Perspectivas Técnicas (Twitter, Snap, Bayer e ouro)

perspectivas técnicas

Acções: Twitter (TWTR) revisita zona de suporte

O Twitter desvaloriza 10% desde o início do ano, aproximando-se agora de uma confluência de níveis de suporte.

Na nossa opinião, a acção apresenta uma relação atractiva de risco/retorno, se o stop loss for colocado abaixo dos $39,50
(3,75% abaixo do preço actual).

Preferência: ASCENDENTE

Acções: Snap (SNAP) revisita linha de tendência ascendente

  • À semelhança do Twitter, a Snap desvaloriza 10% desde o início do ano, revisitando uma linha de tendência ascendente.
  • Para controlar o risco, sugerimos a colocação de stop loss abaixo dos $15,22 (6% abaixo do preço actual).
  • Preferência: ASCENDENTE

Acções: Bayer (BAYN) deverá revisitar a neckline do ombro-cabeça-ombro invertido

  • Depois de activar o ombro-cabeça-ombro invertido (padrão de inversão da tendência), a Bayer disparou em Agosto.
  • A desvalorização a que estamos a assistir deverá trazer o título de volta à linha do pescoço nos €62,35, zona onde poderão entrar compradores. Se esta correcção se materializar, preferimos o posicionamento ascendente. Como perda máxima, indicamos os €61 por acção.
  • Preferência: ASCENDENTE

 

Matérias-primas: Ouro (XAUUSD) activa ombro-cabeça-ombro

  • O ouro não conseguiu ultrapassar a resistência constituída pelos mínimos registados em 2011 e 2012, nos $1530 por onça. Recentemente, o metal quebrou em baixa o suporte nos $1483 (linha do pescoço do padrão ombro-cabeça-ombro).
  • A valorização a que estamos a assistir hoje deve-se ao abrandamento abrupto do sector manufactureiro nos EUA, com o ISM Manufacturing PMI a cair para 47,8 pontos em Setembro, abaixo da expectativa de 50,1 pontos. Esta valorização poderá
    proporcionar melhores pontos de venda. Como perda máxima, indicamos os $1502 por onça (1,38% acima do preço actual).
  • Preferência: DESCENDENTE

As ideias e perspectivas contidas no presente documento são da autoria da Corretora do BiG,  não se tratando de research de investimento nem de um produto da Equipa de Research do BiG.
Este documento não consubstancia uma proposta de venda, compra ou subscrição de quaisquer instrumentos financeiros, tendo sido preparado exclusivamente para fins informativos, com base em informações recolhidas de fontes consideradas de confiança e com base em outras informações disponíveis para o público em geral. 
O BiG não assume qualquer responsabilidade pela correcção integral da informação disponibilizada, não devendo entender-se nada do constante neste documento como indicador de que quaisquer resultados serão alcançados. Sublinhamos, em especial, o facto de que os resultados previstos são susceptíveis de alteração em função de modificações que se venham a verificar nos pressupostos que serviram de base à informação ora disponibilizada. Adverte-se, igualmente, que o comportamento anterior de qualquer instrumento financeiro não é indicativo de manutenção de comportamento idêntico no futuro; em especial, sublinhamos que o preço de quaisquer instrumentos financeiros poderão sofrer alterações. Poderão, também, ocorrer alterações nas taxas de câmbio de investimentos não denominados na moeda local do investidor, o que poderá gerar um efeito adverso no seu valor, preço ou rendimento. 
Este documento não foi preparado com nenhum objectivo específico de investimento, não tendo sido consideradas necessidades específicas de nenhuma pessoa ou entidade em concreto. O BiG ou os seus colaboradores poderão deter, a qualquer momento, uma posição, sujeita a alterações, em um ou mais títulos referenciados neste documento. 
Caso pretenda obter alguma informação adicional, poderá contactar o BiG através dos contactos disponíveis em www.big.pt

    Sobre o autor

    BiG Research