Indicador Acumulação-Distribuição - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Indicador Acumulação-Distribuição

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Indicador Acumulação-Distribuição

O indicador de Acumulação-Distribuição (Accumulation Distribution Line) nos indica se os preços de fechamento se aproximam ao máximo ou mínimo para a sessão. Quando o indicador aumenta, indica que o encerramento da sessão está a aproximar-se dos máximos, e por isso está a ter lugar uma acumulação. Se o indicador  cair, indica que o encerramento da sessão está a aproximar-se dos mínimos e então se produz distribuição dos títulos.

Indicador Acumulação-Distribuição

O indicador de Acumulação-Distribuição é mais fiável se for acompanhado do volume de negociação. Se os preços aumentarem ou diminuem à medida que o volume aumenta, o indicador  será mais fiável.

Quando os preços são acompanhados na mesma direção pelo indicador de Acumulação-Distribuição, o indicador é mais fiável, e a tendência dos preços continuará enquanto o indicador não alterar a sua tendência.

Indicador Acumulação-Distribuiçãoo

Interpretação do indicador

O indicador de Acumulação-Distribuição soma parte do volume dessa sessão se o fechamento for maior que a abertura, e subtrai o volume quando o fecho for menor que a abertura. O volume é acumulado e o resultado é o indicador de Acumulação-Distribuição.

O volume somado depende da diferença entre o máximo e o mínimo da sessão e da diferença entre a abertura e o encerramento da sessão. Quanto maior for a diferença em ambos os casos, maior será a quantidade de volume adicionado ou subtraído no caso de a diferença ser negativa (em baixa).

Ao mesmo tempo, podemos encontrar divergências na Acumulação-Distribuição, que nos indicaria uma mudança de tendência na cotação.

divergência na Acumulação-Distribuição

No exemplo do indicador Acumulação-Distribuição  exposto, podemos ver que a tendência é baixista, mas como se gera uma divergência aproveitando um rebote na cotação, o que nos leva a pensar que a tendência de curto prazo (a do rebote) pode reverter e seguir a tendência baixista anterior, como de fato acontece.

Se a cotação cair enquanto a Acumulação-Distribuição sobe a criar uma divergência altista, podemos pensar que se estão comprando pacotes de ações importantes de forma gradual, o que nos leva a pensar que  grandes investidores estão a comprar porque esperam uma mudança na tendência em breve.

Artigos Relacionados

TRI: Como calcular a Taxa de Retorno Imediato? Estudar a Taxa de Retorno é muito importante e certamente estará ciente da taxa de retorno no vencimento. O que pode dizer-me sobre a Taxa de Retorno Imediato? ...
A Coupon stripping é a separação dos pagamentos periódicos de juros sobre um título direto da sua obrigação de reembo...
A economia pode parecer enfadonha, apesar disso, no meu primeiro artigo dou motivos suficientes para dedicar tempo a ...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments