem que o valor seja repassado que irá reembolsar o FGD.

Caso os depositantes não tenham acesso à Internet, o FGD entrará em contato com o depositante com base nas informações fornecidas pelas instituições de crédito participantes cujos depósitos são considerados indisponíveis, para proceder ao reembolso do depósito. O instrumento de pagamento no processo de reembolso, preferencialmente, será a transferência a crédito, pela sua natureza fiável e auditável, não estando contudo excluídos os outros meios de pagamento.

Hoje, se decidir contratar um dos produtos de alguma instituição de crédito, certifique-se de que primeiro é uma entidade participante no FGD e que o produto contratado está coberto pelo Fundo de Garantia, não hesite e solicite sempre a informação adequada, lembre-se de que o FGD não apenas garante o dinheiro em sua conta, mas você também deve cuidar dele. Para mais dúvidas sobre o assunto, acesse o site oficial do “Fundo de Garantia de Depósitos” ou o App do seu banco.

Sobre o autor

Lucía Sánchez

Responder a este tópico

Bem-vindo(a) à comunidade!

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Ao continuar, aceita a política de privacidade