Walter Schloss: conheça sua estratégia de investimentos - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Walter Schloss: conheça sua estratégia de investimentos

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Walter Schloss

Apesar de não ser tão conhecido como outros investidores, Walter Schloss ganhou reputação como um dos melhores investidores da história.

Quem é Walter Schloss

Tal como Buffett, Schloss foi aluno de Benjamin Graham e é um dos “Super Investidores” mencionados por Warren Buffett no seu famoso ensaio The Super Investors of Graham-And-Doddsville:

“Ele tinha um histórico  de investimentos, mas, mais importante ainda, deu um exemplo de integridade na gestão de investimentos. Walter nunca cobrou aos seus investidores, a menos que eles próprios ganhassem muito dinheiro. Não cobrou quaisquer taxas fixas e simplesmente partilhou os seus lucros. O seu sentido de dever fiduciário era igual ao de suas habilidades de investimento”

Walter Schloss nasceu em Agosto de 1916 e morreu em Fevereiro de 2012 com a idade de 95 anos. Embora seja difícil de acreditar, Schloss nunca frequentou a faculdade e, aos 18 anos, começou a trabalhar como corretor de Wall Street na Carl M. Loeb & Co.

Um sócio da empresa, viu potencial no jovem Schloss e recomendou-lhe que lesse Security Analysis de Graham (publicado no ano anterior). Posteriormente, a empresa continuou a apostar nele, expandindo a sua formação e conhecimentos, pagando-lhe cursos ministrados por Graham no New York Stock Exchange Institute.

Finalmente, Schloss acabou por trabalhar na Graham-Newton e conheceu lá o próprio Warren Buffett.

Em 1955, Schloss lançou o seu próprio fundo de investimento, gerindo-o até 2000, período durante o qual obteve um rendimento anual de 15,3%, enquanto que o S&P500 obteve 10%.

Schloss deixou de gerir activamente o dinheiro de outras pessoas em 2003, para prosseguir causas caritativas e tornar-se tesoureiro da Freedom House, um grupo sem fins lucrativos dedicado à promoção da democracia e dos direitos humanos.

Filosofia de Investimento: Walter Schloss

Em seguida, veremos regras de investimento (baseadas no artigo, Factors needed to make money in the stock Marker) que converteram Walter Schloss numa lenda da Value Investing.

1.O preço é o fator mais importante para usar em relação ao valor

Como investidor de value, o que mais lhe interessava era encontrar uma empresa de valor ao preço certo, quanto mais pagasse abaixo do valor intrínseco maior era a margem de segurança e melhor o retorno do seu investimento.

Para além de todos os indicadores que são estabelecidos para analisar uma empresa, o preço deve ser decisivo, já que dessa forma nos protegemos de riscos que não tivemos em conta e geramos um maior benefício para o nosso investimento.

2. Intentar estabelecer o valor intrínseco da empresa. Lembre-se de que uma ação representa uma parte do negócio e não apenas um pedaço de papel

Não convém nunca esquecer que uma ação não é um simples papel, é uma parte do negócio.

Por essa razão calcula-se qual é o rácio de ganhos por ação, para ter uma ideia do que obtemos como proprietários e tendo em conta que, se for bem reinvestido, nos recompensará com um aumento de valor.

3. Use o valor contabilístico como um ponto de partida para definir o valor da empresa. Certifique-secde que a dívida não é igual a 100% dos ativo.

Comprava o que Warren Buffett costuma denominar Cigar-butt, empresas que têm uma vida curta mas a um preço apropriado podem proporcionar benefícios suculentos. Concentrou-se em encontrar aquelas que tinham um valor contabilístico muito abaixo da sua cotação, para que, quando o mercado os reconhecesse, tivessem lucro.

Ele estava interessado em alguns aspectos tais como: uma administração honesta e não ter demasiadas dívidas que a longo prazo pudesse ser um problema para que o preço e o valor convergissem a seu favor.

4. Seja paciente. Os ações não sobem imediatamente.

A paciência é uma qualidade essencial para quem quer investir com um horizonte de longo prazo, é onde mais se tem de trabalhar, e se tiver as coisas claras, só tem de esperar que o mercado acabe dando razão ao investidor inteligente.

5. Não compre por dicas ou buscando um lucro rápido. Deixe os profissionais fazerem isso, se eles podem. Não venda por causa de má notícia.

Os rumores costumam ser maus conselheiros. O que realmente importa no final é o que sabemos e não o que pode ou não acontecer, se não tiver demostrado o seu valor antes nada nos garante que o vá fazer.

Não só na altura da compra, mas também na altura da venda é importante fazer um bom estudo da situação, é aconselhável desinvestir quando as condições mudaram e não por uma notícia que pode não significar nada a longo prazo.

6. Não tenha medo de ser um solitário, mas certifique-se de que o seu julgamento está correcto. Nunca poderá estar 100% certo, mas tente procurar fraquezas no seu pensamento.

É preciso ter confiança e força para resistir e ir contra a corrente numa só posição. Se tivermos avaliado correctamente os riscos e a avaliação da empresa, muitas das vezes estaremos perante um pequeno contratempo que, ao  resolver-se, nos dará razão

7. Tenha coragem nas suas convicções depois de ter tomado a decisão.

Uma vez tomada a decisão e após um exame exaustivo da empresa, devemos confiar no nosso julgamento juízo. É por isso que é importante assegurar uma análise aprofundada, pois, perante o mínimo de dúvidas, poderemos justificar a nossa reação.

8. Ter uma filosofia de investimento e tentar segui-la.

Uma pessoa que muda de ideias todos os dias não é muito credível e não cria  confiança, e um investidor que segue tendências também não o fará. Quando falamos de investimentos a longo prazo, precisamos de seguir um plano e ter paciência para determinar se a estratégia funciona ou não.

9. Não se apresse a vender. Se a ação atinge um preço que considere justo, então pode vender. Muitas vezes as pessoas vendem porque as ações subiram 50%, o que reduz os seus lucros. Antes de vender, reavalie a empresa e veja a que preço é vendida em relação com o seu valor contabilístico. Estar atento ao nível do mercado. Será que o seu desempenho é inferior e o P/E elevado? As pessoas estão demasiado optimistas?

Não se pode estar demasiado ansioso na hora de vender só porque a ação cota uma percentagem acima do que compramos. Temos de fazer uma análise exaustiva, tal como fizemos na altura das compras, para verificar que o que nos levou a fazê-lo, num primeiro momento, mudou. Caso contrário, não há razão para vender, o que nos daria um rendimento inferior ao que poderíamos esperar.

10. Quando se compra ações, acho útil comprar perto dos mínimos dos últimos anos. Um stock pode ir até 125U$ e depois cair para 60U$ e pensar que é atractivo. Três anos antes a ação vendia-se por 20 dólares, o que indicava alguma vulnerabilidade no mesmo.

O que é realmente importante, como mencionado acima, é ter uma boa margem de segurança e analisar os dados históricos da empresa antes de executar a compra.

11. Tentar comprar ativos com desconto e não comprar benefícios. Os benefícios podem mudar drasticamente num curto período de tempo. Os ativos  mudam normalmente lentamente. Deve conhecer muito melhor a empresa se quiser comprar benefícios.

Se não podemos conhecer todas as facetas de um negócio, é melhor ter algum tipo de segurança que nos proteja contra possíveis aventualidades. No entanto, é preciso ter sempre em conta que tipo de ativos estamos a valiar e a que preço, ou seja, procurar a razão desses ativos e se eles podem ser mantidos ao longo do tempo.

12. Ouça as recomendações das pessoas que respeita. Isto não significa que deva aceitá-las. Lembre-se que é sobre o seu dinheiro e normalmente é mais difícil mante-lo do que ganhá-lo.

É uma boa prática questionar o que se lê ou ouve. Desta forma, se continuarmos convencidos de que é a melhor coisa a fazer, teremos uma maior evidência e o teremos interiorizado, caso contrário não aprenderíamos algo que nos pode ser prejudicial.

13. Tente não deixar que as suas emoções afectem o seu julgamento. Medo e ganância são provavelmente as piores emoções quando se trata de comprar e vender ações

O melhor é comprar pensando, como diz Buffett, como se o mercado fechasse durante cinco anos. Dessa forma, não nos preocuparíamos com o preço e com todas as possíveis ameaças que possam ter sido evitadas.

A ganância, é outro mau conselheiro se queremos vencer o mercado, talvez seja por isso que apenas 5% conseguem vencê-lo.

14. Lembre-se de fazer que a taxa de juro composto funcione a seu favor. Por exemplo, se ganhar 12% ao ano e reinvestir tudo, duplicará o seu capital em 6 anos (excluindo impostos). Lembre-se da regra de 72, divida o seu regresso por 72 e verá o número de anos de que necessitará para duplicar o seu dinheiro.

A regra de 72 diz-nos que, obtendo 12% por ano, precisaríamos de 6 anos para duplicar o nosso capital (72 / 12 = 6).

É por isso que é tão importante alocar correctamente os nossos recursos, já que dessa forma não teríamos de pagar impostos quando cobramos os nossos lucros.

15. Tenha cuidado com a alavancagem, ela pode ir contra si.

Uma pessoa que pede emprestado para poder investir numa empresa, corre o risco de o mercado se aperceber de quão boa é essa empresa antes de ser forçada a assumir as suas obrigações, tendo de desinvestir para a cumprir, perdendo dinheiro no processo além do potencial aumento.

Livros

Walter Schloss não escreveu nenhum livro, mas como discípulo fiel de Graham e companheiro de Buffett acreditamos que qualquer dos livros que discutimos sobre estes dois génios reflectiria perfeitamente os seus ideais.

Citações

Quando se trata de investir, antes de mais nada, a minha sugestão é compreender os seus pontos fortes e fracos e a partir daí desenvolver uma estratégia simples para poder dormir à noite.

Um dos truques deste negócio é minimizar as perdas

É preciso ter confiança no que se está a fazer

 

Artigos Relacionados

Conteúdo produzido por PictetAM O fair value é um importante indicador de mercado, que visa dar objetividade a um ativo. É assim que funciona. “Fair value” significa literalmente “valor justo”. É um indicado...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments