XTB – Market update de 31 de Janeiro de 2018

market update xtb

João Tenente, gestor da corretora XTB 

Sessão Europeia

Depois das fortes correções do início da semana, os índices parecem estar a dar os primeiros sinais de inversão. Contudo, apenas com os dados do emprego nos EUA, que serão divulgados na sexta-feira, poderemos perceber a tendência de médio prazo. Os investidores aguardam pelos números do NFP, o que se reflete nos índices com uma baixa liquidez. Depois das desvalorizações, assistimos agora uma fase de maior consolidação, esperando-se que o mercado permaneça assim até sexta.

O PSI20 acompanha as valorizações dos principais índices, apresentando ligeiros movimentos em alta, depois das quedas do início da semana. O dia de ontem foi extremamente negativo para a praça portuguesa, com praticamente todas as cotadas em sentido negativo. Hoje seguimos com uma ligeira correção, que está a ser aproveitada pelo setor bancário, Semapa e Altri. Em sentido inverso temos apenas Ibersol, Sonae SGPS e Pharol. Atenção também ao setor energético e principalmente à Galp que poderá apresentar uma queda mais forte, devido à sua correlação com o petróleo que tem uma desvalorização prevista nos próximos dias.

Ações

Amazon (AMZN.US) / Berkshire (BRKB.US) / JP Morgan (JPM.US) – Estas três empresas preponderantes nos diferentes setores em que operam acordaram numa joint-venture que pretende a redução de custos relacionados com a saúde, através de sinergias entre as três, criando uma organização sem fins lucrativos com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos seus colaboradores. A nova organização aumenta a responsabilidade social destas três entidades e a cotação da Amazon está com boas perspetivas de continuar a valorização sentida recentemente, tornando interessantes entradas compradoras no ativo com target nos 1450 dólares.

Cryptomoedas – Nova análise semanal!  Por Tiago da Costa Cardoso, analista de mercados da corretora XTB

Bitcoin – ainda a negociar acima do suporte 

Esta semana continuamos a assistir a imenso FUD (fear uncertanty doubt) no mercado das Cryptomoedas, agora com as notícias de que a CFTC enviou intimações à Bitfinex e à Tether, o que aumentou as preocupações em relação à confiança nesta moeda. Aumenta assim, ainda mais a pressão ao preço da Bitcoin. Também a pressionar está o grande volume de ICOs esta semana, onde se prevê que sejam angariados cerca de dois mil milhões de USD de financiamento, o que leva a uma maior procura por Ethereum em detrimento de Bitcoin. Tecnicamente, estamos neste momento num grande suporte técnico onde será possível iniciar uma posição compradora. Assim, a ideia será comprar BITCOIN com stop nos 9276.77 e take profit nos 11461.30.

bitcoin.jpg

Forex: GBPJPY dispara e deixa os baixistas pendurados no suporte

Esta quarta, assistimos a uma inversão na movimentação do GBPJPY. O fim de semana foi fértil em contestação a Theresa May e os dois primeiros dias da semana serviram para arrefecer o entusiasmo em torno da libra, depois do rally da última semana. No entanto, ontem, a libra voltou a ganhar força e destacamos o GBPJPY que registou uma vela de inversão no suporte de médio prazo, enquanto quebrou em alta a estrutura. Nesta zona, deveremos assistir  a novo ataque aos máximos do ano.

GBPJPY.Daily.png


Índices: 
US100 – Longo na tendência

Os últimos dias foram de correções para os índices norte americanos. A tomada de lucros por parte dos investidores provocou as normais correções técnicas, que servem de base para novos movimentos expansivos. O índice NASDAQ Composit segue a sua forte tendência ascendente de longo prazo, à semelhança dos restantes índices americanos. A correção baixista ao suporte ascendente, coincidente com o teste à banda inferior de bollinger mostra a grande oportunidade de entradas compradoras a uma cotação bem convidativa. 
US100_09_56 31_01.png

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nesta newsletter. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

0

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *