Alavancagem financeira e operacional: qual a diferença?

alavancagem financeira e operacional

Alavancagem é um aumento dos lucros e da rentabilidade financeira superior ao que seria de esperar. O aumento da alavancagem também aumenta os riscos da operação, isto implica uma menor flexibilidade ou maior exposição à insolvência ou à incapacidade de efetuar pagamentos.

Tipos de alavancagem

Alavancagem financeira

Surge quando um investimento é financiado através do endividamento. Se o retorno obtido com o investimento for superior à despesa financeira do endividamento, a rentabilidade melhorará, e o efeito de alavancagem será positivo.

A alavancagem financeira permite obter um maior retorno, mas também implica um maior risco. A taxa de juro pode ser negativa quando se trata de obter lucros, em caso de que se tenha endividado. Quanto maior for o nível de endividamento, maior será o risco de insolvência.

Podemos utilizar a alavancgem financeira para realizar transações de derivados. Quando negociamos derivados financeiros, o corretor (e/ou câmara de compensação) só exigirá uma pequena parte do valor nominal do contrato. Esse rácio será a taxa de alavancagem (1:10 significa que para cada 10€ que investimos, o Corretor só exigirá ter 1€ na conta).

Por exemplo, podemos negociar X contratos petrolíferos no valor de 2,000€ com uma pequena quantidade de garantias exigidas pelo Corretor na conta. Esta garantia pode ser de 10% ou “1:10” (200 euros), 5% “1:20” (100 euros)… Em função das características do Corretor e do ativo.

O efeito de alavancagem permite obter um maior rendimento, mas também aumenta o risco já que a variação na nossa conta (se for de 200 ou 100 euros) depende do valor nominal do contrato (os 2.000 euros).

“ O que temos que ter claro é que o efeito de alavancagem, ou seja, o número de vezes que são multiplicadas a nossa garantia, seja 1:10, 1:20… significa que se o derivado que contratámos varia 1%, a nossa conta variará em função do efeito de alavancagem, se for 1:10 na nossa conta haverá uma variação de 10%, se for 1:20 a variação será de 20%…

Alavancagem operacional

Surge quando existem custos operacionais fixos na empresa que não estão relacionados com a sua actividade. O seu efeito é que quando há um aumento nas vendas, os custos variáveis também aumentam, mas os custos fixos permanecem inalterados, o que faz que o crescimento dos rendimentos seja superior ao crescimento dos custos, e assim o efeito de alavancagem operacional faz que o lucro aumente mais do que de outra forma.

O objetivo da alvancagem operacional é observar o efeito “alavancagem” no resultado da empresa através dos custos operacionais fixos, e para calcular isto, é utilizado o rácio da percentagem de crescimento do lucro entre a percentagem de crescimento das vendas.

Grau de alavancagem operacional (GAO)

Quando ocorrem variações no volume de vendas, podemos esperar uma mudança mais que proporcional na utilidade ou perdas em operações. O GAO ou Degree of Operative Leverage serve para medir a elasticidade dessa utilidade ante variações nas vendas ou na produção.

+1

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *