Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

O que é o modelo Canvas e como aplicá-lo ao seu negócio?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Aquando da criação de uma empresa, é perentório pensar logo na viabilidade da mesma, no nicho de mercado que pretendemos atingir, ou seja, pensarmos numa estratégia e plano de negócios e é aqui que entra o chamado Modelo Canvas. Saiba neste artigo o que é e como aplicá-lo à sua empresa.

O modelo Canvas e as suas vantagens

Este modelo foi desenvolvido em 2011 e consiste numa ferramenta que serve para definir e criar modelos de negócios inovadores, tendo por base quatro áreas essenciais: clientes; oferta; infraestrutura e viabilidade económica.

Para este último ponto é necessário criar um quadro e dividi-lo em 9 blocos, blocos esses que que serão preenchidos com as características que pretende para a sua empresa.

Vamos, então, ao preenchimento destes 9 blocos:

BLOCO 1 – segmento de mercado

Aqui, deverá definir quem são os seus clientes. Dependendo do tipo de negócio que está a criar, este será dirigido a públicos distintos e é extremamente importante definir, de início, que público pretende alcançar.

BLOCO 2 – proposta de valor

É necessário encontrar o que o diferencia das empresas concorrentes, o que vai levar os clientes a escolherem o seu produto e não o da concorrência. Os aspetos a ter e conta são as vantagens de custo, as vantagens de diferencial de produto ou as vantagens de transação, ou seja, a forma como os seus clientes poderão comprar o seu produto.

BLOCO 3 – canal

De que forma poderão os seus clientes comprar o seu produto? Há que definir, desde início, a forma como vai distribuí-lo.

BLOCO 4 – relação com o cliente

É igualmente importante pensar que tratamento disponibilizará aos seus clientes. Vai ser personalizado e exclusivo? Basear-se-á num contacto direto ou automatizado? Não se esqueça que o relacionamento com os seus clientes deverá ir de encontro à mensagem da sua marca e produto.

BLOCO 5 – fontes de receita

Mais importante do que definir qua o melhor preço para o seu produto, é ter a perceção real de quanto os clientes estão dispostos a pagar pelo seu produto. Assim, a sua fonte de receitas tem que permitir que a sua empresa seja lucrativa, mas sempre indo de encontro ao que o consumidor pede.

BLOCO 6 – recursos principais

Para que o seu modelo de negócios funcione e seja lucrativo, não pode descurar dos recursos físicos e intelectuais, nem nos recursos humanos e financeiros.

BLOCO 7 – atividades-chave

As atividades-chave consistem em tudo aquilo que é necessário à realização da sua proposta de valor, nomeadamente produção, solução de problemas, plataforma, entre outros.

BLOCO 8 – parcerias

É importante saber quais serão as suas alianças estratégicas para obter ainda mais recursos.

BLOCO 9 – estruturas de custo

Deverá decidir de que forma pretende concentrar os seus custos entre duas formas distintas: reduzindo o custo de produção e automatizar a mesma, ou tendo e conta a geração de valor para o consumidor.

Como criar o meu próprio modelo Canvas?

Este modelo foi concebido para que os empresários consigam discutir, de forma saudável, qual o melhor modelo de negócio para a sua empresa e como atingir os objetivos a que se propõem. Se quês experimentar o preenchimento destes 9 blocos, saiba que pode usar uma aplicação para criar o seu modelo Canvas. Basta descarregar a app Real Time Board do Google Drive e terá, de imediato, o modelo na nuvem e, assim, poderá ir editando o seu plano em qualquer lugar. A aplicação é gratuita.

Nenhum negócio é estático. Consoante o tempo passa, poderá haver a necessidade de adaptar o seu modelo Canvas e os 9 blocos. Além disso, com certeza o seu negócio irá crescer e sentirá a necessidade de reforçar alguns dos pontos aqui explanados. Por isso mesmo, recomendamos que consulte o seu modelo Canvas de tempos a tempos, com o propósito de o tornar cada vez melhor.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments