Invest Call: Espanha

Em Novembro, a produção industrial em Espanha subiu 4,2%, em termos homólogos, batendo, assim, as estimativas dos analistas de uma subida de 3,1%. A confirmar o bom momento da indústria espanhola está, também, a revisão em alta do valor de Outubro que passou de 4,1% para 4,4%.

Apesar da tensão política na Catalunha, a economia espanhola continua a demonstrar sinais de vitalidade e crescimento que estão expressos no último relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) de Novembro. Esta instituição internacional estima que a procura interna manter-se-á robusta, ainda que a crescer menos que este ano, enquanto as exportações continuarão a crescer acima de 4%, fazendo com o PIB espanhol cresça 3,1% em 2017, 2,3% em 2018 e 2,1% em 2019. Em relação à tensão política na Catalunha, a manter-se por muito tempo, a OCDE defende que a situação poderá diminuir a confiança de consumidores e empresários, e conduzir a uma queda, maior do que o projectado, da procura interna.

Mercado Accionista

Actualmente, o índice IBEX-35 transaciona com um Price-to-Earnings, para os resultados de 2018, de 13,6x, valor abaixo do verificado pelos índices Stoxx-600 (15,4x) e S&P-500 (18,4x).

A boa performance do sector industrial espanhol tenderá a contribuir para o crescimento de resultados deste índice, visto que o sector pesa cerca de 16,3% do mesmo.

O Fundo Invest Ibéria terminou o ano de 2017 com 23,3%, a melhor performance entre os fundos comparáveis.

Sobre o autor

btrader@bancoinvest.pt

    Bancos que não cobram comissões em Portugal

    Bancos que não cobram comissões em Portugal

    Por norma, para ter uma conta aberta no banco, é necessário lidar com comissões de manutenção de conta e anuidades que acabam por afetar as poupanças. É possível, no entanto, ter conta no ba...