Perigos de dar a nossa conta bancária a alguém

É cada vez mais natural ver pessoas a divulgarem o seu IBAN como se tratasse de apenas um número de telefone. Aliás, muitos podem até dar o IBAN mais facilmente que o número de telefone. Mas isso pode ser perigoso, sabia?

O que podem fazer com o seu IBAN?

Qualquer pessoa que tenha o seu IBAN pode fazer um contrato de um serviço que exija um débito direto sem a sua autorização, e a entidade credora não tem como comprovar que esse número não lhe pertence.

Cada vez mais as pessoas tendem a confiar nos meios de pagamento electrónicos e estes, por sua vez, estão mais seguros e transmitem confiança ao utilizador. Contudo, nada é totalmente seguro e pelas informações dadas pelo Banco de Portugal, há pessoas que estão a pagar contas através do número de identificação bancária (NIB) que não lhes pertence… pode ser o seu!

Recentes alternações

Os métodos para pagamento por débito directo sofreram alterações e, actualmente, as entidades bancárias já não são parte activa nas autorizações e nem sempre é necessário verificar que o NIB indicado pertence a quem o fornece. Esta alteração de comportamento é um problema que decorre da harmonização bancária na União Europeia. Desde Agosto do ano passado, as Autorização de Débito Directo são concedidas pelo devedor directamente ao credor, sem interferência da entidade bancária.

O que fazer quando fomos vítimas de burla ou fraude?

É urgente que as situações de fraude sejam denunciadas junto da instituição de crédito, numa fase inicia, e cancelar (até numa caixa de multibanco) essa ordem de débito e consequentemente, depois de apurada a situação, denunciar ao banco de Portugal, alerta a DECO.

O lesado deverá ainda, junto do seu banco, solicitar o reembolso das quantias indevidamente debitadas, uma vez que não existe um contrato acessório a autorizar qualquer transferência.

Mesmo sem garantias de que isto não possa vir a ocorrer, é importante que nunca forneça os seus dados bancários de forma a tentar prevenir estas situações.

Qual a solução?

O mais fácil será ter uma conta bancária exclusiva para débitos diretos: do ginásio, do telemóvel, da água, etc. Não só fica mais fácil de controlar as suas despesas fixas, como fica mais protegido de débitos indevidos.

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    O Plano O economista de Jair Bolsonaro é Paulo Guedes, um conhecido liberal e ex-banqueiro que desenhou o plano de governação focado em reformas e privatizações. O "Tripé" O programa...