Banco Best: Fundos mais comprados Janeiro 2018 - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Banco Best: Fundos mais comprados Janeiro 2018

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


fundos banco best

Fundos mais comprados

Os 10 fundos mais comprados no Banco Best foram os seguintes:

fundos banco best

Há muitos meses que não registávamos um TOP de subscrições com tão poucos fundos de investimento sobre ações, ainda que estes se mantenham em maioria. De facto, este mês temos no TOP 2 fundos de obrigações e 2 de multi-ativos.

Começando pelos fundos de obrigações, a preferência dos nossos clientes mantêm-se em estratégias flexíveis quando pensam em investir em obrigações. Quer a estratégia Income gerida pela PIMCO quer a estratégia Global Total Return gerida pela Franklin Templeton, são duas estratégias que podem investir em qualquer segmento de dívida ou crédito de forma a conseguirem proporcionar retornos positivos em qualquer ciclo de mercado.

Quanto aos fundos multi-ativos, registamos a manutenção nas escolhas do fundo gerido pelas boutiques Acatis e Gané, a primeira a gerir uma componente de investimento em ações e obrigações de empresas mais “Value” e a segunda a tomar conta dos investimentos em empresas que estejam a passar por um qualquer tipo de evento (“Event”). De registar também o regresso ao TOP de preferências dos investidores da estratégia Stable Return gerida pela Nordea, que foi um “best seller” em anos passados.

Quanto aos fundos de ações, a preferência dos investidores foi para regiões ou temas / setores bem específicos. Temática ou setorialmente vemos procura no setor da saúde com o World Healthscience gerido pela BlackRock, pela tecnologia com o Technology e ainda os recursos naturais com o Natural Resources, geridos ambos pela Franklin Templeton.

Quanto aos fundos que investem de forma regional, verificámos procura pela Europa, China e Japão, tendo os Estados Unidos ficado de fora do TOP deste mês. Na Europa as subscrições concentraram-se no fundo gerido pela MFS que privilegia empresas mais estáveis e com avaliações “Value”, o MFS European Value. No caso das empresas japonesas, as subscrições foram realizadas no fundo Japan Flexible Equity gerido pela BlackRock, fundo este que tem uma gestão flexível na escolha do tipo de empresas e capitalização a investir. Por último, no caso das empresas chinesas, a preferência foi pelo Greater China Equity gerido pela Invesco.

Fundos mais vendidos

Ao mesmo tempo que vemos investidores a entrar nos mercados de ações, verificámos este mês alguns resgates também nestes mercados, provavelmente alguns investidores a aproveitarem para realizar mais valias depois das subidas verificadas no mês de janeiro.

 

Artigos Relacionados

Conteúdo produzido por PictetAM O fair value é um importante indicador de mercado, que visa dar objetividade a um ativo. É assim que funciona. “Fair value” significa literalmente “valor justo”. É um indicado...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments