Bankinter: Otimismo global

bankinter

A sessão vem marcada pelo tom misto dos mercados asiáticos, o resultado das eleições na Catalunha e a melhoria da Confiança do Consumidor na Alemanha. Relativamente à macroeconomia, a sessão será intensa: Bens Duradouros, Receitas e Despesas pessoais, Vendas Casas Novas e Confiança Universidade de Michigan
nos EUA. A macro produzirá um saldo positivo e Trump assinará a diminuição de impostos, estímulo fundamental para o mercado.

No Reino Unido a atividade encontra-se fragilizada (PIB 3T’17 +1,5% esperado) e a libra expressa a preocupação pelo Brexit e a debilidade do Executivo inglês.

Defendemos que a nível global as incertezas políticas vão desaparecendo.

Ontem: “Ganhos na Europa, com Espanha a liderar.”

Os mercados ficaram animados com a macroeconomia: PIB nos EUA e Confiança do Consumidor na Zona Euro. A diminuição de impostos nos EUA foi uma realidade e Wall Street celebrou. As eleições na Catalunha não abrandaram o IBEX, que liderou os ganhos na Europa. As obrigações core registaram ligeiras quedas (subidas da yield) e os prémios de risco dos periféricos estreitaram-se. A liquidez nas obrigações caiu, o BCE não comprou por estes dias, e tal gerou volatilidade. Ainda assim, as perspetivas de inflação são baixas e apenas houve emissões no mercado primário, pelo que as obrigações deverão estabilizar durante as próximas sessões.

Mas o mais importante, a Equipa de Análise de Mercados Financeiros deseja um Feliz Natal!

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

Bem-vindo(a) à comunidade!

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Ao continuar, aceita a política de privacidade