Mercado de opções e estratégias básicas - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Mercado de opções e estratégias básicas

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Mercado de opções e estratégias básicas

Mercado de opções e estratégias básicas: anteriormente, o investimento com opções financeiras era muitas vezes destinado a investidores com ampla experiência. Hoje com o boom das plataformas e corretoras de comércio on-line. Todos os investidores novos e avançados, temos a oportunidade de operar com opções, embora ainda haja alguma suspeita, nela. É por isso que hoje vamos falar sobre o “mercado de opções e estratégias básicas”.

Opções como qualquer outro derivado, não estão isentas de riscos e  precisa entender o seu funcionamento para operar com elas, ou para usá-las como um instrumento de cobertura ou para operar em busca de benefícios com elas.

Mercado de opções e estratégias básicas

O que é uma estratégia?

Uma estratégia pode ser definida como um plano meticulosamente projetado para desenvolver ações a serem executadas para atingir um determinado objetivo. Podemos dizer que uma estratégia no mundo das opções é a realização de um investimento através da combinação de opções.

Objetivos de utilizar estratégias com opções.

Os objetivos principais do uso de estratégias com opções são:

  • Podemos cobrir a nossa carteira de investimentos.
  • A alavancagem é importante.
  • Reduzimos o risco e aumentamos a rentabilidade por investimento.
  • Podemos nos beneficiar da passagem do tempo e da volatilidade.
  • Muitas possibilidades e combinações para cada mercado e tempo.

“Podemos fazer isso de diferentes maneiras, de acordo com a direção esperada do subjacente (estratégia direcional), de acordo com a volatilidade do tempo subjacente (estratégia neutra)”.

Em geral, uma estratégia de opção envolve a compra e/ou venda simultânea de vários contratos de opção, incluindo o ativo subjacente. Isso, é conhecido como spread, ou seja, a combinação entre as quatro opções básicas e/ou o próprio ativo subjacente. Também é chamado de spread para a diferença de preço entre o preço do BID (oferta) e o preço pedido (demanda), o chamado “garfo” que o Corretor nos oferece para os nossos investimentos.

Também podemos mencionar dois tipos de spread, que podem ser “Créditos” (spreads de Vedides, é recebido pelo prêmio) e “Débito” (Arreds comprados, o prêmio é pago).

O sucesso nas estratégias de opção depende principalmente de:

  • Tendo uma perspetiva correta do mercado.
  • O preço de greve ou greve que escolhemos para negociar.
  • A complexidade da estratégia que utilizamos.
  • O risco que assumimos.
  •  O momento do nosso investimento.
  • A volatilidade implícita do ativo subjacente.

Fundamentos da estratégia

Conhecemos um pouco sobre 5 estratégias a serem usadas com opções.

Covered Call

Consiste principalmente na compra de um ativo que incorporamos à nossa carteira e vendemos uma opção de compra sobre ele. O volume de ativos adquiridos deve corresponder ao número de ativos subjacentes que se movem com a opção. Os investidores geralmente usam esta estratégia quando têm uma posição de curto prazo e uma opinião neutra sobre os ativos e procuram gerar renda adicional coletando o prêmio, quando estão a tentar se proteger contra quedas no ativo subjacente.

Covered Call: Chamada Coberta

  •  Lucro máximo: Preço
  • Perda máxima: queda potencial no valor da ação – Valor do prêmio
  • Breakeven: preço de compra do valor do prêmio subjacente

Married Put

Consiste em manter uma posição de longo prazo num ativo enquanto compra uma opção de venda sobre o mesmo ativo. O objetivo é protegê-lo de possíveis quedas no preço do ativo subjacente. Esta estratégia permite que  tenha terreno, permitindo ganhos ilimitados com cargas potenciais sobre o valor do ativo subjacente, enquanto permite que o preço do ativo caia abaixo do preço de exercício que a opção de venda teria sido exercida.

Married Put: Colocado Casado

A estratégia funciona como um seguro de ativos diante dos movimentos opostos que esperamos. Essa estratégia não deve ser usada para especular a curto prazo, mas como proteção a longo prazo.

  • Ganho máximo: aumento dos ativos subjacentes – custo do prêmio
  • Perda máxima: custo do prêmio
  • Break even: Preço atual de cotação de baixo quando a estratégia é executada + custo premium.

Bull Call Spread

Neste tipo de estratégia, que está incluída nas estratégias de “spread vertical”, os investidores compram e vendem simultaneamente duas opções de compra no mesmo ativo e na mesma data de vencimento, mas com preços de greve diferentes.

Estas estratégias são usadas quando um investidor está em alta e espera aumentos moderados no ativo subjacente. A compra é feita na opção com o preço de exercício mais baixo e a venda na opção com um preço mais alto. Nesta estratégia, tanto o ganho quanto a perda são limitados e dependerão da distância a ser colocada em relação aos preços de greve (spread).

Bull Call Spread

  • Custo de estratégia e perda máxima: diferença entre prêmio pago e premium adquirido.
  • Ganho máximo: diferença entre os preços do exercício – diferença entre prêmios pagos e cobrados.
  • Break even: o menor preço do ano + diferença entre o pagamento pago e cobrado.

Bear Put Spread

Esta estratégia é muito parecida com a que foi apresentada anteriormente. O investidor compra opções e vende o mesmo número de opções de afinação a um preço de greve mais baixo. É usado quando o investidor espera uma queda no preço do ativo subjacente.

O benefício máximo que será obtido a utilizar esta estratégia é igual à diferença entre os dois preços de exercício, menos o custo líquido das opções.

Bear Put Spread

collar options strategy

  • Ganho máximo: Preço de exercício da opção de venda – Preço de compra do ativo subjacente – Prêmio líquido pago
  • Perda máxima: preço de compra da relação qualidade/exercício subjacente da opção de venda + prêmio líquido pago
  • Break: Preço atual cotado do ativo subjacente + prêmio líquido pago.

Gerenciamento de risco

Para conciliar a boa gestão de riscos, os seguintes pontos ajudarão:

  •  Saiba como funcionam as opções e a estratégia a ser aplicada.
  • Conhecer as condições de mercado e o ativo subjacente ao comércio.
  • Conhecendo as condições do nosso corretor (garantias, spreads, taxas).
  • Liquidez, volatilidade, interesse aberto, do ativo subjacente escolhido.
  • Conhecer e compreender as diferentes variáveis de prêmio, bem como as opções ITM, ATM e OTM do nosso ativo subjacente.
  • Use a opção calculadora de estratégia e entenda-a.

Em conclusão, como já mencionamos que as opções são derivativos financeiros, portanto não são livres de riscos, operar com uma boa estratégia ajudará-nos a gerenciar os riscos e a reduzi-los para minimizá-los. As opções permitem-nos trabalhar com alavancagem, e podem nos trazer muitos benefícios, tentando não cair em especulações.

 

Artigos Relacionados

Uma butterfly spread é uma estratégia de opções combinando Bull e Bear Spred, com um risco fixas e lucro “tablados” à entrada. Esses spreads, envolvendo quatro opções call, quatro opções put ou uma combinaçã...
Se  quiser saber como fazer trading com opções binárias, explicaremos no próximo post como pode fazer isso. O que são...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments