XTB: Market update de 08 de Maio de 2018

Por Carla Maia Santos

Outlook 

As bolsas negoceiam na linha de água.

Foi divulgada a Balança Comercial Chinesa e as exportações aumentaram mais do que as importações o que é positivo para a economia nacional, mas o ponto mais importante é que as exportações para os EUA aumentaram e como se sabe este é um assunto que o presidente Trump se debate fortemente, no seio da guerra comercial. Estes dados podem reacender um discurso ou mesmo sanções mais severas aplicadas à China.
Falando em guerra comercial, hoje Donald Trump vai dizer, às 19h, se realmente avança com sanções ao Irão. Se assim for poderemos ver o preço do petróleo a disparar em alta. Uma das empresas portuguesas que pode ganhar com as sanções ao Irão é a Galp, que testa já os máximos deste ano, podendo romper em alta com o anúncio de queda internacional da oferta de petróleo.
O S&P500 tem reagido sempre em alta no suporte formado pela média móvel dos 200 dias. Os dados positivos da economia norte-americana e os bons dados empresariais têm suportado este movimento.
Também o índice alemão tem seguido uma escalada em alta, conseguindo recuperar todas as perdas do ano. No entanto, a nível técnico encontra-se em níveis de sobre-compra. A ajudar este movimento de alta, tem estado a desvalorização do euro face ao dólar pois torna as exportações europeias mais apelativas.
O BCP apresentou resultados positivos, face ao ano passado, levando a empresa a cotar no verde. Mas a leitura dos resultados face ao trimestre anterior não é assim tão favorável podendo não levar a um movimento continuado no tempo de alta. O BCP encontra uma linha de tendência superior a criar uma resistência à subida da cotação nos €0.29 e só a quebra em alta deste limite pode levar à inversão da tendência.

Mercado Asiático 

Depois de alguns dias mais negativos, o mercado asiático fechou em alta, com os principais índices a terem desempenhos positivos, tendo apenas o australiano fechado em baixa, isto num dia em que, por um lado, foi algo agitado pela publicação de diversos dados económicos da China, Nova Zelândia e Austrália, mas por outro, manteve-se uma grande expectativa em relação à decisão de Donald Trump.

Os principais destaques no dia de hoje vão para o mercado Chinês, que fechou em alta impulsionado pelo superavit da balança comercial para o mês de Abril de 28.8 Biliões de dólares, superando as previsões feitas (24.7 Biliões USD) e melhorando bastante em relação ao período anterior (défice 4.98 Biliões USD), e para o mercado australiano, que foi o único a fechar em baixa, com as suas vendas a retalho no mês de Março e no primeiro trimestre de 2018 a decrescerem face aos períodos anteriores e a ficarem abaixo dos resultados esperados.

Ações

Comcast (CMCSA.US) – este grupo norte-americano que possui uma vasta cadeia de canais televisivos nos EUA prepara-se para realizar uma oferta de aquisição rival ao acordo Disney-Fox, tendo já reunido capital de vários bancos para esse efeito. A proposta ultrapassa a outra em 4 mil milhões de dólares, tornando interessantes entradas compradoras na Comcast, cuja cotação rejeitou agora uma zona de suporte que representa um mínimo dos últimos 2 anos. Com target nos 35 dólares, estes dias tem apresentado bons pontos de compra.

OIL.WTI – 1D

A decisão do presidente Donald Trump de sair do acordo nuclear com o Irão pode fazer oscilações no preço do crude, sendo que a médio prazo vimos uma oportunidade do preço atingir os 61.8 de fibonacciuma vez que as ultimas velas mostram uma forte força compradora.

Aconselhamos posições longas com Stop loss nos 66.95 e Take profit nos 77.

chart (9)-1

KOSP 200 W1

Se olharmos para os maiores índices mundiais, vemos que todos eles se mostram com uma subida bastante saturada, o que pode significar que uma correcção está iminente. Com o discurso hoje de Trump, poderemos ver alguma volatilidade para iniciar essa correcção. Olhando para o Kosp200, o índice sul-coreano, vemos que está a desenvolver um Head & Shoulders, um padrão de inversão, que deverá reverter a recente subida.

Assim, a ideia será shortar KOSP200 com stop nos 325.4 e take profit nos 284.6

Kosp200

Departamento de Research XTB

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nesta newsletter. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.
0

    Sobre o autor

    Rankia

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *