O Sistema Dupont para a análise da rentabilidade

sistema dupont

sistema Dupont é um índice financeiro muito útil, um dos mais importantes para a análise do desempenho económico de uma empresa. Combina os principais indicadores financeiros com o objetivo de determinar o nível de eficiência da empresa. Neste artigo, saberemos o que é o sistema Dupont, para que serve e também veremos um exemplo de como usá-lo para a análise da rentabilidade da empresa.

O que é o sistema Dupont e para que serve?

sistema Dupont é uma técnica que pode ser usada para analisar a rentabilidade de uma empresa que utiliza ferramentas tradicionais de gestão de desempenho, económicas e operacionais.

O modelo de sistema Dupont foi criado pelo engenheiro elétrico F. Donaldson Brown em 1914, que foi integrado ao departamento de tesouraria de uma grande empresa química.

Esse sistema combina a demonstração de resultados e o saldo da empresa em duas medidas de rentabilidade: retorno sobre ativos (ROA) e retorno sobre Capital próprio/Património Liquido (ROE) . 

A principal vantagem do sistema Dupont é que ele permite que a empresa divida o seu retorno sobre o capital em diferentes componentes, para que os acionistas possam analisar o desempenho total da empresa de várias dimensões. Dessa forma, e comparando com a média ou com outras empresas do setor, é possível descobrir onde a empresa está com problemas.

Elementos do sistema Dupont

sistema Dupont reúne os elementos responsáveis ​​pelo crescimento económico de uma empresa para determinar o nível de eficiência que a empresa está usando para os seus ativos, a sua rotação dos ativos e a alavancagem financeira, usando um diagrama de fórmula como o seguinte:

Assim, podemos reunir os elementos do sistema Dupont em três variáveis:

  • Margem de lucro líquido : existem produtos que não apresentam grande rotatividade, ou seja, são vendidos em períodos muito amplos. As empresas que vendem apenas esses tipos de produtos dependem amplamente da margem de lucro de cada uma das suas vendas. Se essa margem for boa, é possível obter alta rentabilidade sem vender um alto volume de produtos.
  • Rotação do total de ativos da empresa /Giro do Ativo: diferentemente do anterior, ocorre quando a empresa possui menos margem, mas é compensada pelo grande número de produtos que vende e, como consequência, pela boa gestão dos seus ativos. Um produto com baixa rentabilidade, mas que tenha uma rotação elevada é mais rentável do que um produto com grande margem, mas pouca rotação.
  • Alavancagem financeira: consiste na possibilidade de financiar investimentos sem recursos próprios. Para operar, a empresa requer ativos e estes podem ser financiados pelo capital próprio (contribuição de acionistas) ou pelo uso de empréstimos com recurso a financiamento. Quanto maior o capital financiado, maiores os custos financeiros, o que afeta diretamente a rentabilidade gerada pelos ativos.

Conhecendo as variáveis ​​usadas no sistema Dupont, agora podemos entender o seu cálculo de maneira mais simples:

Como pode ser visto, o primeiro fator (lucro líquido / vendas) corresponde à primeira variável da margem do lucro líquido, o segundo à rotação do total de ativos e o terceiro fator corresponde à alavancagem financeira.

Exemplo de sistema Dupont

Suponha que uma empresa possua as seguintes informações financeiras:

Ativos: 100.000.000

Passivo:  28.000.000

Capital próprio:  30.000.000

Vendas:  250.000.000

Custos de vendas:  50.000.000

Despesas:  25.000.000

Lucro:  150.000.000

Se aplicarmos a fórmula acima, obtemos:

1. Margem de lucro líquido: lucro líquido / vendas = 150.000.000 / 250.000.000 = 0,6

2. Rotatividade total de ativos: Vendas / Total de ativos fixos = 250.000.000 / 100.000.000 = 2,5

3. Alavancagem financeira: Ativo / Capital próprio = 100.000.000 / 30.000.000 = 3,33

Sistema Dupont = 0,6 x 2,5 x 3,33 = 4,99

Assim, de acordo com essas informações, o Dupont indica uma rentabilidade da empresa de 4,99%, onde se observa que o desempenho mais importante advém da alavancagem financeira, o que indica que a empresa recorreu a uma medida importante para agentes externos se financiarem. Como os outros dois cálculos independentes são mais baixos, pode-se concluir que a empresa deve melhorar as suas operações de mão-de-obra e a rotação dos seus ativos, a fim de aumentar as suas margens e, assim, aumentar a Dupont.

O sistema Dupont é um método interessante para saber qual é a rentabilidade da empresa e os fatores envolvidos, para que seja mais fácil detectar os problemas de eficiência e rentabilidade da mesma e encontrar uma solução para eles. . Você acha que é um sistema interessante? Você já o aplicou para conhecer a rentabilidade da sua empresa? Lembre-se de que se você tiver alguma dúvida ou precisar de mais informações, poderá comentar abaixo e teremos o maior prazer.

    Sobre o autor

    Henrique Garcia
    Analista de Mercados