Posso investir mais dinheiro do que eu tenho?

Posso mesmo investir com mais dinheiro do que eu tenho? Como?

A alavancagem financeira é um recurso que impulsiona a rentabilidade e o risco de um investimento. Ou seja, é o aumento das possibilidades sem acrescentar nada ao custo inicial do investimento.

Assim, a alavancagem é a mesma coisa que pedir dinheiro emprestado para investir. Quando se investe alavancado, é possível obter ótimas rentabilidades, crescendo rapidamente o património.

No entanto, obviamente, como também aumentam os riscos, um negócio com alavancagem precisa ser muito bem estudado, pois o prejuízo também pode ser impulsionado.

Neste artigo, descobrirá dicas de alavancagem financeira, saberá o que é em detalhes, para quem é recomendado e como funciona a alavancagem.

O Que é Alavancagem Financeira no Mercado Financeiro?

Uma alavanca serve para levantar objetos com menos esforço. Com um investimento é a mesma coisa. A alavancagem financeira serve para fazer aplicações com valores superiores do que você teria sozinho.

Assim, no mundo financeiro, a alavancagem é um dos recursos disponíveis mais importantes para investidores em mercados líquidos – do tipo que não tem certeza da rentabilidade antes de fazer a aplicação.

A alavancagem pode ser em FOREX, ações, matérias primas, índices, entre outros.

Uma compra alavancada:

A opção compra alavancada intradiária (leverage day-trading) permite ao investidor a compra de títulos com recurso ao crédito proporcionado pela futura venda desse título até ao final da sessão (o que a ocorrer evita pagamento de juros). Desta forma, o investidor pode investir com apenas um terço do montante necessário e assim usufruir de uma alavancagem financeira.

Por exemplo, acredita num movimento, mas tem pouco dinheiro para investir. Para não perder o trade, pede dinheiro emprestado para devolver logo a seguir, quando tiver recebido o retorno do investimento.

Caso não pague período combinado, sofrerá com juros e perda do seu capital.

A quem é recomendada?

A alavancagem financeira não é recomendada de forma alguma para traders iniciantes ou que possuem pouco tempo de mercado. Principalmente para quem possui pouco dinheiro para investir.

Antes de ter experiência, nem pense em operar alavancado. É melhor dominar primeiro alguns conceitos antes de começar a investir a sério!

A alavancagem financeira nada mais é do que uma técnica de multiplicação de rendimentos, a um custo pequeno. Com ela, pode-se fazer muito mais com menos. Mas para isso, é preciso utilizá-la com cautela, mitigando riscos.

Perder tempo em delinear um plano de investimento não é má ideia. Esteja preparado para os piores cenários de uma aplicação. Afinal, se essa situação negativa se concretizar, precisará pagar pelo dinheiro perdido.

Estará a usar dinheiro que não é seu para investir. Pode ser da corretora, de um banco ou qualquer outra pessoa. O negócio deve ter lucro o suficiente para pagar esse empréstimo com sobra, que será o seu lucro.

Principais cuidados com a alavancagem financeira

Cada operação deve ser analisada a parte. Nunca comece um trade alavancado sem saber qual é o ponto de entrada, capital mínimo, stop loss e perspectiva de risco para então decidir qual a proporção de alavancagem. 

O grande perigo está em tentar ganhar muito dinheiro apenas com uma operação. Isso é muito arriscado.

Não existe o trade perfeito. Aquele que vai salvar a carteira de investimentos e trazer um lucro inacreditável. Muitas pessoas buscam a alavancagem financeira para aplicar em negócios assim, onde se acredita ser a oportunidade do ano.

Todos os trades por mais que tenha o estudo gráfico e/ou fundamentalista, envolve riscos. E como diz a regra da diversificação de investimentos, nunca aposte tudo em investimento só.

Muitos investidores temem mais deixar de ganhar do que perder e para evitar isso, operam alavancados para tentar maximizar os ganhos.

No entanto, como falamos, não se deve apostar tudo em uma única operação. O que vai ser um trader de sucesso não será uma operação alavancada bem-sucedida.

Ganhará dinheiro e será um bom trader se conseguir fazer várias operações de sucesso com ou sem alavancagem. Sempre haverão perdas, mas elas devem ser menores do que os ganhos.

Se possui um bom palpite no mercado, não teste-o com todas as suas fichas. Aplique uma pequena quantia primeiro, veja se o trade tem potencial e gradualmente vá alocando mais dinheiro na operacão.

A alavancagem deve ser utilizada em último caso no mercado financeiro. Primeiro você garante um patrimônio diversificado a curto, médio e longo prazo. Depois preocupe-se em operar alavancado.

Fundo de Investimento Alavancado

Os fundos de investimentos são uma ótima forma de diversificação e alavancagem. Neles, diversos investidores confiam os seus capitais a um gestor para que ele invista da melhor forma possível a fim de atingir um objetivo pré-estabelecido.

Existem muitos tipos de fundos de investimento. O mais comum é o de renda fixa que destina a maior parte do capital a títulos de renda fixa como títulos públicos.

Já nos fundos multimercado (que misturam obrigações e ações) e nos de ações, a maior parte do património é investida em ativos de maior risco e claro, maior retorno.

Alguns deles, conforme é informado no prospecto, utilizam-se da alavancagem, principalmente para atingir objetivos como rentabilidade acima de algum índice.

 

Conclusão final

É fundamental estar seguro da estratégia e da operação para alavancar a posição. Utilize de todas as métricas possíveis para controlar os riscos.

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados