Os grandes bancos criticam Bitcoin porque o temem

Kay Van-Petersen, estratega global do Saxo Bank

  • Os grandes bancos sentem-se pressionados pela nova moeda por não a controlarem
  • O sistema atual de pagamentos controlado pelos bancos é insustentável
  • As Cripto-moedas são muito jovens, ainda não podem ser consideradas como refúgios seguros
  • Bitcoin está a revolucionar o mercado de pagamentos e moedas

Representantes dos principais bancos mundiais criticaram nos últimos dias o Bitcoin. A CryptoDivisa foi acusada de ser uma moeda para criminosos e insegura, mas acho que o que acontece é que os grandes bancos sentem-se  pressionados pela nova moeda, porque vai além do que podem controlar.

É de esperar que mais bancos no futuro, critiquem o Bitcoin, enquanto promoverem os seus próprios projetos de blockchain (tecnologia por trás do Bitcoin) que não será descentralizada, como é o Bitcoin.

Bitcoin é um sistema descentralizado de código aberto, não responde a um partido, uma nação soberana, uma entidade reguladora que possa fechá-la, transcende a controles de fronteira e não pode terminar ou matar um sistema descentralizado. Por tudo isso, é um produto que desafia tudo o que sabemos sobre o dinheiro, incluindo o atual sistema insustentável baseado no controlo dos bancos.

Trata-se de um sistema de pagamentos que é realmente P2P (Peer to Peer), e não de uma empresa que paga a outra empresa por uma intermediação que simplesmente já não é justificada e que se espera que seja interrompida.

Claro, as cripto-divas ainda são muito jovens, são como bebés e não podem ser consideradas como paraísos seguros, mas acho que são fenómenos de mudanças estruturais a longo prazo. Pense no primeiro carro, no primeiro computador ou nos primeiros dias na internet …é onde estamos agora, uma revolução do mercado de pagamentos e câmbios.

0

Sobre o autor

Juan Diego Quilez
Gestor do Rankia Portugal

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *